Siga-nos nas redes sociais

Curiosidades

The Walking Dead S08E01: 5 coisas que você pode ter perdido em “Mercy”

Publicado há

em

Atenção! Este conteúdo contém SPOILERS dos quadrinhos originais e do primeiro episódio, S08E01 – “Mercy” (Misericórdia), da oitava temporada de The Walking Dead. Caso ainda não tenha assistido ou lido, não continue. Você foi avisado!

Depois de uma sétima temporada fraturada e um tanto frustrante, The Walking Dead voltou absolutamente à forma na estreia da oitava temporada com o episódio “Mercy”. Com o episódio focando em basicamente todo personagem significativo e se afastando do foco em apenas uma ou duas pessoas por episódio, a estreia manteve a nossa atenção – apesar de ser mais longa do que o normal.

“Mercy” mostrou as comunidades de Alexandria, Hilltop e Reino se unindo para um ataque um tanto sofisticado ao Santuário. Finalmente descobrimos que Gregory correu para Negan (como já era esperado), e ficamos felizes de ver que Dwight parece firme no time Rick, agindo secretamente de dentro do Santuário. Enquanto Carl ajudava um sobrevivente misterioso, Maggie basicamente se tornou a líder oficial de Hilltop – e não vamos nos esquecer das cenas malucas de flash forward.

Com tudo isso acontecendo, não podemos culpar as pessoas que perderam alguns detalhes do episódio. Então dê uma olhada abaixo e confira as cinco coisas que você talvez tenha perdido no primeiro episódio da oitava temporada de The Walking Dead, “Mercy”.

1. Rick ecoou as palavras (e ações) de Negan da sétima temporada – e Negan odiou

Em um momento sutil, porém significativo, nós vimos que as mesas viraram a favor de Rick neste episódio, refletindo em Rick usando as próprias frases de Negan contra ele na estreia da temporada.

Os fãs devem se lembrar daquele momento dramático na estreia da sétima temporada, quando Negan quase forçou Rick a cortar o braço de Carl para força-lo a reconhecer que ele agora respondia a Negan. Quando Rick tentou tomar o lugar de seu filho, Negan respondeu “Não. Este é o único jeito”. Então, vendo que Rick relutava em ferir seu filho, ele perguntou “Você vai me fazer contar? Ok, Rick. Você venceu. Estou contando”.

No final Negan permitiu que Carl ficasse com seu braço quando percebeu que havia partido Rick completamente, mas as palavras obviamente ficaram com Rick, que as usou com Negan e seus homens no final do episódio:

Rick: Vocês “tenentes”, vocês terão que se decidir.
Gavin: Talvez a gente possa fazer uma pausa aqui?
Rick: Não. Isso precisa acontecer agora. Esse é o único jeito. Vocês vão me fazer contar? Ok. Ok. Estou contando.

A cara de Negan quando Rick usou suas próprias falas de volta contra ele é o bastante! Ah, e o último golpe para Negan? Quando Rick tirou uma foto das barreiras destruídas do Santuário, semelhante a como os Salvadores tiravam fotos das vítimas de Lucille. Muito bem, Rick.

2. Havia muitas referências divertidas – incluindo o retorno de um zumbi icônico

O episódio não era apenas a estreia da oitava temporada, mas também o episódio 100 da série. E para celebrar, o diretor Greg Nicotero garantiu que haveria uma tonelada de referências divertidas a grandes momentos da série espalhadas.

Os fãs imediatamente perceberam o fato de que Negan repetiu a frase frequente de Shane Walsh, “Deixa eu te perguntar uma coisa, Rick” quando o grupo chegou no Santuário. Essa fala foi adotada pela comunidade online de The Walking Dead ao longo dos anos (junto com “stuff and things” e “Coral!”), e Nicotero até confirmou que foi um tributo a Shane.

Enquanto isso, ao longo do episódio de estreia da oitava temporada também vimos:

– A famosa mochila laranja – um personagem secundário na série desde o episódio 12 da terceira temporada – fez uma reaparição.
– Uma referência à famosa fala de Carol, “olhe para as flores”.
– Jesus finalmente admitiu aquele babador de lagosta na parede de seu quarto.
– Uma grande estátua da Virgem Maria certamente era uma referência à aventura de Daryl e Carol em uma van na quinta temporada.
– A recriação da cena aérea da estreia da primeira temporada.

Ah, e a zumbi original do chinelo de coelhinho/urso de pelúcia (também conhecida como Summer) também teve um retorno – e sim, é a atriz original, Addy Miller.

3. A queda de Gregory veio direto dos quadrinhos

Nós sempre soubemos que ele não era coisa boa, e depois que ele desapareceu no final da sétima temporada nós já suspeitávamos que ele correria para Negan – e foi exatamente o que ele fez. Depois de revelar que ele havia tagarelado para Negan, Gregory disse a todos os sobreviventes de Hilltop no Santuário que Hilltop está do lado de Negan – e que qualquer residente de Hilltop que apoiar Rick será colocado para fora e deixado para sobreviver por conta própria. No entanto, o discurso de Gregory não inspirou ninguém a debandar, levando Simon a empurrar Gregory escada abaixo.

A queda literal de Gregory foi extremamente parecida com a forma como essa cena aconteceu nos quadrinhos. Na edição 116 apenas um pequeno número de guerreiros de Hilltop abandonou o exército de Rick para ficar do lado de Gregory, enfurecendo Negan e levando-o a chutar Gregory do telhado, chamando-o de “patético”.

Após essa cena nos quadrinhos, Gregory volta para Hilltop e mente para Maggie sobre o que aconteceu no Santuário, os dois acabam brigando e Maggie dá um soco em Gregory. Gregory claramente despreza Maggie e continua a sabotar sua liderança, mas ele continua em Hilltop por algum tempo.

Vai ser extremamente interessante ver se o arco de Gregory continua como nos quadrinhos, especialmente considerando o que ele fez com Gabriel no final do episódio. Meu palpite é que provavelmente vai se desviar um pouco, mas ainda veremos como exatamente – digam o que vocês acham nos comentários.

4. Havia três ou quatro linhas do tempo

Graças ao trailer da oitava temporada e a múltiplas entrevistas com o elenco, nós já estávamos cientes de que teríamos um vislumbre do Velho Rick na estreia da oitava temporada. No entanto, não estávamos preparados para o segundo flash forward, que nos deu três linhas do tempo no primeiro episódio – presente, Velho Rick, e Rick chorando. (Caramba, se você incluir o discurso de Rick no começo do episódio, que provavelmente aconteceu antes do ataque ao santuário, acho que podemos até incluir uma quarta linha do tempo.)

Algumas vezes ao longo do episódio nós tivemos flashes de uma cena com um Rick perturbado, chorando em algum lugar perto de árvores. Mais tarde nós vimos que ele estava agachado embaixo de uma bela peça de vidro pintado; e bem no final do episódio ele recita as palavras “minha misericórdia prevalece sobre minha ira” – a mesma frase islâmica que o sobrevivente misterioso disse para Carl no começo do episódio.

A cena levanta muitas questões, mas a principal é quando exatamente esta cena está acontecendo. A resposta que parece mais provável é que a cena é do fim da guerra, com Rick lamentando aqueles que foram perdidos na batalha em um memorial que foi possivelmente criado pelo sobrevivente misterioso (que segundo teorias, seria um personagem dos quadrinhos chamado Siddiq). Essa linha do tempo certamente não recebeu tanto foco quanto a do Velho Rick, mas podemos ter certeza de que veremos mais sobre ela ao longo da oitava temporada.

5. O Velho Rick acontece cerca de quatro anos no futuro

Depois que o Velho Rick foi mostrado nos trailers da oitava temporada, houve muita especulação sobre o que a cena seria – era um sonho, um salto no tempo, ou outra coisa completamente diferente?

Bem, aparentemente não teremos uma resposta final até por volta do final do meio de temporada, mas é provável que aquela cena seja de fato de um salto no tempo. Nos quadrinhos acontece um salto de dois anos após a guerra contra Negan, e se a evidência dos quadrinhos não for suficiente para te convencer, talvez estes créditos do IMDb sejam:

De acordo com os créditos, Judith está com seis anos no flash forward, o que significa que a cena acontece cerca de quatro anos no futuro – se você seguir esta linha do tempo. Ainda que o IMDb não seja sempre a fonte mais confiável, neste caso parece encaixar bem. Sem mencionar que também explica o cabelo grisalho de Rick um pouco melhor do que um salto de apenas dois anos no tempo.

Enquanto alguns fãs estão desconfiados porque Rick e Judith são os únicos personagens que parecem ter envelhecido – com Michonne e a parte de trás da cabeça de Carl parecendo iguais à linha do tempo presente – pelo que podemos dizer dos eventos do primeiro episódio, todos os quatro personagens sobrevivem à guerra, o que é definitivamente encorajador.

The Walking Dead vai ao ar todo domingo, legendado, às 23h30 e toda segunda-feira, dublado, às 23h15, na Fox.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.


Fonte: Movie Pilot

Publicidade
Comentários

EM ALTA