Siga-nos nas redes sociais

7ª Temporada

The Walking Dead S07E01 – The Day Will Come When You Won’t Be: Opinião dos fãs

Publicado há

 

em

O quadro “Opinião dos fãs” trará semanalmente os comentários dos fãs a respeito do episódio mais recente de The Walking Dead. Abaixo você confere várias opiniões a respeito do primeiro episódio da sétima temporada, S07E01 – “The Day Will Come When You Won’t Be” (Chegará o Dia em que Você não Estará). E, claro, caso você não tenha enviado a sua ou se por algum motivo ela não apareceu por aqui, você pode utilizar o espaço de comentários abaixo para expressar o que você achou do episódio.

INFORMAÇÕES DO EPISÓDIO:

Sinopse: “A temporada passada terminou com Rick e seu grupo ajoelhados, indefesos, diante de Negan e companhia. O que Negan faz irá assombrar quem sobreviver para sempre.”
Roteiro: Scott M. Gimple | Diretor: Greg Nicotero
Estreia: 23 de Outubro de 2016

OPINIÃO DOS FÃS:

De todas as vezes que fiquei abalado com alguma obra de ficção – livros, filmes ou qualquer que seja a mídia, acho que essa foi a pior delas. O episódio 1 da sétima temporada de The Walking Dead realmente superou todos os meus traumas ‘fictícios’.

A morte do Glenn foi ainda mais triste que a do Abraham, também muito triste. E ainda a cena de total desestabilização do Rick. Já nem mais qual foi a parte mais tocante. O Negan destruiu o espírito dele.

Uma coisa que me chama atenção, no entanto, é o próprio Negan. Me parece o tipo de vilão mais completo e complexo que existe, e que poucas vezes vi em alguma obra. Se ele fosse totalmente desumano, simplesmente mataria todos eles, sem conversa e sem acordo. Vingando a morte de dezenas de Salvadores que os próprios “mocinhos” mataram sem pensar duas vezes. Ele foi cruel e impiedoso, mas muito justo e transparente desde o inicio. Diferente do Governador por exemplo, que era um mentiroso e que se utilizava de artifícios traiçoeiros.

Acho que o Negan vai ser o tipo de vilão que todos vão odiar agora, mas que lá na frente vai conquistar a simpatia de muita gente.

Vai ser uma grande temporada, talvez a melhor desde as duas primeiras.

Por Edson Leal

the-walking-dead-s07e01-opiniao-dos-fas-001

Eu simplesmente achei muito foda!!! O retorno, o Negan, a Lucille… Meu Deus, não imaginava melhor! Porém… Fico muito triste com a perda de meus dois personagens favoritos. Glenn era um personagem forte, muito bom mesmo, e que todos adoravam, fazia o melhor casal com a Maggie e isso com certeza todos adoravam também! Abraham era muito forte também, defendia o grupo e faria o que possível para manter-se e também manter o grupo a salvo.

Admirava isso nos dois, dois personagens fortes e que, infelizmente, tiveram um destino final horrível. Com certeza os dois mereciam muito mais! O que falar sobre o Negan… Foi muito bem retratado quando às HQ’s, e meu Deus!!!! Que personagem! Muito odiado pela maioria, porém, o que eu vejo é que Jeffrey claramente inventou a atuação! Esse episódio ~na minha opinião~ superou todos os episódios do Governador! Superou a 4ª temporada, e também a 6ª. Era isso o que eu esperava após um apocalipse zumbi. Bem, não a morte dos meus personagens favoritos, mas um vilão muuuito bem criado, incrivelmente cruel e sem dó nem piedade! Minha opinião é que esse foi com certeza o melhor episódio até agora, e que venha o próximo domingo para conhecermos o Rei Ezekiel, que com certeza, vai mexer muito com a gente também!

Por Bruna Hoffmann

the-walking-dead-s07e01-opiniao-dos-fas-002

Após 7 meses de hiatus, era impossível conter o demasiado número de sentimentos que todo fã estava sentindo – dentre emoção, angústia e ansiedade – acordar sentindo que hoje era o “Dia D”. Nada como voltar a escutar aos domingos à noite: “Previously On AMC’s The Walking Dead”, não há preço que pague para acompanha esta série com assiduidade.

“The Day Will Come When You Won’t Be”, nada como um dia após o outro – seja para algo positivo ou negativo – bem, normalmente é isso que presenciamos na TV – após uma season finale – a premiere do ano seguinte de cada show tem como ponto inicial abordar como os personagens antigos reagiram aos acontecimentos anteriores, apresentar novos personagens, abrir espaços para novos arcos etc – mas com um cliffhanger covarde na season finale do sexto ano do show, a produção teve que se virar para corrigir o erro, e como eles conseguiram. Scott Gimple (showrunner) já mostrou ser competente – ao corrigir os erros de seu antecessor Glen Mazzara (ex showrunner) – mas ao mesmo tempo ele provou ser um fantoche da AMC (onde usou o mesmo artifício erroneamente na mesma temporada, mid-season finale e season finale, respectivamente), mas parece que o nosso showrunner e emissora aprenderam com os erros e com a dura crítica dos públicos e críticos em geral.

Arrebatador, aterrorizante, espetacular e com uma pitada de gore – podemos dizer assim – essa foi a season premiere de The Walking Dead. Rick (Andrew Lincoln) paga por sua arrogância, ao achar que tudo estava sobre controle, uma boa porcentagem do público (que apenas acompanha a série de TV) ainda acha/achava que a maior ameaça eram os zumbis (mesmo após 6 anos do show, tivemos exemplos como o dos canibais no Terminus), onde comprova que a maior ameaça sempre foram os humanos, em um mundo pós apocalíptico onde há grande inercia de saúde, falta de alimento etc, a população deveria se unir para criarem meios que possam suprir suas necessidades sejam elas pessoas e/ou interpessoais. Negan (Jeffrey Dean Morgan) chegou para mostrar quem é que manda nesse universo irremissível: impetuoso, bruto, “sem papas na língua” e até mesmo um pouco primitivo, o antagonista é um dos personagens mais escrachantes da cultura POP, é como se Robert Kirkman tivesse pegado tudo o que há de ruim na nossa sociedade somado ao humor do Coringa para criá-lo, não poderia ficar mais grato ao criador do material base, um personagem do cacife de Negan era o pedestal que faltava em The Walking Dead. Nem “The Rains of Castamere” (Casamento Vermelho), “The Mountain and the Viper” (Montanha x Oberyn), ambos de Game of Thrones e até mesmo “Mizumono” (season finale da segunda temporada de Hannibal) foram tão brutais e sangrentos quanto o episódio que ficou marcado como “A Chacina de Negan” digamos assim, além de brutal e sangrento – foi uma tortura psicológica – não somente ao grupo de Rick, mas para com os fãs também. Uma aula de roteiro, direção e atuações – destaques para Scott Gimple, Greg Nicotero, Andrew Lincoln (como de praxe, esnobado pelas grandes premiações, sem ao menos receber uma indicação ao Emmy Award) e Jeffrey Dean Morgan (caiu como uma luva no papel, não consigo ver outro ator o interpretando tão bem, adaptação que beira a perfeição pela magistral atuação do mesmo). Para finalizar, confesso que fiquei extremamente decepcionado e aborrecido com o cliffhanger, mas “The Day Will Come When You Won’t Be” foi um pedido de desculpas em tanto, que episódio, amigos. Isso é The Walking Dead.

Por Ismael Braga

the-walking-dead-s07e01-opiniao-dos-fas-003

Eu não sei na verdade como começar dizendo o que achei desse episódio, porque estou escrevendo isso depois de 3 horas que o episódio acabou e continuo sem estruturas. Não vou dizer que não esperava, porque eu infelizmente li um spoiler na internet e ele INFELIZMENTE estava certo. É difícil aceitar que depois de 6 temporadas com Glenn, um dos melhores personagens da série, infelizmente chegou ao fim. O mesmo do Abraham, que conseguiu passar 3 temporadas fazendo o fandom odiá-lo em alguns momentos e em outros, amá-lo.

A forma como deixaram bem claro para os telespectadores como tudo aconteceu, e sem dúvidas, valeu a pena todos aqueles meses esperando a série voltar. Uma coisa que me deixou um pouco decepcionada, foi alguns “fãs” colocarem a culpa no Daryl pela morte do Glenn e espalharem ódio em todas as redes sociais para o Norman Reedus. Mas espero que conforme a temporada vá passando, esses “fãs” entendam, que um personagem maníaco como o Negan não precisa de motivos para fazer o mal. E que o que Daryl fez, atacando-o foi com a melhor das intenções, nunca na intenção de que mais alguém morresse.

Mas o melhor de tudo foi a capacidade dos produtores e de Robert Kirkman conseguir planejar um vilão tão bom quanto Negan, um personagem com o roteiro magnífico, e sem contar a atuação do ator que foi impecável. Um homem que espalha medo e autoridade tanto na série, quanto fora dela. Foi um personagem muito bem montado e tenho certeza que o que aconteceu no primeiro episódio não foi nem mesmo o começo, e isso me dá muito medo. É incrível como conseguiram fazer um episódio que durou quase uma hora, acontecer em um mesmo lugar em pouco tempo e deixou as pessoas que estavam assistindo aflitas e nervosas. Simplesmente a melhor série que existe, na minha humilde opinião.

Por Ana Beatriz

the-walking-dead-s07e01-opiniao-dos-fas-004

A 6ª temporada acabou com uma dúvida que deixou os fãs loucos por longos meses: Quem foi a vítima do poderoso Negan e da ” amada ” Lucille ? Nesse contexto, o 1º episódio da 7ª temporada de The Walking Dead vai se resumir a esse desfecho.

É um dos episódios mais cruéis e pesados (se não for o mais cruel e pesado) já produzidos, muito por causa que eles não pouparam tacadas e miolos espalhados. Porém, é um capítulo espetacular que não deve ter deixado nenhum fã desapontado com a qualidade. As cenas foram muito bem feitas, o suspense da resposta da dúvida deixada pela 6ª temporada foi bem conduzido por alguns minutos ainda, a primeira impressão passada pelo Negan de um líder impiedoso foi transmitida de uma maneira perfeita e as atuações foram excelentes (destaque para Andrew Lincoln e para o Jeffrey).

Agora resta ver como vai caminhar a temporada, que tem muito potencial e pode ser explorada de várias maneiras. Veremos como vai ficar o pessoal do Rick, até por que duas perdas não são fáceis, além da mudança da liderança que agora é do Vilão amado e odiado Negan, e veremos como vai ser a entrada do novo grupo. Deixo aqui meus sentimentos pelo asiático mais foda de todas as séries (por que o daryl foi reagir?!?!?!?!?!) e para o brucutu Abraham que aguentou a tacada e ainda provocou o Negan :'( . Só esperar agora para ver um show nessa 7ª temporada de The Walking Dead :). NOTA 33/33

Por Bruno Campos

Gostaria de participar do próximo “Opinião dos fãs”? Na próxima semana, após a exibição do novo episódio, envie a sua opinião sobre ele, pois que estaremos reunindo os melhores comentários de vários fãs para postar em nosso site. Também tomem cuidado com erros de português e revisem antes de enviar.

O quadro será lançado sempre toda quarta-feira, e vocês devem enviar os textos para o e-mail: [email protected] (não esqueça de colocar seu nome completo ou apelido e rede social para os créditos). Não importa se você gostou ou não gostou do episódio, toda opinião será bem-vinda!

The Walking Dead, a história de drama mais assistida da TV a cabo, vai ao ar aos domingos no AMC Internacional, às 23h, e no FOX Action (canal do pacote premium FOX+) e FOX Brasil, às 23h30. Confira todas as notícias sobre a sétima temporada.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.

Publicidade
Comentários

EM ALTA