Siga-nos nas redes sociais

3ª Temporada

Dissecando The Walking Dead: Robert Kirman fala sobre a esperança para Andrea e as atitudes sórdidas do Governador

Rafael Façanha

Publicado há

em

Estará Milton seguro em Woodbury? Andrea vai sair dessa com vida? O produtor executivo analisa o episódio na autópsia semanal do site The Hollywood Reporter.

[Atenção: Esta história contém spoilers do episódio “Prey” e dos quadrinhos]

As tentativas de Andrea em trazer a paz entre o Governador e Rick fracassaram completamente.

Durante o episódio de domingo/terça, houve um dos mais intensos jogos de gato e rato da terceira temporada, quando Andrea (Laurie Holden) descobriu a verdade sobre o brutal Governador (David Morrissey). Graças a seu braço-direito, Milton (Dallas Roberts), Andrea faz uma corajosa tentativa de voltar para a segurança da prisão de Rick – colocando o Governador no inferno em suas tentativas de impedi-la de compartilhar seus planos com a comunidade rival.

Infelizmente, assim que Andrea avista a prisão, sua sorte se esgota e o Governador a apreende, levando-a de volta para o lugar infame onde o vilão de tapa-olho dos quadrinhos brutalmente tortura e estupra Michonne.

O site The Hollywood Reporter entrevistou o produtor executivo Kirkman para analisar o episódio e responder algumas das maiores questões do momento, já que a série marcha para seus dois últimos episódios da terceira temporada.

THR: Depois de dar a entender que Maggie poderia substituir Michonne na sala de estupro, a série está colocando Andrea nessa linha da história. Por que você decidiu mudar de Michonne para Andrea?

Kirkman: Da forma como esta temporada foi colocada, aconteceu que Andrea se tornou uma presa para o Governador de uma forma muito séria. Estamos vendo isso agora. É realmente por ela ser muito focada no que está acontecendo com este conflito e se preocupar se ela pode salvar Woodbury e a prisão. Isso realmente fechou sua possibilidade de escape e a levou a este ponto. Vai ser um momento difícil para Andrea.

THR: Será que os planos do Governador para Michonne (Danai Gurira) mudarão agora que ele tem Andrea?

Kirkman: Eu realmente acho que não. Ele ainda odeia Michonne tanto quanto antes, e ele ainda está tão obcecado com a prisão como ele era antes. Este é apenas mais um ato terrível para jogar na pilha. O Governador está atingindo um novo nível de sua maldade e ainda há um pouco de espaço para mais.

THR: Poderíamos ver Michonne e Andrea juntas no quarto de estupro do Governador?

Kirkman: É inteiramente possível. Não há limite para esse cara. Ele jogou todo o cuidado ao vento nestes últimos dias que antecederam o conflito. As coisas podem ficar muito terríveis mais para frente.

THR: O episódio começa com uma visão do passado de Michonne e Andrea e revela que seus “zumbis de estimação” eram pessoas com as quais ela já se importou. Nós veremos mais do seu passado?

Kirkman: Foi ótimo voltar e mostrar um pouco daquele tempo que nós não vimos entre as temporadas. Foi bom só mostrar um pouco de como foi a relação delas naquele tempo e ver o quão próximas elas ficaram. Nós sempre tentamos usar esses momentos com moderação, mas nós reconhecemos a sua importância e como eles podem aparecer no contexto dos episódios e dar às pessoas um pouco mais de informações. Eu não esperaria ver flashbacks e coisas assim muito frequentemente.

THR: Quando Rick e companhia retornam à prisão, trazer Andrea de volta em segurança seria algum tipo de prioridade?

Kirkman: Nós vamos ver como eles lidam com o Governador já no nosso próximo episódio. Rick já tem muito em mente, mas o paradeiro atual dela [Andrea] será certamente algo que ele gostaria de checar. Rick e o grupo acham que Andrea está firmemente ao lado de Woodbury e vai estar desse lado do conflito daqui para frente.

THR: O quão a salvo Milton está em Woodbury? O Governador claramente sabe que foi ele quem ateou fogo nos walkers.

Kirkman: Ele certamente não está no lado bom do Governador, o qual certamente não é um ótimo lugar para estar (risos). Nós vimos nesse episódio que Milton e o Governador definitivamente têm uma história, que poderia ser algo que o Governador levará em consideração quando decidir lidar com Milton ou puni-lo pelo que ele fez. Ele certamente sabe que Milton está agindo contra ele, até certo ponto. Há um elemento de amizade aí que eu acho que é muito importante.

THR: Será que poderemos ver a história do passado deles?

Kirkman: Vocês podem! (Risos) Milton é um ser humano muito conflituoso, numa relação muito conflituosa com o Governador, e é isso que vamos explorar.

THR: Milton deixou o Governador perceber que ele era o responsável pelo incêndio intencionalmente?

Kirkman: Isso foi Milton tomando uma posição. Ele não é uma pessoa de tática. Eu não acho que ele é um grande detetive, de modo que seria muito difícil para ele esconder uma coisa dessas. Ele sabia que, quando ele fez o que fez, ele provavelmente seria descoberto. Isso foi o quão importante ele sentiu que era eliminar aquela arma [os walkers] e aquele plano da mesa. Ele sabia que estaria fazendo uma declaração para o Governador.

THR: Milton pensará em procurar Andrea no quarto do estupro?

Kirkman: Quem sabe! (Risos)

THR: Tyreese (Chad Coleman) decide permanecer em Woodbury. Ele realmente acreditou que os walkers eram apenas para “assustar” o grupo da prisão?

Kirkman: O Governador é um manipulador muito bom e certamente parece convincente para mim. Se Tyreese vai cair nessa, temos que descobrir nos próximos dois episódios.

THR: Há uma divisão entre Tyreese e Allen (Daniel Thomas May). Como isso pode se desenvolver?

Kirkman: Isso é algo que vamos lidar mais para a frente. É interessante ver um pouco de seu relacionamento passado aparecendo. Nós realmente não sabemos muito sobre o grupo de Tyreese, como eles interagiram e como eles sobreviveram juntos. Agora estamos começando a ver indícios de tudo isso. Está acrescentando um nível extra ao relacionamento deles e provavelmente virá à tona no próximo par de episódios.

THR: Qual é a do assobio assustador do Governador? Tem a ver com Alfred Hitchcock?

Kirkman: É difícil fazer uma série de horror sem ter algum tipo de referência a Alfred Hitchcock em algum momento. Há definitivamente esse elemento.

THR: O que ele estava fazendo assobiando para o gravador? Ele vai gravar os eventos na sala de estupro?

Kirkman: Ele é um cara misterioso que faz coisas misteriosas. Eu não gostaria de arruinar uma história próxima revelando o que está acontecendo lá. Ele poderia estar testando seu gravador para uso futuro. Isso é certamente uma possibilidade.

Você acha que Andrea vai conseguir escapar de Woodbury? Deixe suas opiniões nos comentários!


Fonte: THR
Tradução: Nat Price / Staff Walking Dead Brasil

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA