Siga-nos nas redes sociais

Webisodes

Um olhar sobre The Walking Dead Red Machete

The Walking Dead Red Machete é uma websérie que segue a trilha do facão vermelho que Rick usou como uma arma para matar Gareth, o líder de Terminus.

Publicado há

em

Lançada entre o intervalo de 22 de outubro de 2017 a abril de 2018, antecedendo a estreia da 8ª temporada de The Walking Dead, a websérie “The Walking Dead Red Machete” apresenta em 6 episódios o curioso aparecimento do facão de cabo vermelho do Rick Grimes, cujo deu fim à vida – entre outros – de Gareth (Andrew J. West), o líder do Terminus.

Escritos por Nick Bernardone e dirigidos por Avi Youabian – que na série principal em sua 6ª temporada foi responsável pela direção do episódio “Now” – a webserie nos apresenta o fatídico local de ruptura de uma mera peça de prateleira, para se tornar um importante objeto na sobrevivência pós-apocalíptica em que o facão Roger se transformaria.

Trata-se de Gerald’s Hardware, uma pequena loja de ferramentas onde no primeiro episódio “Behind Us” somos apresentados aos personagens David (Jose Rosete), Alyssa (Sofia Esmaili) e a Mandy (Anais Lilit), eles que depois de captarem recursos se depararam com a morte de um jovem rapaz na luta contra um walker, tomando posse do então facão utilizado na batalha pela sobrevivência.

LEIA TAMBÉM:
Gravações de The Walking Dead ganham data de retorno

Mesmo aparentando uma aversão inicial, e sustentando-se nesse novo normal, Mandy traz para o pequeno grupo o predicado em aprender a domar o objeto para as lutas com o novo inimigo mortal, e assim David passa a ensina-la algumas técnicas de combate no uso do facão enquanto a pequena Alyssa tenta distrair-se do atual mundo subversivo.

Nota-se que a esperança por soluções faz parte desse pequeno grupo, pois este se resguarda em uma residência mantendo-se até o fim de seus suprimentos, fazendo-os sair de seu espaço de refugio o que acaba findando na morte prematura da pequena Alyssa.

O espaço temporal desse momento em diante sofre brutas alternâncias. Sai-se da crença das soluções vindas, como por exemplo, dos seus governantes para à certeza da vida em uma nova era.

A Carol Peletier (Melissa S.McBride) nos mostra que a sua sobrevivência doméstica parte do ter cabelos curtos devido aos ataques de seu companheiro; aqui vemos a Mandy optar por uma atitude similar em virtude de este ser o meio pelo qual a pequena Alyssa foi capturada, e assim, como um sinal de cuidado e lembrança, o faz.

No percurso natural da vida são os mais velhos que se vão primeiro. Independente da relação sanguínea ou não desse pequeno grupo, a dor é eminente, mas a aceitação da continuidade de viver permanece.

Agora, mais do que nunca, o facão Roger – de nova identidade cravada em sua empunhadura – aumenta a sua intimidade na trajetória dos dois. Ele é arma, faca de cozinha e cinzel de madeira e pedra para as lapides da Alyssa e agora do Papa David, onde no episódio 2 “Sorrowful” por um breve descuido o fez despedir-se de sua outra filha, agora enlutada por perdas humanas e em seguida por objetos de valores sentimentais.

Furtado, longe da presença física de sua dona e mesmo apresentando uma nova roupagem, o falcão da Mandy acompanhado pelo fone da pequena Alyssa – este que a auxiliava em momentos de perturbações – sofreram o processo de ruptura casual visto em “Made to Suffer”. Um ficou com o seu novo dono no local onde fora morto, o outro acompanhou léguas a fio em seu relicário, estando ali como uma nova praga no já falecido corpo humano.

Reivindicado foi o destino colocado naquele facão da então loja de ferramentas nas mãos do grupo de Joe (Jeff Kober), líder dos Reivindicadores (grupo que aparece na 4ª temporada de The Walking Dead) no episódio 4 “What We Become”. Aqui nos deparamos na narrativa categorizada entre heróis ou vilões já discutida na série mãe, ajuizando ao facão ser instrumento de punição aos furtadores em sua agora vasta trajetória, chegando até Alexandria e estabelecendo-se na oficina dos Salvadores.

Agora, companheiro de curto período de um dos desertores do grupo de Negan (Jeffrey Dean Morgan), em “Gone” – episódio 5 da webserie – nos unimos como espectadores ao facão de cabo e de história vermelha, onde diante dos nossos olhos cruzamos por diversas histórias de walkers e sobreviventes, entre essas a da própria Mandy. Passado e presente no mesmo instante.

O que se passou contigo durante todo esse período? Talvez essa fosse a pergunta que o facão faria a sua antiga anfitriã de sobrevivência em “We Find Ourselves”. E assim, como quem descasca uma ferida para que as células novas possam criar uma nova camada, Mandy e o seu Red Machete criam um novo parâmetro de convivência e de incertezas quando suas histórias novamente se entrelaçarão.

The Walking Dead Red Machete nos apresenta três personagens carismáticos em uma trama curta no quesito tempo, porém intensa e cheia de questionamentos capazes de fazer o espectador ver, rever e discutir sobre como objetos estranhos e humanos podem colocar uma união entre ambas as suas vivências. No universo The Walking Dead assim foi com o relógio do Hershel Greene (Scott Wilson), em Red Machete assim foi com a Mandy.

Assista The Walking Dead Red Machete:

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA