Siga-nos nas redes sociais

Entrevista

Kirkman fala com o IGN sobre a série, os quadrinhos e Merle

Publicado há

em

Mais uma entrevista de Robert Kirkman. Dessa vez, o portal IGN entrevistou o autor do seriado, que falou sobre Merle, O Governador e as diferenças entre a série e a história em quadrinhos. ATENÇÃO: Contém spoilers. A seguir, a matéria completa.

IGN fala com Robert Kirkman sobre algumas tramas surpreendentes de Wildfire. E mais, Merle pode acabar se tornando O Governador?

Bem, isso foi inesperado. Não o fato da serie de TV The Walking Dead, da AMC, estar frequentemente se desviando dos quadrinhos nos quais se baseou, mas, no último episódio, Wildfire, não só vimos Shane viver, não tendo sido morto antes de todo mundo deixar o acampamento, mas também vimos Rick e companhia desviando-se para procurar refúgio no próprio Centro de Controle de Doenças de Atlanta, onde um cientista chamado Jenner (Noah Emmerich) pareceu estar trabalhando em uma cura para o surto no estilo de Eu Sou a Lenda.

Enquanto esse novo enredo sobre o CDC parece ser uma graça divina enviada a Rick, Carl e Lori, podemos estar assistindo a uma nova visão sobre a história do condomínio fechado dos quadrinhos? Onde o grupo acha um local que eles descobrem tão rápido que é tão bom pra ser verdade? E nada de Merle Dixon, o que significa que ele está lá fora e que há uma boa chance de que ele continuará por aí até a segunda temporada. O IGN teve a chance de falar com o criador da série de livros em quadrinho e produtor executivo do programa de TV, Robert Kirkman, sobre esses novos desenvolvimentos e sobre se Merle pode ou não acabar tomando o lugar do famoso e sádico Governador de Woodbury.

IGN: Mais uma vez, como em Vatos, este episódio, Wildfire, pareceu ser um misto do velho com o novo. O acampamento pareceu familiar para quem tem lido os quadrinhos, mas essa nova trama do CDC nos pegou de surpresa.

Robert Kirkman: É, isso é uma coisa divertida. Eu defini os quadrinhos se passando em Atlanta por razões bastante arbitrárias. Só por que, a nível regional, é a maior e mais próxima cidade donde eu comecei com os personagens, e eu pensei que seria uma zona boa e segura para eles irem; essa é a razão por que os quadrinhos se passam lá. Mas Frank Darabont (produtor executivo), quando foi trazido para fazer o programa, pensou em umas razões muito interessantes das quais eu não estava plenamente consciente, e esse é o motivo pelo qual o CDC é em Atlanta, Georgia. Eu não tinha ideia. E ele disse “você sabe que, se o CDC for lá, será algo que pode ser muito útil para o programa e que nós provavelmente devemos explorar”. E então, uma das grandes coisas que ele trouxe para o programa é a história sobre o CDC que começa no fim de Wildfire e continua no episódio 6. Então, sim, há definitivamente algumas coisas interessantes acontecendo lá. Fiquem ligados. Eu não sei quantas informações de verdade nós vamos descobrir sobre o que causou o surto de zumbis, mas, quem sabe? O programa pode te surpreender.

IGN: Olhando o quadro de mensagens durante a exibição do episódio 3, eu percebi que havia algumas poucas pessoas, que obviamente não têm lido os quadrinhos, declarando que elas não podem esperar para descobrir o que causou o surto do vírus. Se eles lessem a HQ, então saberiam que isso não é algo que tem uma abordagem direta. Porém, já em Wildfire, podemos ver isso. O motivo disso é por que é um programa de televisão, e telespectadores precisam de repostas mais rápidas?

Kirkman: Não levamos isso em consideração. Foi só uma boa ideia de história. E digo que, muito mais cedo que nos quadrinhos, tenho os mesmos pedidos de resposta, e isso é algo que você só tem que “por pra fora” da cabeça dos fãs enquanto você avança. Você só tem que prepará-los para saber o que é importante e o que não é. Para mim, a origem específica de onde os zumbis vieram nunca foi algo que importasse. E eu acho que os fãs dos quadrinhos, agora, estão entendendo isso porque eles veem onde eu quis chegar com a HQ e o que eu fiz. Acho que os fãs do programa de TV provavelmente vão cair nessa linha de pensamento ao decorrer do progresso da série. A menos que revelemos tudo sobre o que causou os zumbis no episódio 6.

IGN: Outra grande surpresa para os fãs dos quadrinhos foi o Shane continuar vivo. Haverá mais personagens que morreram nos livros, mas que não morrerão no seriado?

Kirkman: Oh, com certeza. Como você pode ver em Wildfire, Shane é um exemplo perfeito disso. Nesse ponto, nos quadrinhos, quando eles deixam o acampamento, Shane está morto. E agora eles já deixaram o acampamento no programa de TV e Shane ainda está vivo. Então continua a dúvida de quanto tempo Shane realmente ainda vai continuar vivo na série, sendo que o personagem já deixou a vida na HQ. Eu acho que isso é realmente legal. Enquanto o programa vai progredindo também, haverá personagens que morrerão mais cedo que nos quadrinhos, e haverá personagens que viverão mais tempo. Todas as mortes não estarão exatamente dispostas como estão nos quadrinhos. As coisas serão diferentes. E eu acho que essas diferenças servirão para fazer o programa muito interessante e atraente, e terá desenrolares e mudanças tão inesperadas quanto a HQ. E isso é algo que tem sido importante para mim desde o começo.

IGN: Agora, Merle já desapareceu, de forma que ele está por aí e já perdeu uma mão. Estamos todos assumindo que ele está voltando e que vai causar problemas muito grandes ao Rick. O Governador, dos quadrinhos, é um personagem que pode ser facilmente transferido para o programa de TV, ou ele terá que ser mudado um pouco e ter um novo brilho, como se Merle resultasse, mais adiante, em ser O Governador?

Kirkman: Certamente há uma possibilidade disso, mas acho que as pessoas podem estar pensando demais sobre esse assunto. Eu tive fãs que, depois de assistirem ao terceiro episódio, mandaram-me e-mails ou me falaram, online, em uma caixa de texto sobre como eles pensam que Merle será O Governador do programa de televisão. Tudo que eu diria é que eu não acho que o público será capaz de descobrir isso mais cedo. Temos fatos interessantes no estoque sobre Merle que provavelmente irão surpreender vocês. E O Governador, dos quadrinhos, é um personagem de que o Frank realmente gosta e está certo que quer tê-lo na série. Então, nós não iremos produzi-lo no programa de um jeito fundamental diferente dos quadrinhos.

Fonte: IGN UK

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA