Siga-nos nas redes sociais

4ª Temporada

The Walking Dead Quarta Temporada: O que acontecerá com o Governador?

Publicado há

em

O anúncio recente de que David Morrissey e seu Governador retornarão como regulares da série na quarta temporada de The Walking Dead fez com que o coelho-spoiler saísse da cartola, mostrando que o grande vilão sobreviveu à carnificina da season finale.

De fato, apesar do bizarro confronto entre o Governador e seu próprio grupo na estrada, voltando da prisão para Woodbury, ninguém morreu na maior parte do episódio – e não apenas o Governador sobreviveu como também sobreviveram seus dois capangas de confiança e nada confiáveis. Foi um episódio bizarro.

Em todo o caso, sua sobrevivência, seu status como um regular da série no próximo ano e alguns dos comentários feitos por Robert Kirkman e pelos produtores do show nos deixaram pensando o que acontecerá a seguir com o louco Governador sem ninguém para governar!

Uma coisa que é clara é que na próxima temporada as estratégias não serão as mesmas do que essa, em termos de construir um grande confronto entre o Governador e Rick. Kirkman, Gale Anne Hurd, o novo showrunner Scott Gimple e todos aqueles com alguma autoridade para falar estão dizendo que este á o ano do zumbi – que, após duas temporadas onde as ameaças maiores ao grupo foram Shane e o Governador, os walkers parecem ter se tornado uma ameaça manejável e as pessoas responsáveis não estão confortáveis com isso.

Isso coloca o Governador na estranha posição de ser demovido da posição de antagonista central para… bem, para qualquer outro papel que ele irá interpretar. Há várias possibilidades.

A primeira e mais óbvia possibilidade é que ele simplesmente deflagará um ataque surpresa em algum ponto da temporada. Idealmente, seria na midseason finale para dar aos fãs alguma resolução à história do Governador, permitindo ao resto do ano o enredo continuar sem maiores distrações; porém, como vimos nesta temporada, os showrunners nem sempre seguem o caminho mais previsível de se ter grandes eventos ocorrendo em finales e premières.

No caso de um ataque surpresa, a escolha mais óbvia (por inúmeras razões) seria fazer algo semelhante aos quadrinhos. Por quê? Porque é uma sequência icônica, então não usá-la causaria alguma consternação e desapontamento entre os fãs dos quadrinhos. Também seria visualmente interessante e incrível ter alguns zumbis formando um “tanque vivo” no momento que ele destrói os muros da prisão. Um confronto final similar ao que aconteceu nos quadrinhos também nos levaria a outro momento icônico: a decapitação de um dos homens de Rick fora dos portões.

Outra possibilidade – e essa brinca com o fato de que não sabemos para onde o Governador, Shupert e Martinez foram quando deixaram a cena do massacre da season finale – é que o Governador e seus homens poderiam ter voltado ou até mesmo estar na prisão.

Depois de tudo, o título da season finale da terceira temporada foi “Welcome to the Tombs”, uma clara referência aos locais não explorados no interior da prisão. E se for lá que o Governador e seus homens estão entocados, aguardando a oportunidade?

Não é algo fora de questão: além do fato de que realmente não sabemos para onde eles foram, há o fato de que eles poderiam vigiar Rick e seu grupo, já que não fizeram isso antes, comprovado pelo fato de que o Governador pensa que Rick e seu grupo tinham um arsenal impressionante. Esse ponto de vantagem poderia dar uma oportunidade de entrar na prisão? Talvez isso – e certamente o mapa que Tyreese e seu grupo fizeram para eles obviamente incluía o local com a cerca quebrada por onde eles lá entraram pela primeira vez.

Ter um inimigo infiltrado – e um que eles sequer suspeitam – poderia gerar algumas possibilidades de enredo para o Team Prison.

Por outro lado, claro, eles poderiam cercar e se dirigir a Woodbury. O Governador pareceu ter manipulado a vontade da população durante seu tempo no poder, em vez de ter feito ou dito coisas malucas. Poderia ele pensar que estava lidando com uma situação manejável na sua volta para casa? E se o local estiver vazio, ele irá se estabelecer lá, ou levará o máximo de suprimentos para longe da cidade? A situação mais perigosa que ele pode encontrar em Woodbury seria uma emboscada por alguém que Rick pudesse ter deixado para vigiar a cidade, mas não é nada como a versão de Rick, “vamos fazer um asilo e viver em paz”. E ele não estaria pensando em arriscar uma ou mais pessoas do seu grupo na esperança de matar alguém que, naquele momento, não está representando uma ameaça.

Essa decisão – se Rick a tomar – acabaria também em um confronto entre ele e Carl, que quase certamente estará ansioso para derrubar de vez o Governador.

Outra forte opção para o Governador – e uma que não exigiria que Morrissey se tornasse um regular na série, exceto que os regulares em The Walking Dead regularmente morrem, e eles podem não querer colocar dúvidas a respeito de sua duração na série – é que o Governador e seus homens possam ter sido deixados vivos simplesmente para conduzir à próxima ameaça.

Depois de tudo, o que faria os Caçadores ou Negan mais durões do que matar o Governador e seus homens durante os frios dois minutos de abertura da première da quarta temporada? Ou ainda, dada sua propensão a sobreviver a tudo que o mundo joga contra ele, apenas conduzir uma grande horda de walkers diretamente para a prisão?

O que você acha que acontecerá na quarta temporada de The Walking Dead? O Governador vai voltar com força total? Deixem suas opiniões e teorias nos comentários abaixo.


Fonte: Comic Book
Tradução: @BinaPic / Staff Walking Dead Brasil

Publicidade
Comentários

EM ALTA