Siga-nos nas redes sociais

6ª Temporada

Lauren Cohan diz que Maggie se tornará mais ainda uma figura de liderança na 6ª temporada de The Walking Dead

Publicado há

 

em

Ela pode não estar na linha de frente da batalha do lado de fora dos muros de Alexandria, mas Maggie Greene está aprendendo uma das habilidades mais importantes para manter a comunidade em segurança em The Walking Dead: Ela está sendo educada em como liderar, sob a tutela de Deanna Monroe. Mas como essa liderança se desenvolverá na sexta temporada?

A Entertainment Weekly conversou com a atriz Lauren Cohan, que interpreta Maggie, para obtermos respostas sobre o assunto, bem como sobre ameaças iminentes do lado de dentro e do lado de fora das muralhas.

ENTERTAINMENT WEEKLY: Quando você tem um elenco gigante assim, obviamente haverá determinados períodos em que sua storyline será mais proeminente e outros período em que será menos assim, pois esse é o círculo natural das coisas. Tendo dito isso, eu queria ter visto mais a Maggie na temporada passada. Como é estar em uma série em que você sabe que há um elenco gigante e que haverá momentos nos quais você terá a chance de realmente se destacar e brilhar, e outros momentos nos quais você precisará desaparecer um pouquinho?

LAUREN COHAN: É, essa é uma pergunta realmente boa porque eu estava pensando sobre isso antes. Se você recuar na história e pensar, “Como Maggie mudou?”, e observar o contexto de Maggie e de Glenn, mas também olhar para os dois como pessoas individuais, as mudanças que aconteceram com ela foram tão rápidas… Eu penso que muito disso resulta de como o mundo mudou e, então, dar zoom nesses personagens e em como eles se apropriam de uma nova situação ou de um novo mundo.

Eu me sinto assim em relação a minha própria vida e em relação à Maggie. Eu me sinto extremamente diferente dessa personagem, mas sinto que nossa jornada é similar. Ela meio que fez o que queria fazer, que é proteger sua própria família. Agora, está aprendendo a existir mais em uma posição de liderança, como a personagem de Deanna. O que eu realmente gostei é que, enquanto ela está aprendendo, vocês não a veem, e, então, ela pode voltar, adquirir mais autoridade e fornecer mais orientação e mais ajuda. Você vê Rick confiando muito em Maggie nessa temporada e isso pôde acontecer porque ela pôde observar as coisas de maneira periférica. Eu acho que isso “ecoou” na forma como vemos esses personagens. Quer dizer, eu definitivamente gostaria de fazer mais, mas eu acho que nós, na verdade, aprendemos mais sobre a série se considerarmos a totalidade. Eu acho que nós aprendemos mais sobre os personagens ao vê-los no contexto da “paisagem” inteira.

Eu não sei até que ponto você acompanha a série de quadrinhos, mas, nela, Maggie acaba tendo uma posição de liderança muito proeminente, então, vê-la nesse papel que ela ocupa agora com Deanna claramente faz sentido em termos de isso conduzi-la a outro lugar, eventualmente.

Lauren Cohan: É, e isso é o que tem sido interessante para mim porque eu sinto que ela não está tentando se precipitar. Está dizendo, eu nunca vou tentar e assumir o controle quando outra pessoa pode fazer isso melhor do que eu. Ela é um daqueles observadores quietos que sempre têm as melhores intenções. Ela tem seus valores no lugar certo e, então, quando o que ela pode oferecer for uma habilidade necessária, ela dará um passo adiante.

Não me interprete mal. Às vezes, eu quero trabalhar mais, mas quando nós temos o foco em alguém… tipo, existe um episódio nessa temporada que realmente esgota você. E isso também foi o que aconteceu com o episódio em que encontramos Beth. Foi um episódio enorme, e, nos intervalos, você está se curando disso ou se preparando para o próximo round. E eu acho que isso tem muito a ver com quem Maggie é.

the-walking-dead-s06e02

Nós sabemos que haverá certa divisão em Alexandria quando a série retornar, então como as coisas ficarão em termos de todos estarem “na mesma página”?

Lauren Cohan: Quando existem pessoas mortas, eles invariavelmente querem encontrar alguém para culpar. Como Pete se tornou um grande catalisador para o que aconteceu, mas não está mais vivo, não podem culpá-lo; Rick, para todos os propósitos, é a pessoa mais louca que eles já viram. Eu acho que todos estão apavorados, tanta coisa já aconteceu, é uma loucura. O que é mais assustador para eles é que Deanna, o pilar da comunidade, não sabe o que fazer. Saber que a outra única força existente é esse homem louco deixa as pessoas preocupadas. Eu acho que o tema de tudo é: De onde essa ordem virá? Esse é todo o sentido da primeira metade da sexta temporada: essa bolha idílica ser esmagada. Então, literal e metaforicamente, para onde eles irão?

Vamos falar sobre os Lobos, porque eles claramente foram criados na última temporada como uma ameaça iminente.

Lauren Cohan: Os Lobos serão como o início do fim. Os Lobos serão incrivelmente assustadores e, em certo ponto, teremos uma quantidade limitada de pessoas fortes que podem lidar com eles. Nós vemos isso variar muito na temporada, que as pessoas que moram em Alexandria estão completamente mal equipados, e nós já vimos isso com o filho de Deanna e com os eventos da última temporada. Eles simplesmente não sabem como lidar com esse mundo, e o grupo está enfraquecido. E é exatamente nesse momento que os Lobos vêm nos atacar e realmente parece impossível proteger a cidade desses caras. Tudo decaiu. Não há confiança, e guardiões como Glenn e como Rick e as pessoas mais fortes do grupo têm muito a fazer.

Walker - The Walking Dead _ Season 6, Episode 1 - Photo Credit: Gene Page/AMC

E quanto à situação dos walkers, porque eu sei que vocês tiveram um dia com 300 walkers no primeiro episódio. Quando eu estava no set, havia 140 deles. Então o que você pode dizer sobre a dimensão e a quantidade desses walkers com os quais vocês lidarão?

Lauren Cohan: Sabe, o que eu gosto em relação a isso é que, às vezes, há muito foco nesse grupo, na dinâmica do grupo ou mesmo nas ameaças humanas ou o que quer que seja, e os primeiros episódios, novamente, nos dão o escopo de como que o resto do mundo se parece. Quando você acha que lidar com isso vai te manter a salvo por um segundo, você não tinha imaginado que poderiam vir do Leste ou das montanhas. Existe essa coisa enorme que você nunca tinha imaginado e que vai ameaçar você. Então nós definitivamente prestamos mais atenção sobre o quão extraordinária a luta é. É como uma perspectiva repentina, como se você estivesse tentando manter um pequeno buraco em segurança, mas existe um rato maior do que você imaginava se escondendo lá.

Você sabe que eu sempre preciso entender o status de relacionamento de vocês porque Maggie e Glenn têm sido uma constante. Como estão as coisas entre esses dois na sexta temporada?

Lauren Cohan: Sabe, está realmente ótimo e eu sinto que estamos aprendendo muito sobre o relacionamento de Maggie e de Glenn por não os ver muito juntos. Mas você os vê fazendo coisas um em homenagem ao outro. Você vê buscas nas quais Glenn têm que ir e buscas nas quais Maggie têm que ir e, para mim, é assim que o casamento deveria ser. É como viver para o bem da outra pessoa. Nós definitivamente temos momentos muito, muito bons nessa temporada e eles estão evoluindo. Foi uma jornada tão louca.

Eu vi um episódio antigo outro dia e pensei, “Meu Deus, ele era um entregador de pizza!” Maggie e Glenn estão em um lugar ótimo e o amor não é algo fácil. É decidir ser forte para aquela pessoa porque as coisas estão muito, muito difíceis e eu acho que é nisso que Maggie e Glenn estão melhorando. Eu gosto de expressar isso no mundo, de expressar isso com esse casal. É animador. Há muita doçura e muitos desafios assustadores de verdade – não para os dois enquanto casal, mas para os dois enquanto indivíduos. Essa é a minha temporada preferida até agora. E eu já disse isso antes, mas essa é a minha temporada preferida até agora.

The Walking Dead, a história de drama mais assistida da TV a cabo, irá retornar com a sexta temporada no dia 11 de Outubro de 2015 – às 22h no AMC Internacional e às 23h na FOX Brasil. Confira o trailer oficial da temporada e fique por dentro de todas as notícias.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.


Fonte: Entertainment Weekly

Publicidade
Comentários

EM ALTA