Siga-nos nas redes sociais

6ª Temporada

The Walking Dead 6ª Temporada – Comentários do episódio 07: “Heads Up” (COM SPOILERS)

Publicado há

em

Post destinado a comentários do episódio “Heads Up” da sexta temporada de The Walking Dead. Muitos spoilers poderão (e serão) encontrados por aqui. Se você ainda não assistiu e não gostaria de ter as surpresas do episódio “estragadas”, não prossiga. Você foi alertado!

Este post está destinado à exposição de ideias sobre tudo o que pode estar acontecendo na série. Utilize os comentários abaixo para compartilhar conosco suas teorias.

SINOPSE: Alexandria finalmente pode começar a se recompor; a paz é aceita por ambos os grupos.

Roteiro: Channing Powell | Diretor: David Boyd

DISCUSSÃO DE “HEADS UP”:

Hoje é um daqueles dias em que tenho uma vontade absurda de abraçar o cara que atende pelo nome de Scott M. Gimple. Não estou brincando, e admito desde já que a sexta temporada está sendo uma das minhas preferidas de todo o currículo de The Walking Dead. “Heads Up” mostrou uma qualidade de roteiro e direção tão grande que não sei nem como descrever aqui.

A começar pela grande resposta: GLENN ESTÁ VIVO! Para quem esperava uma explicação tola, tivemos um flashback passo a passo do tiro até o momento da queda naquela trágica cena de “Thank You”. Confesso, achei a explicação satisfatória, e vou manter a mesma opinião independente do que qualquer outro pensar. Minha visão, é claro. Aliás, este também foi o grande momento de tornar Enid a final substituta da já falecida Sophia, aproximando Glenn e Maggie de uma realidade muito conhecida pelos amantes dos quadrinhos.

Como era de se esperar, o episódio apenas preparou o palco para o grande show que deve ocorrer no próximo domingo, durante a midseason finale. No geral, amei o modo como a direção explorou a tensão durante todo o tempo, principalmente com os planos cobrindo a – ameaçada – torre ao fundo.

Mesmo com um ritmo lento, tivemos muitas respostas (e presságios) extremamente aguardados – Morgan, Lobos, Ron, Maggie, Deanna, Rosita -, e é claro, o grande momento de ação ficou por conta da adaptada cena das HQs envolvendo Spencer. Foi o momento que Tara teve para brilhar durante o episódio, e realmente gostaria de ver a personagem mais em ação.

E por último, vale citar a FANTÁSTICA/ESPETACULAR cena final. Admito, já entrou em uma das minhas 10 favoritas de toda a série. Desde a vista dos balões, a trilha sonora, o olhar de esperança em cada um dos personagens – atores excepcionais, ainda por cima -, até toda a quebra da esperança com a queda da torre sobre os muros! Que cena mais poética, linda, bem dirigida, bem escrita. Sem palavras.

De toda forma, não sei o que dizer, pois estou apenas esperando a maneira como iremos sofrer com a midseason finale, último episódio do ano de 2015, e marcador da metade da temporada. Realmente não sei nem como respirar… estou prestes a ver meu momento favorito dos quadrinhos ganhar vida na série de TV. Não estou preparado!

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA