Siga-nos nas redes sociais

6ª Temporada

REVIEW THE WALKING DEAD S06E09 – “No Way Out”: Alexandria vive

Publicado há

em

Atenção! Este conteúdo contém SPOILERS do nono episódio, S06E09 – No Way Out, da sexta temporada de The Walking Dead. Caso ainda não tenha assistido, não continue. Você foi avisado!

As outras séries que me desculpem, mas The Walking Dead é outro nível! O que dizer desse episódio que me deixou destruída, mas que considero pacas? De todos os episódios de midseason premiere esse foi, sem dúvida, o mais ambicioso de todos e, ouço dizer, o melhor já feito até hoje. E se tinha gente dizendo que os primeiros oito episódios foram entediantes, bom, esse compensa por todos. É tanta coisa pra comentar que fiquei até tonta! Mas vamos começar pelo começo!

Gente, o que foi o Daryl no início do episódio?! Eu confesso que estava super apreensiva, pois a situação que Abraham, Sasha e Daryl se encontravam não era nada favorável, considerando ainda que quando o Abraham encontra com os Salvadores na HQ as coisas não terminam muito bem. Na sequência dos acontecimentos da cena pós-crédito, temos os três cercados, sendo obrigados a entregar seus pertences e levar os caras a comunidade. Que eles não iriam leva-los de volta a Alexandria eu até imaginava, mas que o Daryl ia matar todos os caras com uma BAZUCA, eu confesso que, por essa, eu não esperava. Mas ele fez! E então seguimos felizes para Alexandria (que não estava tão feliz assim).

Chegando em Alexandria nos deparamos com o caos, e pra quem tinha suas expectativas de mais uma fiel reprodução do que acontece na HQ, não ficou decepcionado. Vemos Sam e Jessie serem devorados e Rick, numa tentativa desesperada de salvar Carl, cortando o braço de Jessie. Eu fiquei triste de vê-la morrer pois realmente gostava da personagem, e ao contrário da Jessie da HQ, ela demonstrava uma força incrível e talvez poderia ter tido uma história mais explorada. Mas não reclamo, achei que tudo foi muito bem trabalhado e repito: para mim, o episódio foi perfeito (com uma única crítica, que veremos mais a frente), e ver a HQ acontecendo na TV, não tem preço!

the-walking-dead-s06e09-no-way-out-review-001

Muito se especulou se eles tirariam o olho de Carl ou não, mas Gimple foi mais uma vez fiel à HQ e tirou o olho do pobre menino. Mas dessa vez, ao invés de ser atingido pelo líder da comunidade (Douglas Monroe nos quadrinhos), o infeliz foi o Ron, mas isso era meio óbvio; o garoto foi problema desde o momento que apareceu e, finalmente, satisfez seu desejo de vingança.

Uma coisa interessante nessa parte do episódio foi a Michonne matando o Ron; é lindo de se ver a lealdade do grupo que saiu da prisão, e mais especificamente, a lealdade de Rick e Michonne um com o outro. O relacionamento dos dois, junto com a amizade de Michonne e Carl, é uma das minhas coisas preferidas da série. No momento que Ron aponta a arma pro Carl ela nem hesita em mata-lo, e quando o Rick sai pra matar os walkers, ela se desespera pra sair e ajuda-lo. E isso é incrível de testemunhar: essas pessoas que eram completamente estranhas, se unindo de uma forma que não pensam duas vezes em matar para proteger uns aos outros. Ver o desenrolar desses laços que se formaram no meio do apocalipse são uma das coisas que mais gosto no show.

Agora pausa para aplaudirmos o Gabriel. O cara conseguiu se redimir: salvou Judith e ainda colocou a rapeize lá pra ajudar a galera que estava lutando contra os walkers. O discurso dele sobre as orações serem atendidas foi lindo, e entra no histórico daqueles diálogos incríveis que a gente vê e ama em The Walking Dead.

Minha única crítica ao episódio é essa coisa de toda hora quase matar o Glenn. Okay, a gente entende. Todo mundo tá morrendo de medo que ele morra pelas mãos de Negan e é provável que aconteça ainda nessa temporada, mas deixar o cara toda hora naquela situação vida ou morte já tá chato. Parem de tentar matar o Glenn, por favor. Senão quando ele morrer, nem vou acreditar (mentira, vou sim).

Walkers - The Walking Dead _ Season 6, Episode 9 - Photo Credit: Gene Page/AMC

Precisa comentar o Daryl com a bazuca AGAIN salvando geral ou, dizer como foi lindo ver todo mundo juntinho lutando os zumbis? Eu fiquei arrepiada.

Todo o desenvolvimento do episódio (da temporada, na verdade) foi caminhando para o ápice de Rick finalmente compreender que, aquelas pessoas, que ele não considerava de seu grupo, podem sim mudar e contribuir para a sobrevivência deles e serem tão vitais e importantes quanto. Que se precisa de gente pra viver sim, e ver o Rick contando pro Carl que ele tem esperança de que tudo pode dar certo foi lindo (chorei horrores), e vimos aí o que a gente mais gosta em The Walking Dead: essa abordagem sobre a natureza humana, sobre encontrar esperança no meio do caos e enxergar a possibilidade de não apenas sobreviver, mas viver num mundo tomado por mortos.

E assim, acabou mais um episódio. E que episódio. Eu amei. E você? Amou, odiou? Conta pra gente e compartilha o que você acha que nos aguarda daqui pra frente!

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA