Siga-nos nas redes sociais

7ª Temporada

O que podemos esperar de Dwight em The Walking Dead? (Série de TV)

Publicado há

em

ATENÇÃO: O post a seguir contém spoilers dos quadrinhos, e possíveis revelações de eventos futuros na série de televisão. Leia por sua conta e risco. Você foi avisado.

No sexto episódio da temporada passada, “Always Accountable” (S06E06), conhecemos Dwight (Austin Amelio). Inicialmente um homem fugindo com duas mulheres do poderio dos Salvadores, ele e Daryl têm uma dinâmica interessante, que termina com Dwight roubando a moto e a besta do nosso querido protagonista e indo embora com Sherry. Ele retorna no episódio “Twice as Far” (S06E14) como um antagonista e com o rosto marcado, sendo o responsável pela morte de Denise e por intimidar Daryl e Rosita antes de ser atacado por Eugene e Abraham e forçado a recuar. O que podemos esperar desse personagem no futuro?

“Always Accountable” nos trouxe uma importante informação sobre Dwight: apesar de integrar os Salvadores, ele não concordou com o sistema de Negan e fugiu. Isso revela bastante da natureza do personagem: ele não admite plenamente com as práticas dos Salvadores. Dwight teve o rosto marcado por Negan. Teve sua mulher integrada aos Salvadores. E a sua rebeldia em relação ao seu líder torna-se crescente, por mais que tenhamos visto o contrário nos últimos episódios.

Em algum momento, Dwight vai trair Negan. Este movimento, que começa na edição 108, vai mostrar o Salvador integrando-se ao plano de ataque formulado por Rick, Jesus e Ezekiel. Inicialmente Rick é cético, e sua raiva por Dwight o impede de digerir a situação facilmente (afinal, ele foi responsável pela morte de Denise na TV e Abraham na HQ). Aos poucos, porém, percebe-se que Dwight fala a verdade, e ele diz com convicção que vai trazer a cabeça de Negan em uma bandeja.

the-walking-dead-dwight-serie-hq-analise-001

Com o desenrolar da Guerra Total, Dwight opera pelos bastidores para minar o poderio de Negan e permitir que a derrota dos Salvadores aconteça. Ele ignora ordens expressas do vilão durante o ataque de Rick ao Santuário na edição 115. Depois, no ataque de Negan à Alexandria, Dwight mata diversos dos seus próprios homens para diminuir o impacto da batalha para os alexandrinos. Ele também é o responsável por libertar Eugene do cárcere que Negan o mantinha.

A jogada mais importante de Dwight, entretanto, é no primeiro ataque de Negan a Hilltop. Na ocasião, ele está ombro a ombro com Negan e ambos avistam Rick. Negan ordena que Dwight acerte Rick com sua besta, e o homem, relutante, obedece. A esta altura do campeonato, os Salvadores utilizam gosma de zumbi em suas armas, fazendo com que qualquer ferida provocada por lâminas ou balas seja fatal. A flecha de Dwight atravessa o abdômen de Rick e Negan acredita que é questão de tempo até o policial morrer.

Felizmente, revela-se que a flecha de Dwight estava “limpa”, ou seja, sem restos de zumbi. Isso faz com que Rick sobreviva e possa confrontar um surpreso Negan. Quando Rick corta a garganta de Negan, Dwight é o responsável por pegar Lucille e declarar para todos os Salvadores que a guerra acabou e que a partir de agora eles irão seguir a sua liderança.

Nos dois anos seguintes à guerra, Dwight permanece como líder dos Salvadores e mantém uma relação razoável com as outras comunidades. Entretanto, seu relacionamento com Sherry passa por uma fase complicada e o peso da liderança faz com que Dwight renuncie a seu posto, apesar dos constantes apelos de Laura, uma Salvadora. Ele e Laura partem do Santuário e vão para Alexandria no exato momento em que há a discussão sobre o que fazer em relação aos Sussurradores.

the-walking-dead-dwight-serie-hq-analise-002

Rick, ao ver que Dwight está lá, o efetiva como chefe da Milícia contra os vilões. Dwight tenta inicialmente recusar o encargo, porém aos poucos vai se adaptando no mesmo e prova ser uma valiosa peça na guerra. Sua estratégia racional e sua tática incrível são capazes de bater de frente com o exército liderado por Beta além de sua enorme horda de zumbis. Dwight demonstra ser inteligente no campo de batalha, sabendo liderar os homens e mulheres da Milícia com maestria e servindo como um dos principais aliados de Rick nessa nova fase da HQ. Na edição 159, a genialidade e a coragem de Dwight foram mostradas mais uma vez, com ele utilizando da pele de Sussurrador para se infiltrar em meio ao grupo inimigo.

Podemos dizer que a evolução do personagem é gritante e ainda está acontecendo. De antagonista odiado, nas HQs ele se tornou um dos principais protagonistas e tomou o posto de Rick como o principal envolvido nas cenas de ação. E vocês, esperam que o Dwight da série trilhe esse mesmo caminho, apesar de toda a sua aparente vilania? Será que ele e Daryl manterão uma certa relação de inimizade e relação com o decorrer da série? Ou será que parte do arco de Dwight vai ficar com Daryl?

The Walking Dead, a história de drama mais assistida da TV a cabo, vai ao ar nas madrugadas de domingo para segunda-feira no AMC Internacional, às 00h, e no FOX Action (canal do pacote premium FOX+) e FOX Brasil, às 00h30. Confira todas as notícias sobre a sétima temporada.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA