Siga-nos nas redes sociais

Curiosidades

Fã morde Norman Reedus durante a Walker Stalker Con NY/NJ

Publicado há

em

É inacreditável como, de tempos em tempos, surge algum fato que nos faz pensar se já não está na hora daquele meteoro vir visitar a Terra. No mundo dos fandoms, infelizmente, comportamentos vergonhosos tem se tornado comuns, e o que aconteceu no final de semana durante a Walker Stalker Con de Nova York e New Jersey apenas adiciona mais um capítulo embaraçoso à fama dos fãs de The Walking Dead.

Depois de ter sua casa invadida, ser perseguido por fãs na estrada, entre outras proezas, Norman Reedus foi fisicamente agredido durante o final de semana, durante a sessão de fotos. A usuária do Twitter/Instagram @HarleyGurl68, logo após fazer sua foto, atacou o ator e mordeu-o no braço, para surpresa de todos os presentes, incluindo o ator Michael Rooker, com quem Reedus dividia a foto no momento da agressão.

Os seguranças foram rapidamente acionados, e não apenas a fã foi removida do local mas também acabou sendo banida da convenção e de todas as demais Walker Stalker Cons que forem realizadas. A sessão foi interrompida para que o ator recebesse atenção médica, retornando logo após à mesa de autógrafos.

A reação nas redes sociais não tardou a acontecer, e uma avalanche de fãs raivosas trataram de fazer “justiça” ao ídolo. O perfil da agressora foi configurado como “privado” após os primeiros tweets e reprimendas começarem a ser postados, mas não rápido o suficiente para impedir alguns “printscreens” de declarações suas, como mensagens antigas sobre a “gostosura” de Norman Reedus, bem como outros tweets mais recentes que dão a entender que a fã ficou mais chateada por ter perdido dois photo ops por ser banida, bem como um outro no qual a culpa pelo seu ato foi atribuída a Reedus – o argumento? A foto de capa da revista Entertainment Weekly, onde lê-se na camisa do ator “Bite Me” (me morda). Não se exclui a hipótese de que ela possa sofrer de transtornos psicológicos, pois “fingir que é casada com Reedus”, assim como declarações como a de “não saber o que aconteceu, apenas sentiu um impulso irresistível de mordê-lo e mordeu” devem ser vistas com preocupação.

Até o momento, nenhum dos representantes de Norman Reedus se manifestou sobre o assunto, e acredita-se que o ator não tenha registrado boletim de ocorrência. Caso o tenha feito, a fã transtornada terá muito mais problemas do que lidar com a repercussão nas redes sociais, bem como terá algum tempo para refletir sobre o mal feito atrás das grades. A única manifestação vinda da parte de Reedus foi a foto abaixo, publicada agora há pouco no Instagram e implicitamente estabelecendo limites aos exageros dos fãs:

print05

Nunca é demais lembrar que atitudes como as que ocorreram no final de semana são passíveis de sanções penais, e que toda a repercussão traz mais danos do que vantagens aos fãs que, porventura, achem “bonitinho” fazer algo do tipo. Celebridades, antes de mais nada, são seres humanos. Como seres humanos, possuem seus limites de privacidade, que JAMAIS devem ser invadidos.

Em termos de experiência pessoal, já foi bastante doloroso ver alguém dócil e querido com os fãs como o Norman precisar andar cercado de guarda- costas, coisa que não acontecia até pelo menos 2012-2013. É triste ver alguém que sente tanta alegria com a interação dos fãs ter que se isolar por culpa dos próprios fãs. Todos saem perdendo sempre que alguém resolve sair da linha. A pessoa que saiu da linha sai perdendo porque jogou pela janela a chance de realmente estabelecer um vínculo saudável com seu ídolo. É uma situação onde não há vencedores e onde uma mordida pode ter um gosto verdadeiramente amargo.

O mesmo ocorre nas redes sociais, quando, muitas vezes, o fã insiste em atravessar os limites do razoável e começa a agredir os atores por causa da atitude dos seus personagens. No passado, Laurie Holden foi ameaçada de morte graças à cena em que Andrea atira acidentalmente em Daryl; mais recentemente, Major Dodson tem sido vítima de cyberbullying devido à frágil psique de Sam. Mais uma vez, além de todas as implicações legais envolvidas em tais atos, é uma situação de “perda total”: perdem os fãs, com sua credibilidade indo para o ralo e pelo fim do contato online (vide Michael Rooker, que deletou seu Twitter pessoal graças a fãs abusivos), e perdem os artistas, ao não poderem mais interagir saudavelmente com seu público.

Não corroborar com este tipo de comportamento e agir de maneira gentil, seja online, seja pessoalmente, é a melhor maneira de termos nossos ídolos sempre por perto.

GALERIA DE IMAGENS DO CASO:

Comentários da agressora 3 meses antes do ocorrido.

Comentários da agressora 3 meses antes do ocorrido.

Agressora pedido desculpas ao Norman após o ocorrido via Twitter.

Agressora “pedido desculpas” ao Norman após o ocorrido via Twitter.

Agressora pedido desculpas ao Norman após o ocorrido via Instagram.

Agressora “pedido desculpas” ao Norman após o ocorrido via Instagram.

Norman na mesa de autógrafos depois do ocorrido.

Norman na mesa de autógrafos depois do ocorrido.

The Walking Dead, a história de drama mais assistida da TV a cabo, irá retornar com a segunda parte da sexta temporada no dia 14 de Fevereiro de 2016 no AMC (EUA) e na FOX Brasil. Confira todas as informações sobre a sexta temporada e fique por dentro das notícias.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA