Siga-nos nas redes sociais

7ª Temporada

The Walking Dead 7ª Temporada: Sonequa Martin-Green fala sobre a missão de Sasha de destruir Negan

Publicado há

em

Rick Grimes estará finalmente pronto para destruir Negan quando The Walking Dead retornar em 12 de fevereiro para a segunda metade da sétima temporada. Mas existe uma pessoa que nunca hesitou em seu desejo por vingança, e essa pessoa é Sasha. Vamos ser sinceros, tem sido bem difícil para Sasha na série. Seu primeiro namorado foi comido por canibais, seu irmão, Tyreese, foi morto por um zumbi mirim, e seu novo namorado, Abraham, teve sua cabeça esmagada por um lunático com um taco de beisebol.

Com sorte, esperamos que a maré de má sorte da Sasha não continue com sua própria morte – embora o fato dela ter conseguido o papel principal na nova série da CBS, Star Trek: Discovery tenha nos deixado um pouco nervosos – porque é óbvio que ela é uma mulher em uma missão. E essa missão é destruir Negan de uma vez por todas.

A Entertainment Weekly conversou com a atriz Sonequa Martin-Green para saber o que ela acha que devemos esperar da Sasha e dos sobreviventes de Alexandria enquanto seguimos em frente.

ENTERTAINMENT WEEKLY: Sasha claramente parece estar em uma missão para vingar Abraham e destruir Negan. O que você pode dizer sobre a intenção dela e suas motivações nessa segunda parte da temporada?

SONEQUA MARTIN-GREEN: Estamos todos juntos novamente, e isso é uma coisa linda. Levamos algum tempo para nos reunirmos, e todos estavam em seus próprios caminhos diferentes de auto descoberta, e também tentando entender, como vamos seguir em frente? Como nos encaixamos nesse novo mundo? Estávamos todos em nossos próprios caminhos separados fazendo isso, e acho que aquela primeira metade da temporada foi um caminho tão árduo. Foi tão difícil andar em passos largos para tentar entender esse novo mundo.

E também estou com uma mentalidade parecida com a que todos estão. Percebemos que somos conquistadores, e que chegamos aqui. Estamos juntos novamente, e essa vitória é suficiente para dar uma revigorada no nosso passo a passo, sabe? Então estou pronta para ver o que podemos fazer juntos, e eu nunca tirei meus olhos de Negan. Eu sei o que acredito que deve ser feito, e estou pronta para ver se podemos juntos criar um plano que vá funcionar.

Vocês estavam separados na primeira parte da temporada. Como foi poder trabalhar de novo com o pessoal que você não conseguiu ver muito na primeira parte?

Sonequa Martin-Green: Ah, é emocionante. É o que você quer, sabe? Você quer todos unidos, e você quer que os instintos de sobrevivência de todos entre em ação, e você quer que todos se levantem. Digo, esse é o mantra, certo? Erguer-se. É isso que você quer que todos façam diante desse inimigo que parece invencível. Então foi um dia emocionante. Foi muito divertido quando estávamos finalmente todos juntos novamente, porque não era só por estar separado de todo mundo; era o porque estávamos todos separados na história.

Foi um pouco chato de várias maneiras, e você sabe que nós tínhamos que estar lá, de toda forma. Você precisava nos ver acreditar que estávamos derrotados, e obviamente, existe aqueles que nunca acreditaram nisso, e então outros que acreditavam nisso completamente, e você precisava entender isso. Você precisava nos ver passando por aquilo, e então, sim, estávamos muito animados, e aqui estamos. Estamos juntos novamente, e estamos prestes a fazer algo sobre isso.

Episódio 9 – “Rock in the Road” – 7ª temporada de The Walking Dead

A grande questão agora, suponho, é fazer com que todas essas comunidades trabalhem juntas. Rick e o grupo talvez estejam na mesma página, mas você precisa colocar pessoas como Gregory e Ezekiel e outros na mesma página de certa forma. Então como vai ser lidar com colocar todos trabalhando juntos nisso, porque algo assim é mais fácil falar do que fazer?

Sonequa Martin-Green: Exatamente. Isso está absolutamente certo. É mais fácil falar do que fazer, e eu, como Sasha, não tenho tolerância nenhuma para quem quer que fique no caminho ou impeça nosso desenvolvimento ou nosso progresso. Então eu tenho um desdenho particular por Gregory. É como eu estava falando com Maggie, e disse, “Ele é um idiota”, e ela disse, “Não, ele na verdade é um covarde, e isso é mais perigoso.”

E então esse é alguém que não tem espinha dorsal, que age pelo medo, e esse alguém não é um jogador de equipe, não pode ser confiado, e que você não quer se ligar porque você não pode depender dele, e ele pode quebrar os times. Ele pode dificultar a missão. Então, tenho pouco respeito por ele. Na verdade, eu não tenho respeito por ele. Então isso definitivamente vai ser difícil na minha mente, para colocá-lo no barco, mesmo para entender o que estamos fazendo, e além disso, contribuir para o que estamos fazendo.

Não quero dizer que é uma missão de tolo, mas acho que, para mim, parece virtualmente impossível. E então com as outras pessoas, vai ser difícil, por que existe a política, como você disse, e existem as intenções das pessoas, e os sentimentos das pessoas, e a coragem das pessoas. Como eles vão se sentir com relação a isso? Quão dispostos eles estão para ir à batalha e se sacrificar pelo bem maior? Onde está o seu termômetro de coragem, e Gregory, na minha opinião, está no zero.

Então o que os fãs podem esperar dessa segunda parte da temporada?

Sonequa Martin-Green: Como sempre, eles podem esperar paixão e turbulência, e eles podem esperar que as coisas fiquem dolorosas. Eles podem esperar uma bomba de emoção em punho, e eu acho que isso vai até a profundidade de si mesmo e da vida e então sair dessa, é apenas uma das melhores histórias já contadas, e esses são os tipos de histórias que nos inspiram, nos emocionam e nos fazem ver o sobrevivente e o campeão em nós mesmos, e isso vai ser muito excitante.

The Walking Dead, a história de drama mais assistida da TV a cabo, vai ao ar nas madrugadas de domingo para segunda-feira no AMC Internacional, às 00h, e no FOX Action (canal do pacote premium FOX+) e FOX Brasil, às 00h30. Confira todas as notícias sobre a sétima temporada.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.


Fonte: Entertainment Weekly

Publicidade
Comentários

EM ALTA