Siga-nos nas redes sociais

7ª Temporada

The Walking Dead S07E05: 5 coisas que você pode ter perdido em “Go Getters”

Publicado há

em

Atenção! Este conteúdo contém SPOILERS dos quadrinhos originais e do quinto episódio, S07E05 – “Go Getters” (Os bem sucedidos), da sétima temporada de The Walking Dead. Caso ainda não tenha assistido ou lido, não continue. Você foi avisado!

Bem, esse foi mais um episódio de The Walking Dead com ação o suficiente pra nos deixar animados pelo resto da semana. “Go Getters” nos levou até Hilltop. Nesse ponto, parece que a série está jogando delicadamente, colocando todos os fatos em ordem para que possamos chegar à uma mid-season eletrizante, e uma segunda metade da temporada cheia de ação.

Essa semana nós retornamos à Hilltop para descobrir que Maggie não sucumbiu à sua doença misteriosa mas, ao invés disso, pareceu extremamente em forma e surpreendentemente cheia de vida para uma mulher que acabou de perder seu marido (acho que, para Maggie, perder entes queridos se tornou uma ocorrência diária). Também vimos mais um ataque dos Salvadores e, dessa vez, eles partiram com duas pessoas a mais com eles – esperamos ver Carl e Jesus novamente no sétimo episódio, quando retornarmos para a base dos Salvadores.

Entretanto, em meio a todos os diálogos e zumbis sendo atropelados por tratores, ainda há muitos detalhes fáceis de escapar aos nossos olhos, então confira as 5 coisas que você pode ter perdido no quinto episódio da sétima temporada de The Walking Dead, “Go Getters”.

1. Nós finalmente vimos uma bicicleta ser usada no apocalipse outra vez!

the-walking-dead-s07e05-go-getters-curiosidades-001

Oficialmente, nomeamos Enid a sobrevivente apocalíptica mais inteligente do ano. Desde o primeiro episódio da primeira temporada, apesar de ser um dos meios ideais de transporte, não víamos alguém usar uma bicicleta no apocalipse até que, finalmente, no episódio 5 da sétima temporada, Enid saiu para dar umas pedaladas num lindo conjunto de pedais.

Apesar de precisarmos pontuar negativamente a garota por abandonar sua bicicleta por um par de patins, até aonde sabemos, ficamos encantados ao ver alguém finalmente percebendo que bicicletas são um meio muito inteligente de transporte. Claro que um carro ou uma moto são muito mais rápidos e mais seguros, mas uma bike é silenciosa, fácil de manobrar, não requer combustível e te leva ao seu destino bem mais rapidamente do que os seus pés levariam (o um par de patins). Na quinta temporada, no episódio 5, Tara mencionou a ideia de procurar por algumas bicicletas depois que o ônibus no qual eles estavam explodiu (alegando que “Bicicletas não explodem”), mas isso infelizmente não foi feito até que chegássemos nessa temporada. Isso seria um indício de que veremos mais bicicletas no futuro da série? Esperamos que sim.

2. Maggie se tornará líder de Hilltop

the-walking-dead-s07e05-go-getters-curiosidades-002

Assim como vários dos episódios até agora apresentados na sétima temporada, “Go Getters” foi um grande episódio para os leitores dos quadrinhos. Além de Jesus mostrando suas habilidades com as artes marciais, Gregory sendo um líder covarde e Carl se escondendo dentro da van de Negan, o episódio também trouxe finalmente à tona algo que já estava sendo preparado desde a quinta temporada: Maggie se tornar líder de Hilltop.

Como vimos na quinta temporada, Deanna viu em Maggie o potencial da liderança e a fez sua assistente. Agora, com a liderança covarde e inadequada de Gregory sendo exposta, está claro que Maggie tem o que é necessário para assumir o posto. Mesmo que isso não tenha acontecido ainda, é evidente que este é o rumo que a série está tomando, e a história está seguindo fielmente o arco dos quadrinhos, que prevê Maggie tomando a liderança quando a falta de de habilidade de Gregory se torna ameaçadora para os residentes de Hilltop. Continue ligado para ver como Maggie chegará ao topo e se tornará uma grande líder, tanto quanto Rick e Ezekiel.

3. Abraham deixou cair seu colar há um tempo, no episódio 11 da sexta temporada

the-walking-dead-s07e05-go-getters-curiosidades-003

Durante o episódio 5, Jesus entrega à Sasha o colar perdido de Abraham e, na verdade, foi bem poético que o colar – que ela nunca havia visto antes – terminasse nas mãos dela, levando em conta que o dia em que ele ganhou o colar, foi o mesmo dia em que ele decidiu que ficaria com Sasha.

Como você deve se lembrar, Rosita fez o colar para Abraham com um pedaço de um farol de carro quebrado, e ele estava usando a corrente no dia em que foram introduzidos à comunidade de Hilltop, no episódio 11 da sexta temporada. Entretanto, quando o grupo se envolveu numa pequena confusão com os residentes da comunidade, Abraham foi nocauteado e, ao cair no chão, ficou em choque por um tempo, e ouviu a voz de Sasha em sua cabeça. Quando a luta já havia terminado, ficou claro que Abraham teve uma espécie de epifania sobre seu futuro, e quando ele se levantou, deixou o colar de Rosita – seu passado – no meio da palha.

4. A pintura no escritório de Gregory é um retrado da obra-prima de Charles V

the-walking-dead-s07e05-go-getters-curiosidades-004

Além de parecer super simpático, o retrato que Simon levou do escritório de Gregory é, na verdade, uma pintura realista de Charles V, Imperador Romano Sagrado. A arte foi pintada por Sir Anthony van Dyck c. 1620, e reside na galeria de Uffizi, em Florença, o que significa que, de alguma forma, Gregory deu um jeito de ir até a Itália e voltar com o quadro verdadeiro, ou é apenas uma cópia. De qualquer maneira, Simon estava certo quando disse que a obra era “de tirar o fôlego”, e também estava certo quando disse que era um sinal de uma “gestão exemplar”.

Charles V foi a primeira pessoa a liderar um grande número de dinastias ao mesmo tempo, chegando bem perto de uma monarquia universal. Na verdade, seu título completo era:

Charles, pela graça de Deus, Imperador Romano Sagrado, para sempre Augusto, Rei da Alemanha, Rei da Itália, Rei de todas as Espanhas, de Castille, Aragon, Léon, Hungría, Dalmácia, Croácia, Navarra, Grenada, Toledo, Valência, Galiza, Majorca, Sevilha, Córdoba, Múcia, Jaén, Algarves, Algeciras, Gilbraltar, Ilhas Canárias, Rei das Duas Sicílias da Sardenha, Córsega, Rei das Índias Ocidentais e Orientais, das Ilhas e Continente do mar do oceano, Archduke de Áustria, duque de Borgonha, Brabant, Lorena, Styria, Carinthia, Carniola, Limburgo, Luxembourg, Gelderland, Neopatria, Württemberg, Landgrave de Alsace, príncipe de Swabia, Habsburgo, Tirol, Gorizia, Barcelona, Artois, Borgonha Palatino, Hainaut, Holanda, Seeland, Ferrette, Kyburg, Namur, Roussillon, Cerdagne, Drenthe, Zutphen, Margrave do Sacro Império Romano, Burgau, Oristano e Gociano, A Marcha Wendish, Pordenone, Biscaia, Molin, Salins, Tripoli e Mechelen.

Louco, não é?

Charles V controlava uma enorme área (quase 2.5 milhões de metros quadrados), que se estenderam da Europa para a América Espanhola e era descrita como “o império no qual o sol nunca se põe”. E obviamente, a série – que já colocou Negan como sendo uma espécie de Deus pós-apocalíptico – está criando paralelos entre Charles V e Negan, que controla três domínios: Hilltop, O Reino e Alexandria. Entretanto, eventualmente depois de muitos anos de controle, Charles V, exausto, abdicou de seu poder voluntariamente e viveu o resto de sua vida num mosteiro – poderia este paralelo ser um indício de que Negan faria o mesmo, eventualmente?

5. O poema de Maggie era de Ralph Waldo Emerson

the-walking-dead-s07e05-go-getters-curiosidades-005

Quando Enid, Maggie e Sasha se sentaram à mesa no final do episódio (logo após Maggie revelar que, uma outra vez, já havia atropelado um Camaro!), Maggie recitou parte do poema “We Thank Thee” (em tradução livre, “Nos Lhe Agradecemos”), de Ralph Waldo Emerson:

Por essa nova manhã com sua luz,
Pai, nós Lhe agradecemos.
Pelo descanso e pelo abrigo da noite,
Pai, nós Lhe agradecemos.
Pela saúde e pela comida, pelo amor e pelos amigos,
Por tudo que Tua bondade nos envia,
Pai no céu, nós Lhe agradecemos.

Curiosamente Emerson – um ensaísta, conferencista e poeta americano – foi o líder do movimento transcendentalista durante o século XIX, um movimento que acreditava na bondade inerente das pessoas. Emerson também acreditava no individualismo, a ideia de ser independente e auto-suficiente fora das restrições de um governo de controle estatal. Maggie recitar o poema de Emerson foi uma alusão ao fato de as crenças de Maggie focadas no individual, estão em contraste com o regime totalitário de Negan. Mas qual sistema vencerá? Só o tempo o dirá.

Qual foi a sua parte favorita do episódio? Notou mais alguma coisa bacana? Deixe tudo nos comentários abaixo.

The Walking Dead, a história de drama mais assistida da TV a cabo, vai ao ar nas madrugadas de domingo para segunda-feira no AMC Internacional, às 00h, e no FOX Action (canal do pacote premium FOX+) e FOX Brasil, às 00h30. Confira todas as notícias sobre a sétima temporada.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.


Fonte: Movie Pilot

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA