Siga-nos nas redes sociais

HQ

The Walking Dead Quadrinhos: A ascensão e queda (?) de Carl Grimes

Rafael Façanha

Publicado há

em

[SPOILERS dos quadrinhos de The Walking Dead!]

Embora a série The Walking Dead da AMC tenha recentemente evoluído o personagem de Carl Grimes além de um fedelho chorão que “nunca está em casa”, o personagem de mesmo nome da HQ tem sido um favorito dos fãs desde o começo. Um toque de juventude exuberante que lembra o grupo do quão preciosas suas vidas realmente são, Carl é também um guia dos leitores para os vestígios de inocência naquele mundo. Isso é um resumo da vida do Carl, desde seu nascimento, até se tornar durão e até mesmo sua possível morte.

Desde o momento de sua apresentação, Carl Grimes tem sido um dos meus personagens favoritos da HQ. A inocência desenfreada que exala desse personagem nos primeiros livros faz você acreditar que, não importa o quão horríveis as coisas estejam no mundo de zumbis e humanidade depravada de Robert Kirkman, sempre haverá uma centelha de algo bom. O primeiro encontro de Carl e sei pai Rick, depois de acreditar que ele estava morto, ainda é um dos meus momentos favoritos da série de HQ de The Walking Dead. É simbologicamente tocante e o primeiro passo de Carl rumo a escuridão.

Na edição #5 de The Walking Dead Carl ganha sua primeira arma, também é revelado que ele tem 7 anos de idade! Se imagine com 7 anos com uma arma de verdade, é eu também acho que eu não estaria aqui – pelo menos com tudo funcionando! Mas, é aquele momento da ligação entre pai e filho que irá solidificar a transformação de Carl de criança inocente do grupo em um dos mais destemidos matadores deles. Todos nós sabemos o que acontece com aqueles valentões que incomodam o papai de Carl! Desculpe Shane!

A partir daquele momento o doce e ingênuo Carl começa sua transformação em uma peça chave do grupo. Ele se enxerga como um adulto, um “protetor” e provedor, alguém que pode defendê-lo dos horrores desse mundo e continuar tentando não importa o que aconteça. Seus medos e , mais importante, sua necessidade de ser protegido por outros é aliviada em seus olhos. Ele pode fazer o que seu pai faz e, eventualmente, até o que Rick não pode.

Mas levar uma vida de homem não é fácil, Carl desmorona na frente de Rick e diz a ele que não era como matar os já morto, não era fácil. Rick responde, “Nunca deveria ser fácil”.

Depois, na edição 9, Carl tem seu primeiro contato com sua mortalidade. Enquanto era perseguido por uma horda de zumbis, Carl é inesperadamente baleado pelas costas por Otis! Rick e Tyreese correm até ele enquanto Otis aparece olhando aturdido para o que acabou de acontecer. Quando Carl, eventualmente, acorda, ele está muito diferente do garoto sorridente que nós conhecemos na edição um. Ele sentiu o que é estar à beira da morte e ele não vai deixar isso acontecer de novo com ninguém que ele ama. Ele foi endurecido pelo mundo, sua noção moral começou a sair do controle e depois de The Walking Dead 48, onde ele vê a morte de sua mãe, Lori! E de sua irmã recém nascida, Judith. Carl é só a carcaça do menino que ele foi um dia.

Separado do resto do grupo, Carl precisa, agora, tomar conta de seu pai, física e emocionalmente abalado. Ele sente que Rick se tornou fraco, deixando sua família morrer nas mãos de pessoas de fora. O garoto que um dia matou o melhor amigo de seu pai está cogitando, agora, se deve ou não “lidar” com seu próprio pai. Quando outros se juntam ao grupo, Carl vai para segundo plano novamente até a edição 57. Enquanto estão na estrada, Abraham, Rick e Carl são atacados por bandidos. Abraham é preso a mão armada e Rick é espancado e dominado. Rick tenta revidar e dizem a ele que como desafio, Carl será estuprado na sua frente! Quando o bandido abaixa Carl, Rick agarra na garganta de seu agressor com os dentes. Chocado com o que aconteceu, o bandido que estava segurando Abraham congela tempo o suficiente para que Abraham atire nele, enquanto Rick continua batendo no terceiro. Esses eventos horríveis mudam a dinâmica do relacionamento de Rick e Carl de novo. Pai e filho começam a conversar sobre o que aconteceu entre eles, e Carl diz a Rick que se ele soubesse os pensamentos que tinha na cabeça, ele não ia amá-lo mais. Eles se abraçam, a inocência pode estar perdida, mas o amor que sentem um pelo outro será sempre forte.

Na Edição 61 é quando vimos o quanto Carl está vazio emocionalmente e o quão longe ele é capaz de ir para proteger seu grupo. Na edição 60 de The Walking Dead, Ben, um menino de aproximadamente oito anos de idade, mata seu irmão gêmeo, Billy. Ben está tão perturbado mentalmente pelo mundo em que vivem que ele pensa que está tudo bem, já que seu irmão irá retornar a vida mesmo. Quando o grupo tranca Ben em uma van e pensa no que fazer com o jovem serial killer, Carl tem suas próprias idéias. Na edição 61, Carl finge estar dormindo enquanto Rick está deitado ao seu lado. Depois Carl foge e vai até a van e abre a porta com cuidado. Ele é recebido por Ben que diz, “você não tem medo de mim?” Carl responde “não” e atira na cabeça de Ben!

Mas o destino está sempre mudando, quando vemos Carl e sua “família” crescendo e continuando seu caminho, nós também vemos as ameaças aumentarem. Assim como a edição 83 nos mostra, quando você pensa que está tudo bem – o destino bate a sua porta! A edição 83 de The Walking Dead foi uma das poucas HQs que eu tive que parar para respirar depois de ler, foi tão chocante que eu não pude evitar. Embora muitos personagens morram nessa edição, foi o fato de Carl levar acidentalmente um tiro na cabeça que me tirou o ar! Quase nenhuma morte de algum personagem me tocou desse jeito como naquele momento. Aquele jovem garoto se tornou durão, Carl, se torna tão frágil naquele momento – as incríveis habilidades de Kirkman de fazer com que os leitores se importem tanto com os personagens, que naquele momento, tocou todos nós!

Quando Carl se recuperou durante as próximas 20 edições, a dinâmica do grupo mudou. Outra era de paz e prosperidade começou a se desenvolver, e com um sentimento de segurança. Mas todos nós sabemos como Kirkman ama nos levar a um sentimento de segurança antes de nos jogar nas nossas caveiras. Dessa vez o problema era Negan, e o enredo foi chamado de “Something to fear”.

A edição 100 de The Walking Dead, uma das mais brutais revistas que eu já vi, apresenta Negan a Rick, Carl, Glenn, Maggie, Sophia, Michonne e Heath. Enquanto esse tirano brinca de uni-duni-te com o grupo, Negan olha para Carl, e o mundo do garoto nunca mais será o mesmo! Quando Negan escolhe Glenn e bate na cabeça dele com seu bastão de baseball “Lucille”‘ todos ficam horrorizados. Depois que Negan e seu homem declaram um acordo com o grupo de Rick, eles partem, deixando Rick chorando sobre seu amigo caído, enquanto Carl se pergunta o que viria a acontecer depois!

Depois que Rick conta à comunidade que eles terão que cumprir o que Negan pediu, Carl decide confrontar Negan ele mesmo. Quando Negan chega para coletar metade dos suprimentos da comunidade, Carl os cumprimenta  de maneira não hospitaleira.  Negan pergunta a Carl se ele o estava ameaçando, porque ele gosta de ter certeza quando alguém o faz! Esse é o ponto que pode decidir o destino de Carl nas próximas edições! Uma linha foi traçada entre esses dois personagens e Carl decide resolver isso na edição 104.

Vendo que seu pai tomou uma decisão errada sobre como lidar com a situação, Carl se esconde atras de uma das caminhonetes de Negan enquanto eles voltam para o acampamento. Quando eles eventualmente param, Carl pega o grupo de surpresa. Quando ele sai da caminhonete devagar, Carl anuncia que Negan matou seu amigo e que ele só queria matá-los se os outros se afastassem. Negan fala para ele que está genuinamente com medo dele e faz comentários sobre a arma que Carl decidiu trazer com ele. Carl dispara de novo, mas o recuo do disparo o joga no chão e ele perde o controle da arma. Dwight rapidamente começa a bater em Carl antes de Negan perguntar se ele mataria um garoto indefeso. Negan anuncia, depois, que eles deveriam dar boas vindas à nova visita e ai termina a edição.

Agora, nós não sabemos o destino de Carl ainda, as próximas capas sugerem que nosso pequeno durão estará em alguns momentos cruciais! A edição 106 de The Walking Dead é a centésima edição de Charlie Adlard como artista, e ele prometeu que algo grande está para acontecer. Deixemos que saibam também que a edição será chamada de “Revenge” o que não prevê algo bom para o tempo de vida do nosso herói.

E nós também tivemos a grande revelação da capa da edição 107 de The Walking Dead que mostra o chapéu de Carl no chão.

Qual você acha que será o destino de nosso querido Carl nos quadrinhos? Como Rick iria reagir caso seu filho fosse assassinado pelo grupo de Negan? Deixem suas opiniões e teorias nos comentários abaixo.


Fonte: Cosmic Book News
Tradução: @yawlully / Staff Walking Dead Brasil

Continue lendo
Publicidade
Comentários

HQ

The Walking Dead Deluxe 5: Capas e data de lançamento

Veja aqui todas as informações da versão colorida da edição 5 dos quadrinhos de The Walking Dead: data de lançamento, capas, preço e etc.

Rafael Façanha

Publicado há

em

Os quadrinhos de The Walking Dead estão sendo relançados em cores e a Skybound revelou as capas e todas as informações da Edição 5 (The Walking Dead 5), que será lançada em dezembro de 2020.

Leia de novo! A Image Comics/Skybound Entertainment irá revisitar a histórica série independente que virou o mundo do entretenimento de ponta cabeça 17 anos atrás – The Walking Dead, de Robert Kirkman e Charlie Adlard – com edições novas e completamente coloridas, trazendo o belíssimo trabalho de Dave McCaig.

A versão deluxe revisitada também trará uma vasta e memorável gama de capas variantes – por artistas como David Finch, Tony Moore, Julian Totino Tedesco e Arthur Adams – comemorando as grandes apresentações de personagens principais e as mais memoráveis reviravoltas da série. Cada edição incluirá um novo fascículo de “The Cutting Room Floor”, trazendo enredos originais de Kirkman escritos à mão juntamente com comentários sobre histórias abandonadas e pontos no enredo que podem ter mudado no caminho.

Essa apresentação definitiva da história NÃO será compilada em nenhum momento próximo no formato de volume/compendium, então os fãs e novos leitores não devem esperar para ter a experiência dessas edições completamente coloridas da popular série de terror e sobrevivência.

Veja abaixo as capas e as informações sobre a edição 5:

The Walking Dead Deluxe 5
Parte: 5 de 6 do Volume 1
Escrito por: Robert Kirkman
Arte por: Tony Moore e Dave McCaig
Capa A por: David Finch e Dave McCaig
Capa B por: Tony Moore (capa original, recolorida por Dave McCaig)
Capa C por: Charlie Adlard e Dave McCaig
Número de páginas: 32
Lançamento EUA: 16 de Dezembro de 2020
Lançamento BRASIL: sem previsão
Preço: $3,99
Texto de chamada: “Rick Grimes e companhia estão cercados por caminhantes. Quem vai morrer? Quem vai sobreviver? Quem será o próximo a se juntar aos mortos-vivos?”
Edição anterior: The Walking Dead Deluxe 4

CAPAS DA THE WALKING DEAD 5:

Continue lendo

HQ

The Walking Dead Deluxe 4: Capas e data de lançamento

Veja aqui todas as informações da versão colorida da edição 4 dos quadrinhos de The Walking Dead: data de lançamento, capas, preço e etc.

Rafael Façanha

Publicado há

em

Uma mão ensanguentada segurando uma arma encara uma horda de zumbis na capa da versão colorida da edição 4 da HQ de The Walking Dead

Os quadrinhos de The Walking Dead estão sendo relançados em cores e a Skybound revelou as capas e todas as informações da Edição 4 (The Walking Dead 4), que será lançada em dezembro de 2020.

Leia de novo! A Image Comics/Skybound Entertainment irá revisitar a histórica série independente que virou o mundo do entretenimento de ponta cabeça 17 anos atrás – The Walking Dead, de Robert Kirkman e Charlie Adlard – com edições novas e completamente coloridas, trazendo o belíssimo trabalho de Dave McCaig.

A versão deluxe revisitada também trará uma vasta e memorável gama de capas variantes – por artistas como David Finch, Tony Moore, Julian Totino Tedesco e Arthur Adams – comemorando as grandes apresentações de personagens principais e as mais memoráveis reviravoltas da série. Cada edição incluirá um novo fascículo de “The Cutting Room Floor”, trazendo enredos originais de Kirkman escritos à mão juntamente com comentários sobre histórias abandonadas e pontos no enredo que podem ter mudado no caminho.

Essa apresentação definitiva da história NÃO será compilada em nenhum momento próximo no formato de volume/compendium, então os fãs e novos leitores não devem esperar para ter a experiência dessas edições completamente coloridas da popular série de terror e sobrevivência.

Veja abaixo as capas e as informações sobre a edição 4:

The Walking Dead Deluxe 4
Parte: 4 de 6 do Volume 1
Escrito por: Robert Kirkman
Arte por: Tony Moore e Dave McCaig
Capa A por: David Finch e Dave McCaig
Capa B por: Tony Moore (capa original, recolorida por Dave McCaig)
Capa C por: Charlie Adlard e Dave McCaig
Capa D por: Arthur Adams e Dave McCaig
Número de páginas: 32
Lançamento EUA: 2 de Dezembro de 2020
Lançamento BRASIL: sem previsão
Preço: $3,99
Texto de chamada: “Rick e Glenn planejam uma ousada busca por suprimentos em uma Atlanta infestada de caminhantes. Além disso, qual é o segredo de Lori?”
Edição anterior: The Walking Dead Deluxe 3

CAPAS DA THE WALKING DEAD 4:

Continue lendo

HQ

The Walking Dead Deluxe 3: Capas e data de lançamento

Veja aqui todas as informações da versão colorida da edição 3 dos quadrinhos de The Walking Dead: data de lançamento, capas, preço e etc.

Rafael Façanha

Publicado há

em

Rick, Lori e Carl juntos e armados na capa da versão colorida da edição 3 da HQ de The Walking Dead

Os quadrinhos de The Walking Dead estão sendo relançados em cores e a Skybound revelou as capas e todas as informações da Edição 3 (The Walking Dead 3), que será lançada em novembro de 2020.

Leia de novo! A Image Comics/Skybound Entertainment irá revisitar a histórica série independente que virou o mundo do entretenimento de ponta cabeça 17 anos atrás – The Walking Dead, de Robert Kirkman e Charlie Adlard – com edições novas e completamente coloridas, trazendo o belíssimo trabalho de Dave McCaig.

A versão deluxe revisitada também trará uma vasta e memorável gama de capas variantes – por artistas como David Finch, Tony Moore, Julian Totino Tedesco e Arthur Adams – comemorando as grandes apresentações de personagens principais e as mais memoráveis reviravoltas da série. Cada edição incluirá um novo fascículo de “The Cutting Room Floor”, trazendo enredos originais de Kirkman escritos à mão juntamente com comentários sobre histórias abandonadas e pontos no enredo que podem ter mudado no caminho.

Essa apresentação definitiva da história NÃO será compilada em nenhum momento próximo no formato de volume/compendium, então os fãs e novos leitores não devem esperar para ter a experiência dessas edições completamente coloridas da popular série de terror e sobrevivência.

Veja abaixo as capas e as informações sobre a edição 3:

The Walking Dead Deluxe 3
Parte: 3 de 6 do Volume 1
Escrito por: Robert Kirkman
Arte por: Tony Moore e Dave McCaig
Capa A por: David Finch e Dave McCaig
Capa B por: Tony Moore (capa original, recolorida por Dave McCaig)
Capa C por: Charlie Adlard e Dave McCaig
Capa D por: Arthur Adams e Dave McCaig
Número de páginas: 32
Lançamento EUA: 18 de Novembro de 2020
Lançamento BRASIL: sem previsão
Preço: $3,99
Texto de chamada: “Depois de se reunir com sua família, Rick é recebido no acampamento por seus companheiros sobreviventes: Andrea, Dale e… Shane.”
Edição anterior: The Walking Dead Deluxe 2

CAPAS DA THE WALKING DEAD 3:

Continue lendo

EM ALTA