Siga-nos nas redes sociais

2ª Temporada

Steven Yeun Revela Ter Medo de Fantasmas

Publicado há

em

“Fantasmas sempre me assustam”, revela Steven Yeun (Glenn). “Freddy Krueger, Jason, não me assustam nem um pouco. Se é algo tangível que eu posso dar um soco na cara eu não tenho medo. Mas fantasmas! Eu tenho pavor. Eles surgem das paredes, dos espelhos, eu odeio isso!” Em entrevista ao Miami Herald, Steven fala um pouco da grandiosidade da série, sobre o elenco e muito mais. Confira:

Yeun, que estará na cidade [Miami] sábado para o Seminole Casino Coconut Creek’s Zombie Apocalypse Weekend, interpreta o entregador de pizza Glenn no sucesso surpreendente para AMC (atraiu 6 milhões de espectadores no final da primeira temporada, comparada com os 2,4 milhões de Mad Men). A primeira temporada teve apenas seis episódios, esse ano terá 13 – sem o criador e produtor executivo Frank Darabont.

Há boas notícias para Yeun, no entanto: Glenn terá um romance nesta temporada. “Você começa com um cara, e você o vê evoluir,” diz Yeun, “como ver a grama crescer no meio do cascalho.”

Você ficou surpreso com o sucesso da série?

Quando estavamos no set na última temporada, nós todos meio que sabíamos que ia ser um bom seriado. Mas o modo como foi recebido nunca passou pelas nossas cabeças. Foi loucura! E isso faz com essa temporada seja muito mais difícil. É assustador, nós temos que fazer jus a isso.

Você e os outros membros do elenco se preocupam em serem mortos?

É sempre uma possibilidade…. Nós somos um elenco muito unido. Nos tornamos muito bons amigos, e amamos tudo o que fazemos. É uma série difícil de fazer também. Nós ficamos num calor muito forte. Estamos lá fora, sem palcos. Todo aquele suor que vocês vêem é um suor real. O que nos faz querer trabalhar é o elenco e a equipe. Se alguém é levado embora, é difícil, mas estamos lidando com isso até agora.

Você é fã de filmes de zumbi?

Eu realmente gostei de ‘Shaun of the Dead’, mas eu não posso falar que sou fã de filmes de zumbis. Eu não sou um grande fã de terror. Apenas me da nojo. Mas o que é legal da nossa série é que não é só sobre zumbis. Os zumbis são o pano de fundo para essa situação humana em que você luta para ver em quem você pode confiar. E isso é interessante interpretar.

Para você, como o Glenn sobreviveu até agora?

Até esse ponto, com alguma sorte e um pouco de conhecimento. Ninguém quer morrer, mas você pode estar na extremidade inferior do espectro em termos de quão ruim é a morte para você. Glenn flerta com essa extremidade. Antes disso não tinha muita coisa acontecendo com ele, mas ele vê esse apocalipse como uma forma dele se afirmar e deixar sua marca no mundo.

Você estava em um dos melhores e mais sangrentos momentos da série: quando Gleen e o xerife [Andrew Lincoln] tiveram que se cobrir com sangue e tripas para passar pela horda de zumbis. Como foi aquilo?

Eu não acho que a gente compreendeu de verdade o que ia acontecer. Eles nos vestiram com capas de chuva, trouxeram baldes e começaram a passar toda essa porcaria na gente. Foi tão nojento. Mas foi uma das minhas cenas favoritas para gravar, tal a dimensão de tudo… Tínhamos 200 figurantes como zumbis, máquinas de chuva, uma seção inteira de Atlanta paralisada, e nós estávamos correndo e pulando cercas na chuva. Foi incrível.


Fonte: Miami Herald
Tradução: Lilian Dias / Staff WalkingDeadBr

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA