Siga-nos nas redes sociais

Entrevista

Michael Rooker fala sobre seu personagem Merle Dixon, que estará de volta durante a terceira temporada de The Walking Dead

Publicado há

em

A primeira aparição de Merle Dixon (Michael Rooker) foi durante a temporada de The Walking Dead. Os fãs instantaneamente amaram o personagem, por seu comportamento explícito e implacável.

A última vez que vimos Merle foi – também – durante a primeira temporada, algemado no telhado de um prédio em Atlanta. Entretanto, todos nós sabemos que ele escapou decepando sua mão e de alguma forma, acabou trilhando seu caminho para Woodbury.

O ator Michael Rooker, responsável por trazer esse personagem à vida, tirou um tempinho de sua agenda lotada para responder algumas questões sobre o drama zumbi.

Comic Book Movie : Inicialmente, o que te atraiu para o papel de Merle Dixon?

Michael Rooker: O papel de Merle Dixon e entrar em The Walking Dead é um karma pra mim. Por muitas décadas tive a chance de trabalhar com Frank Darabont e não deu certo… E eu precisava fazer alguma coisa pra ele por um tempo. Merle começou com um episódio e eles simplesmente não tinham orçamento para o personagem. E então se transformou em algo maravilhoso… Um papel desafiador que tenho a honra de fazer.

CBM: Após filmar a primeira temporada, você teve alguma pista sobre o destino de Merle?

MR: Honestamente? Não. Eu não tive nenhuma pista… e eu ainda estou tentando descobrir. [risos]

CBM: The Walking Dead vem mudando a sua visão sobre a mídia zumbi como um todo?

MR: Eu não acho. Eu acredito que zumbis sempre foram muito populares em filmes e livros… E mais ainda depois de “A Noite dos Mortos Vivos”, essa “coisa” zumbi sempre foi presente. É claro que a internet aumentou esse efeito, conectando fãs entre continentes.

CBM: Merle Dixon está definido para estrelar ao lado de Daryl em Activision, o jogo de The Walking Dead. Você está envolvido no projeto?

MR: Sim, planejo ser parte do jogo.

CBM: Merle foi um personagem original para o programa de TV. Como você vai fazer pra que ele se torne próprio?

MR: Esse personagem é meu. Quero dizer, o material é maravilhoso e fui capaz de simplesmente dar meu toque sutil e deixar o personagem crescer a partir daí. Sou muito sortudo de trabalhar com um ótimo material, atores e produção… E eu acho que, como resultado, esse é o melhor trabalho que fiz em minha carreira.

CBM: Você acha que Merle Dixon poderia se encaixar no universo em quadrinhos de The Walking Dead?

MR: Claro que sim! [pausa] Mas, uhhh, você tem que fala isso com o [Robert] Kirkman.

CBM: A última vez que vimos Merle, ele era uma figura da imaginação de Daryl. Na terceira temporada, Merle será diferente daquele “fantasma”?

MR: Delírio ou não, Merle definitivamente deixará que seus sentimentos sejam conhecidos. [risos]

CBM: Como é sua relação com o resto do elenco?

MR: É um maravilhoso grupo de atores que são ótimas pessoas… Especialmente meu irmãozinho Daryl. [pausa] Quero dizer, Norman [Reedus].

CBM: Merle tem uma natureza muito explícita. Tem alguma coisa que te deixou desconfortável?

MR: Não… Se sentir desconfortável é algo bom para um ator. Como pessoa, não posso me influenciar por tudo o que faço como personagem. E Merle é, definitivamente, um personagem.

CBM: Existe algum personagem da Marvel ou da DC Comics que você acha que possa ser ou dar voz?

MR: Todos eles. [risos]

CBM: Obrigado por nos dar um tempinho em sua agenda lotada pra responder essas questões!

MR: Obrigado pelas questões, cara! Agradeço o apoio!

O que mais você está ansioso na terceira temporada de The Walking Dead? Aproveite e confira as fotos incríveis da terceira temporada de que acabaram de sair!


Fonte: Comic Book Movie
Tradução: @julimaa_ / Staff WalkingDeadBr

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA