Siga-nos nas redes sociais

6ª Temporada

Lennie James fala sobre “ligar os pontos da história de Morgan” na 6ª temporada de The Walking Dead

Publicado há

em

Talvez ele seja o maior enigma de The Walking Dead. Até o momento, houve 3 grandes episódios ao longo de cinco temporadas que enfocaram o personagem de Morgan, e cada um deles mostrou um lado diferente do homem que perdeu sua esposa e filho para o apocalipse zumbi. Então quem é Morgan agora que estamos chegando à sexta temporada do show (que estreia em 11 de Outubro)? E o que ficaremos sabendo do passado dele e que o levaram onde ele está – e a quem ele é – hoje em dia?

A Entertainment Weekly conversou com o ator Lennie James em seu trailer no set para conseguir alguma informação. Confira:

EW: Você trabalhou com Andrew Lincoln na maior parte das vezes ao longo destes anos, e um pouco aqui e ali com outros personagens em episódios onde você apareceu, mas agora, pela primeira vez, você está completamente integrado ao elenco. Como tem sido?

Lennie James: Bem, ainda está acontecendo. Eu ainda estou no meio disso. Mesmo estando onde estou agora, ainda conheço as pessoas à conta-gotas. Ainda tem muita gente com quem tenho que conversar pela primeira vez na tela. É ainda algo muito presente e algo pelo qual anseio demais.

EW: Vamos falar da grande dinâmica Rick-Morgan agora, porque quando os deixamos, ele encontrou Rick nesta situação horrenda. Então, o que aquilo significou para Morgan, e o que Morgan conclui, e o que irá significar para que ambos consigam ir adiante ao longo da sexta temporada?

Lennie James: Eu acho que o maior medo de Morgan em relação a Rick é que ele está onde Morgan costumava estar. Isso é óbvio, realmente, e ele conhece bem aquele estado mental, aquele mundo, e sabe o que isso fez a ele e o que pode potencialmente fazer a Rick, mas também às pessoas ao redor dele.

the-walking-dead-6-temporada-morgan-lennie-james-001

EW: É como explorar o momento em que você está, o que está acontecendo. E Morgan está em um momento diferente de quando o vimos pela última vez na terceira temporada.

Lennie James: Uma das coisas que realmente importam na dinâmica entre Morgan e Rick é que Rick é a última pessoa na Terra que sabe quem é Morgan. E apesar do longo relacionamento de Rick com o grupo e todas as pessoas, Morgan é o cara que o conheceu no começo de tudo. Eles tem um vínculo – gostem ou não – e eles precisam dar um jeito nisso, e é o que vai acontecer certamente na primeira parte da sexta temporada.

EW: Nós tivemos três grandes episódios de Morgan, e sempre foi um Morgan diferente a cada vez. Então, que Morgan veremos agora? Fale um pouco sobre o personagem e onde ele está neste início de sexta temporada.

Lennie James: Uma das coisas mais brilhantes em interpretá-lo é o juntar os pontos. Então, ligando o cara que estava três semanas adiante de Rick no piloto com o cara que enlouqueceu em “Clear”, na terceira temporada, juntando-os você se assegurará que não apenas se trata de descobrir quem ele é naquela situação, mas quem ele costumava ser, carregando tudo aquilo com ele. Então o que tive que fazer no final da quinta temporada foi assegurar que, apesar do fato de ele ter se transformado novamente, ele ainda é aquele cara de “Clear”, apesar de tentar não sê-lo, ele ainda é aquele cara do primeiro episódio, mas que, obviamente, seguiu adiante. Esta é a beleza de interpretar aquele personagem e ligar todas as suas fazes. Ele passou por uma transformação. É a transformação que o público irá descobrir ao longo da sexta temporada.

the-walking-dead-6-temporada-morgan-lennie-james-002

EW: O que Morgan imagina de Alexandria?

Lennie James: Em um nível, para Morgan, reconectar com Rick será realmente difícil, complicado, e a sexta temporada terá muito a respeito de como eles descobrirão um ao outro. Para mim, uma das maiores coisas a respeito de Morgan é que, desde o começo, ele sempre esteve em grupos de, no máximo, duas pessoas. Era ele com o filho e, obviamente, como os fãs do show sabem entre a terceira temporada (pelo menos) e onde estamos agora, ele passou muito tempo sozinho. É a primeira vez que ele fará parte de um grupo. Muitas coisas pelas quais o grupo passou, Morgan está passando. Além disso, ele não sabe se ele se adequará ao lugar. Pode ser uma sobrecarga de sensações, e ele já esteve em locais bem mais sombrios de sua psique, acabou saindo de lá, mas ainda não está bem seguro se estar entre estas pessoas é algo bom ou se o forçará de volta para aquele local sombrio.

EW: Alguns personagens tem estas armas que são quase suas assinaturas, como, por exemplo, Daryl e a besta. Morgan tem o bastão. Você gosta do bastão como sendo a arma de escolha de Morgan?

Lennie James: Eu amo o meu bastão. Eles jamais o tirarão de mim. Terão que arrancar das minhas mãos mortas e geladas. Eu adoro, e é uma bela arma para se ser um expert. Uma das coisas que mais gosto no meu trabalho é o aprendizado de novas habilidades, e certamente lidar com o bastão me deu um senso maior de foco e interesse, mas também é muito importante em me manter naquele homem que Morgan é hoje. E sim, é uma arma; mas, em algum grau, é a arma mais passiva que o grupo possui, o que é interessante e proposital.

EW: Deveria Morgan ter matado aqueles caras do grupo dos Wolves? Ele teve uma oportunidade de matá-los e não o fez, e parece que eles ainda são uma ameaça. Ele não os deveria ter matado, Lennie?

Lennie James: Não sou eu quem decido isso. O fato é que ele não os matou e que teremos que lidar com as consequências, se é que haverá consequências.

The Walking Dead, a história de drama mais assistida da TV a cabo, irá retornar com a sexta temporada no dia 11 de Outubro de 2015 – às 22h no AMC Internacional e às 23h na FOX Brasil. Confira o trailer oficial da temporada e fique por dentro de todas as notícias.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.


Fonte: Entertainment Weekly

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA