Siga-nos nas redes sociais

2ª Temporada

Norman Reedus Fala Sobre as Habilidades de Sua Crossbow

Publicado há

em

Norman Reedus, que interpreta Daryl Dixon em The Walking Dead, fala sobre o colar de orelhas de Daryl e porque é impossível não parecer legal com uma Crossbow (besta).

Contém Spoilers do Episódio 2×05 – “Chupacabra” -Se você ainda não assistiu, não continue!

Q: “Chupacabra” é um episódio bem intenso.

A: É como encontro de Deliverance com Motorhead.

Q: Nesse episódio Daryl tem um colar de orelhas. Você ficou satisfeito com o colar?

A: É um colar de orelhas, cara! Cortar as orelhas fora é apenas Daryl ficando nervoso e fazendo o que ele tem que fazer pra sobreviver. Eu amo que ele ainda seja desse jeito.

Q: Ano passado você nos disse que seu desafio era fazer um racista agradável. Agora seu personagem é um favorito dos fãs. Você gostou da mudança?

A: Eu tentei fazê-lo mais como um personagem com várias camadas – alguém que pode estar a ponto de chorar e então tentar te esfaquear. Ele é meio como um pequeno coiote que não sabe onde está e pessoas estão tentando alcançá-lo e acariciá-lo e aí ele se recupera rapidamente.

Q: Ano passado você nos disse que nunca tinha usado uma “besta” antes. Você deve estar bem confortável com aquela coisa agora.

A: [Risos] Eu agora sei muito sobre assuntos relacionados com a besta, mas ainda estou descobrindo novas formas de usá-la o tempo todo. Agora eu consigo jogá-la nas minhas costas ou usá-la para usar de suporte para uma espingarda. Eu fiquei bom também em correr e atirar. Minha última realização é que eu consigo pular num cavalo, prender as rédeas no chifre da sela, rodar a besta ao redor das minhas costas, carregá-la e atirar ao mesmo tempo em que ando no cavalo. Não tem como você não parecer legal com uma besta.

Q: Os atores dos zumbis devem se encolher quando tem uma cena com você.

A: Você tem que atirar sem munição no set – e é com outra besta, para deixar a tensão sair. Se for para matar um zumbi de curto alcance, como naquele episódio onde eu rolo nas minhas costas e atiro no zumbi que está em cima de mim, é com aquela besta que parece de brinquedo.

Q: Daryl é um cara que cuida da própria sobrevivência e do tipo de cara que prefere a vida ao ar livre. Você é assim?

A: [Risos] Eu já acampei e tal, mas se você me largar na floresta eu provavelmente iria me encolher e chorar até alguém me achar. Eu tenho que dizer que viver em Georgia enquanto estávamos gravando The Walking Dead – eu amo o interior. Eu tenho andado com minha moto no meu tempo livre, sem ver ninguém por horas. Eu amo aqui.

Q: Você descobriu algum segredo escondido nas suas viagens por Georgia?

A: Eu também tenho uma pick up – uma Ford F150 1979 com rodas grandes nela – e o que eu descobri é que se você dirige uma pick up no interior os outros motoristas de pick up’s acenam para você. Eu amo a educação por aqui.

Q: Você encheu o saco da Laurie Holden por ela ter atirado em Daryl?

A: Sim, nós rimos muito disso. Eu falava “Laurie, não acredito que você fez isso!” E ela “Eu fiquei muito triste, eu juro!” Ela se tornou uma grande amiga minha. Todos nós nos tornamos muito unidos na série.


Fonte: AMC
Tradução: Lilian Woytko / Staff WalkingDeadBr

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA