Siga-nos nas redes sociais

2ª Temporada

Review da Série – 2×13 – Beside The Dying Fire

Publicado há

 

em

Chegamos ao final desta ótima segunda temporada de The Walking Dead com o décimo terceiro episódio Beside The Dying Fire. Com muitos acertos e alguns erros, é possível afirmar que os produtores encontraram finalmente o tom da série, balanceando muito bem a ação com o drama daqueles sobreviventes, chegamos ao alto nível prometido desde que sua produção fora anunciada. Acompanhe nas próximas linhas a Review do episódio que será transmitido amanhã às 22h na FOX e foi ao ar ontem no canal Americano AMC.

Rick Grimes nunca desejou ser líder de grupo algum, pelo contrário, sua intenção sempre foi encontrar sua família e mantê-los a salvo. Porém o destino tratou de colocar um grupo de sobreviventes em seu caminho, grupo até então liderado por seu ex-parceiro e melhor amigo Shane Walsh. Shane acreditava piamente na morte de Rick e desta forma se envolveu com Lori, sua esposa, e passou a amar Carl como se fosse seu próprio filho. Eis que Rick ao retornar, toma de volta sua família, ganha a admiração e respeito daquelas pessoas e suas opiniões passaram a ser mais bem quistas que as de seu amigo. Aos poucos Rick foi se transformando no líder daqueles sobreviventes, um líder altruísta que por muitas vezes deixava até mesmo sua família de lado pelo bem do grupo, nunca perdendo as esperanças e sempre tentando fazer a coisa certa. Porém foi esta maneira humanista de se portar que acabou se tornando seu Calcanhar de Aquiles, afinal mesmo que de maneira contraditória, Shane conseguia, de certa maneira, salvar a todos no grupo e sempre tentava mostrar à Lori que era o homem ideal para proteger a ela e a seu filho.

As decisões de Rick passaram a ser questionadas, e por mais que utilizasse todos os seus recursos, o policial não conseguia cumprir suas promessas e Shane sempre estava lá para apontar seus erros. Porém com a revelação de que Sophia sempre esteve no celeiro, Rick finalmente toma uma atitude a frente do grupo ao matá-la fazendo uso da liderança que caiu de pára-quedas em seu colo. Uma responsabilidade que ele nunca pediu para ter,  mas que mesmo assim, ainda teria que disputá-la com o ex-parceiro.

O confronto se adensa quando Randall é preso, vendo o problema de forma diametralmente oposta Rick e Shane acabam atingindo o ápice de seu embate ao digladiarem-se fisicamente.  É desta maneira que Rick pensa ter colocado o ex-parceiro em seu lugar. E com a morte de Dale, a voz da razão do grupo, o policial decide abraçar seu lado humano e não se deixar levar pela urgência. Mas o que Rick não esperava é que a própria esposa ao agradecer Shane, numa clara despedida, e finalmente botando um fim em sua própria batalha interna, fosse fazer com que, em um ato desesperado, o ex-parceiro lançasse mão de sua última tentativa de tomar o que era dele.

Eis que acontece o embate final entre os outrora parceiros. Rick se torna o nêmesis de Shane, e ao matar o melhor amigo acaba por tomar para si características do outro.

Clique para ver imagem em tamanho real

Eis que começa o season finale e antes que Rick pudesse voltar para o seu grupo, uma gigantesca horda de walkers (orgasmática a cena inicial pré-crédito explicando para os noobs -sorry guys!- como se forma uma manada) toma de assalto a propriedade de Hershel, os sobreviventes se unem no objetivo comum de tentar proteger a Fazenda, mas o número de desmortos é muito maior do que eles poderiam supor.

Com ótimas cenas de ação, este primeiro ato de Beside The Dying Fire foi maravilhosamente angustiante e assustador, com muito gore e, claro, as idiotices que as pessoas sempre fazem nos longas de zumbi (ok, vamos incendiar o celeiro e SUBIR AS ESCADAS!). As perdas são inevitáveis (mas finalmente deram cabo de alguns personagens que tinham tanta utilidade quanto as cercas da fazenda) e o grupo acaba por se dividir em várias sequelas. Erros são cometidos e pessoas são deixadas para trás.

Ao fugir, Rick se direciona para o local onde o grupo mantinha viva a fé e esperança de encontrar Sophia viva, o policial estava certo de que aquele seria o porto-seguro (não tão seguro assim) daqueles sobreviventes e mesmo com a insistência de Hershel para que Rick levasse Carl para um local seguro, a voz do líder já não iria esmorecer. E é assim que ele decide permanecer ali e por fim acaba tendo sua fé recompensada com a união de todos.

Nem todos… afinal temos Andrea sozinha na floresta e servindo como base para a adição de uma das personagens mais queridas dos fãs da HQ! Eu mesmo voltei a cena umas 10 vezes para ver todos os detalhes! <3

Clique para ver imagem em tamanho real

Quando o grupo é obrigado a parar por falta de combustível, Rick tem suas decisões colocadas em cheque pelo grupo por esconder deles uma informação crucial e ao levar um passa-fora de Lori ao contar a verdade acerca da morte de Shane, o policial  mostra que já não é o mesmo. Chegando ao fim do grande arco deste temporada, Rick se mostra decidido a manter aquelas pessoas vivas, desta maneira acaba por finalmente abraçar a liderança e antes que alguém colocasse à prova sua resoluções, Rick deixa claro quem é que manda no puteiro:

“Estou mantendo este grupo unido, vivo!

Fiz isso o tempo todo, a qualquer preço.

Não pedi por isso! Matei meu melhor amigo

por vocês, pelo amor de Deus!

Vocês viram como ele era,

como me pressionava…

Como nos comprometia.

Como nos ameaçava.

Ele encenou a fuga de Randall.

Levou-me para me matar.

Não me deixou escolha!

Ele era meu amigo,

mas veio atrás de mim…

Minhas mãos estão limpas.

Talvez se saiam melhor sem mim.

Vão em frente.

Eu disse que há outro lugar,

mas talvez seja só outro sonho.

Talvez eu esteja me enganando de novo.

Por que não vão descobrir por conta própria?

Mandem-me um cartão postal!

Vão em frente, a porta está ali.

Podem fazer melhor?

Vamos ver até onde chegam.

Ninguém? Certo.

Mas vamos deixar algo claro:

Vocês quiseram ficar.

Isso não é mais uma democracia.”

E o grupo finalmente encontra seu líder, e o que virá pela frente será a grande prova de sua resiliência.

E que venha a prisão!

Ps.: Agora temos que esperar seis meses para a  terceira temporada. E ela PROMETE, hein?

Átila Rithiery aka @tiul

Publicidade
Comentários

EM ALTA