Siga-nos nas redes sociais

Entrevista

Steven Yeun fala sobre cenas deletadas e provoca sobre a quarta temporada

Publicado há

em

Steven Yeun (Glenn) está numa pausa das filmagens da quarta temporada de The Walking Dead, mas ele não consegue ir muito longe sem que seja questionado sobre o motivo de não estar dando duro na frente das câmeras.

“Sabe, me perguntam isso o tempo todo”, ele comentou e riu, enquanto falava com o Access Hollywood para promover o lançamento da terceira temporada de The Walking Dead, em Blu-Ray e DVD. “Se eu apareço numa cafeteria, as pessoas falam ‘O que você está fazendo aqui?’, ‘Porque você está aqui?’, ‘Você devia estar trabalhando na minha série!’”.

“Voltarei à locação muito em breve”, ele adiciona.

The Walking Dead retornará, com sua quarta temporada, em 13 de Outubro, mas enquanto isso, os fãs viciados no emocionante drama cheio de zumbis podem se deliciar com todos os extras especiais da terceira temporada. Durante a pausa já mencionada, o Access teve uma alegre e despreocupada conversa com Steven (que interpreta Glenn) sobre o lançamento, incluindo seus comentários sobre qual das cenas deletadas de seus colegas ele desejava que estivesse na série e porque ele tem uma aversão pessoal ao Halloween.

E, apesar de o elenco ter recebido ordens de ficar com o bico fechado sobre a quarta temporada (algo que a Access descobriu esse ano na Comic-Con), Steven nos provocou um pouco sobre o que está por vir.

AccessHollywood.com: A terceira temporada foi uma grande temporada – você levou pra casa alguma coisa legal do set?

Steven Yeun: Eu não roubo… Eu levo quase todas as cuecas do set. Eles nos dão roupas de baixo bem legais e boas, então você acaba tendo um motivo pra levar pra casa todo dia e, de repente, você tem 20 cuecas muito bacanas.

Access: Eles compram cuecas pra vocês. Isso não é algo que eu esperava encontrar no orçamento de “The Walking Dead”.

Steven: É muito quente onde filmamos, então não dá pra sair por ai vestido no que você estava quando chegou.

Access: No Blu-Ray/DVD da terceira temporada há algumas cenas deletadas, como uma bem longa com Lennie James (Morgan), do episódio “Clear”, e uma outra com você e Andrew Lincoln. Vocês sabem quando algo será cortado da edição final?

Steven: Eu acho que a parte mais difícil da nossa série é filtrar o humor… Da última vez tivemos muita dificuldade com isso, considerando que a cada segundo algo acontecia. E manter o humor “linha dura” era difícil, muito complicado, porque desviar a atenção assim te tira um pouco do tom. Mas há algumas cenas ali… A cena de Carol e Merle (que foi deletada) é tão maravilhosa e eu queria muito que ela ficasse, porque Melissa McBride arrasou naquela. Quando ela diz “Vou cortar sua garganta” no final, você fica tipo “Oh, meu Deus!”. É boa demais. Eu adoro essa cena.

Access: Como é trabalhar com Melissa? O desenvolvimento de seu personagem, Carol, tem sido uma coisa interessante de se assistir.

Steven: Apenas esperem. Sabe, Melissa definitivamente não tem recebido o que merece e o que pode fazer e a hora de isso acontecer chegará – pessoal, acho que essa próxima temporada estará aberta a balançar o mundo e a realmente mergulhar nos personagens que você ainda não conhece de verdade. E durante as últimas três temporadas, trabalhar com Melissa… ela é um dos meus seres humanos favoritos no mundo. Ela é a melhor… e assistí-la atuando é insano, porque a única coisa na qual eu consigo pensar é “porque eu não consigo fazer nada nem parecido com o que ela está fazendo?” e sobre como eu ainda estou na série.

Access: Ela me disse, quando conversamos durante a terceira temporada, que Norman Reedus autografou bananas uma vez. Um dia, antes de sair do set, ele foi até uma loja da Craft e autografou bananas. Vocês todos fazem coisas esquisitas assim ou é uma caracterísitca do Norman?

Steven: Acho que é do Norman. Acho que ele é o único na série que autografaria uma banana e isso faria com que as pessoas brigassem por aquela banana.

Access: Parece que Daryl chamou muito a atenção das moças na terceira temporada. Como era estar perto do Norman com essa atenção toda que ele estava recebendo? 

Steven: Ele é demais. Daryl é Daryl e Norman é Norman, e as pessoas, de alguma forma, misturam os dois. Norman é um cara maravilhoso e um ator fantástico. Ele não fica sentado dizendo “Ah, sim. Tenho muitas garotas me querendo”. Ele é um cara muito legal e também muito realista, e se mulheres estão fechando o cerco em volta dele, ele vai aguentar o tranco. Ele é um cara realmente tranquilo. É incrível ver tudo pelo o que ele passa, porque as vezes eu fico feliz de isso não acontecer comigo, mas as vezes também fico com uma inveja extrema.

Access: Então, quarta temporada – por quantos jantares de aniversário você já passou durante as filmagens?

Steven: Ah, boa! Eu não posso responder essa (risos).

Access: O Halloween não está tão longe. É estranho estar no set de “The Walking Dead” nesse dia?

Steven: É bastante divertido, na verdade. Todo mundo se veste como um membro da equipe, então é bem legal… Às vezes todos nos vestimos como Mike Satrazemis, o diretor de fotografia, exatamente como ele se veste, então a gente pegava as roupas dele ou nos vestíamos como diretores ou como um personagem. E um fala merda pro outro. É divertido.

Access: Você já se vestiu de quem?

Steven: Eu não me fantasio porque eu normalmente preciso trabalhar.

Access: Você não pode chegar de fantasia no set e depois colocar as roupas de Glenn?

Steven: Eu sou chato porque na verdade eu nem gosto do Halloween. Isso é bobeira? Eu passei por umas experiências assustadoras quando era criança e, desde então, eu não gosto de Halloween.

Access: Mas você faz “The Walking Dead”.

Steven: Ah, mas não tem nada a ver com o terror, tem a ver com todo aquele doce.

Access: Não me diga que alguém colocou algo ruim dentro de seu saquinho de gostosuras ou travessuras?

Steven: Não, quando eu era criança, uma vez, eu estava vestido de dinossauro, uma roupa muito legal, e eu peguei no sono e ninguém me acordou e todos foram pedir gostosuras ou travessuras sem mim e eu surtei.

Access: Isso é muito triste. Ok, Steven, finalmente – você tem a oportunidade de trabalhar com o mestre da meleca e das coisas nojentas em “The Walking Dead” – o produtor executivo Greg Nicotero. O que você aprendeu com ele?

Steven: Observá-lo desempenhando sua especialidade é bem incrível e você o deixa trabalhar e também acaba percebendo o quanto ele improvisa. Não é tipo “isso é algo que aprendi em 86”, “essa é uma técnica que eu conheço, chamada a técnica do homem de camadas”. Não funciona assim. Ele simplesmente fala “essa parte precisa de mais meleca, então vou colocar mais meleca aqui e aquela parte precisa de menos meleca, então vou tirar um pouco dali”. Ele sente a coisa, e é intuitivo, mas o que Greg me ensinou de verdade tem muito a ver com direção. Ele é, de longe, um dos meus diretores favoritos do programa. Ele é ótimo e ele sabe exatamente como conseguir o que precisa dos atores de uma ótima maneira e ele comanda o set de uma maneira maravilhosa também. Então, para mim, acho que eu estive meio que na cola dele para aprender sobre seu estilo de direção. Ele é mais do que um mago da meleca, ele é simplesmente um mago. Eu acho que ele pode ser um mago.

The Walking Dead, a história de drama mais assistida da TV a cabo, irá retornar com dezesseis episódios na quarta temporada, em 13 de Outubro de 2013 na AMC e 15 de Outubro de 2013 na FOX Brasil. Confira o trailer oficial da temporada e uma análise detalhada dele.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Brno facebook para mais informações sobre a quarta temporada.


Fonte: Access Hollywood
Tradução: @Vicky_CR / Staff Walking Dead Brasil

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA