Siga-nos nas redes sociais

4ª Temporada

A produtora executiva Gale Anne Hurd fala sobre dizer adeus a personagens queridos e o que que vem a seguir

Publicado há

em

ATENÇÃO: Esta matéria contém spoilers do oitavo episódio da quarta temporada, “Too Far Gone” (Indo Longe Demais), e dos quadrinhos.

Dizer adeus para Hershel Greene, interpretado durante três temporadas pelo ator Scott Wilson, não foi tarefa fácil apenas para os telespectadores.  A saída do personagem também afetou gente por trás dos bastidores, como a produtora executiva de The Walking Dead, Gale Anne Hurd.

“Nós tivemos um ‘Jantar da Morte’ para Scott e foi provavelmente um dos mais difíceis… porque houve tanta generosidade”, disse Gale ao site Access Hollywood na segunda-feira à tarde, referindo-se à maneira como o show costuma se despedir de um dos membros de seu elenco. “Ele é um personagem que todos – elenco, pessoas dos bastidores e fãs – amaram. Eu não acho que há alguém que tenha dito: ‘Oh, Hershel, e daí?'”

Em uma nova entrevista para o site Access Hollywood, Gale fala da saída de Scott, dá adeus a David Morrissey como O Governador e ainda adianta o que os fãs podem esperar para a segunda metade da temporada, em fevereiro de 2014.

AccessHollywood.com: Agora que o mid-season finale foi ao ar, o que as pessoas que você conhece pessoalmente andam dizendo a você, Gale?

Gale Anne Hurd: Muitos deles estão incrivelmente tristes por ver Hershel ir embora. Todos nós no show estamos especialmente tristes por ter de ver Hershel partir e, especialmente, ver partir aquele que o trouxe para a vida, Scott Wilson. Foi um prazer conhecê-lo e nos tornamos amigos próximos. As pessoas estão dizendo que elas ficaram na ponta de suas cadeiras desde o início do episódio e que muitos choraram. Na primeira vez que eu assisti Ernest, o diretor, editar o episódio, eu chorei. Mesmo tendo lido o roteiro, eu sabia exatamente o que estava acontecendo, acabei me apegando tanto a ele.

hershel-the-walking-dead-s04e08-too-far-gone

Access: Das duas grandes mortes. Para você qual foi a mais difícil? Tem que ser a de Hershel, não é?

Gale Anne Hurd: Sim.

Access: Eu falei com Scott e ele disse que não queria ir. Ele contou que falou a Scott (showrunner) que não achava que Hershel deveria morrer.

Gale Anne Hurd: Isso é o que há de tão especial sobre o show. Acho que você vai descobrir que existem outros programas no ar, onde as pessoas imploram para serem mortas. Nesta série, ninguém quer sair e é um grupo pequeno. Ele realmente é. Temos #TWDFamily [no Twitter] – e realmente é. É uma família e a boa notícia é que uma vez que você é parte da família, mesmo se matarmos você na série, você ainda é uma parte muito importante da família e sempre teremos reuniões.

Access: O jeito como Scott transmitiu todas as falas de Hershel… Eu queria saber o que você acha que há em Scott que o permitiu transmitir estas falas tão bem?

Gale Anne Hurd: Bem, em primeiro lugar, Scott é um ator incrivelmente bom. Se você ainda não assistiu ‘A Sangue Frio’, deveria ver logo. É um filme fantástico e Scott está fantástico nele. A obra realmente consegue canalizar uma parte do ator Scott Wilson, que é daquele mesmo jeito na vida real. Você sabe que ele não está sendo enfadonho. Ele realmente tem seus melhores interesses no coração. Ele é altruísta. Ele coloca outras pessoas em primeiro lugar e ele nunca vai falar por falar, sem ter passado pela experiência.

Access: Houve alguma discussão sobre como eles poderiam manter Hershel? Será que a perna – ou a falta dela – selou seu destino?

Gale Anne Hurd: Quando você percebe que todo mundo ia estar na estrada, ele não teria durado muito tempo.

Access: Então você queria dar-lhe um fim nobre?

Gale Anne Hurd: Sim. E também, sinceramente, o Governador – ele poderia ter matado Michonne, mas também sabia que a maior dor que ele poderia infligir seria matando Hershel.

Access: Por que você acha que Michonne não matou o Governador logo? Ela o esfaqueou e o deixou apodrecer. Isso foi sua maneira de infligir uma punição?

Gale Anne Hurd: Sim, e, ao mesmo tempo, eu acho que se tornar um walker é um destino pior que a morte.

Access: Por que você acha que Lilly baleou o Governador?

Gale Anne Hurd: Porque ela confiou sua vida e a vida de sua filha nas mãos do Governador. Ela realmente acreditou quando ele disse que a prisão estava cheia de assassinos e pessoas terríveis e que ele estava fazendo isso para mantê-los seguros. E esse foi o motivo que ele utilizou para se justificar, mas na verdade foi uma batalha… Quando ele começou a reassumir – depois de matar Martinez – o manto do Governador, os demônios voltaram a ser despertados e não havia nenhum jeito dele estar disposto a compartilhar o poder.

the-walking-dead-s04e08-too-far-gone-bastidores

Access: Você vê algum desses demônios quando você fala com David Morrissey sobre futebol. Quando nós conversamos algumas semanas atrás, ele me disse que o seu time derrotou o dele. Mas ele também disse que a guerra não acabou, o que é muito como Governador.

Gale Anne Hurd: Exatamente. É muito engraçado no set, honestamente, porque Andy torce para o Manchester United e ele não me disse de primeira que era um grande fã de futebol. Além disto, David (Governador) torce pelo Liverpool, lá bem em cima da mesa, não segurando nada de volta e em seguida, E a situação ficou ainda “pior” quando Lennie James (Morgan) voltou para a série, porque ele torce para o Spurs, que são os arco rivais do Arsenal.

Tem sido muito divertido, na verdade, porque eu sigo David no Twitter e ele está sempre twittando sobre o Liverpool, e claro, eu sou @GunnerGale torcedora do Arsenal.

Access: Foi difícil dizer a David que ele ia ser morto na série? Ele sabia que isso tinha que vir em algum momento.

Gale Anne Hurd: Sim. Scott Gimple ligou para ele e foi uma daquelas chamadas que você teme. Eu estou feliz por não ter mais que fazer isso, porque as pessoas são tão felizes de falar comigo. Mas cada vez que Scott liga, você fica se perguntando se aquela não será “a ligação”.

Access: A quem você teve que dar a notícia ?

Gale Anne Hurd: Oh, foi horrível, eu tive que ligar para a pequena Sophia – a mãe de Madison Lintz.

Access: Há algo que você possa fazer para tornar isso mais fácil para você ?

Gale Anne Hurd: Não. Não há nenhuma maneira.

the-walking-dead-s04e08-too-far-gone-007

Access: Você tem uma parte favorita do episódio de domingo à noite? Quando os olhos de Hershel se iluminaram quando Rick disse: “Você pode voltar”, aquilo foi muito maravilhoso.

Gale Anne Hurd: Ele obteve seu momento redentor antes de sua morte através de Rick. falando honestamente: sempre há esperança. Sempre. Rick voltou da loucura. Carl voltou de uma estrada muito perigosa em que esteve durante um tempo. Mas ao mesmo tempo existem algumas coisas em que você meio que tem que desviar o olhar, como quando Carol estava treinando as crianças com facas. Se Lizzie não tivesse atirado, Tyreese teria sido morto.

Access: Qual foi a maior pergunta que as pessoas tinham sobre o episódio ?

Gale Anne Hurd: Eu acho que a grande coisa foi : ‘A Judith morreu?’

Access: Existem outras questões que as pessoas devem estar atentas neste momento antes da série retornar no dia 9 de fevereiro?

Gale Anne Hurd: Estamos muito animados, porque nossos personagens já estão na estrada e na jornada eles vão encontrar novas pessoas, incluindo os favoritos dos quadrinhos, Abraham, Eugene e Rosita.

Access: Que tipo de coisas que você acha que vamos ver quando a temporada retornar? O ritmo vai aumentar, porque eles estão na estrada e há o perigo sempre presente de não ter muros em torno deles para protegê-los?

Gale Anne Hurd: Este não é um show onde sempre pisamos fundo, exceto episódios como este, em que fazem sentido. Eu acho que se o show tornar-se simplesmente correr e atirar, há uma série de shows de rede que fazem isso.

Access: Como você vai passar as suas férias, agora que você começa a fazer uma pausa disso?

Gale Anne Hurd: Nós ainda estamos em pós-produção. Estaremos em pós-produção até fevereiro. E em seguida, o trabalho dos escritores começa de novo em fevereiro, por isso é praticamente 12 meses por ano. Mas vou esquiar, por isso estou ansiosa para um Natal bem cheio de neve.

The Walking Dead, a história de drama mais assistida da TV a cabo, irá retornar com os oito últimos episódios da quarta temporada no dia 09 de Fevereiro de 2014 na AMC e 11 de Fevereiro de 2014 na FOX Brasil.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.


Fonte: Hollywood Reporter
Tradução: @Jéssica Vasconcelos / Edição @Edelyla Staff Walking Dead Brasil

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA