Siga-nos nas redes sociais

4ª Temporada

Dissecando o episódio S04E03 “Isolation”: Robert Kirkman fala sobre confissão chocante de Carol

Publicado há

em

ATENÇÃO: Esta matéria contém spoilers do terceiro episódio da quarta temporada, “Isolation” (Isolamento).

The Walking Dead da AMC volta de onde parou, explorando o impacto mental e emocional que a morte de Karen e David teve sobre o grupo e especialmente Tyreese, que sentiu a perda de alguém próximo a ele pela primeira vez nesse novo mundo.

Entretanto, a forte gripe que levou Patrick se espalhou como fogo – derrubando quase todos dentro da prisão, incluindo Glenn (Steven Yeun). Em uma tentativa de tratar o vírus mortal, Daryl (Norman Reedus), Michonne (Danai Gurira), Tyreese (Chad Coleman) e Bob (Larry Gilliard Jr.) saem à procura de medicamentos, mas se deparam com uma horda de walkers e acabam perdendo o carro, enquanto Hershel (Scott Wilson) e Carl (Chandler Riggs) procuram um remédio natural na floresta próxima à prisão.

A maior revelação, porém, chega nos momentos finais, depois que Rick (Andrew Lincoln) usa suas habilidades de xerife e junta as peças de que foi Carol (Melissa McBride) quem matou Karen e David em uma tentativa de conter a doença mortal que ameaça a segurança do grupo.

O Hollywood Reporter encontrou com o produtor executivo Robert Kirkman, que escreveu o episódio, para um furo do que está por vir.

The-Walking-Dead-4-Temporada-Isolation-001

The Hollywood Reporter: Carol matou Karen e David: Haverá repercussão por seus atos?

Robert Kirkman: Definitivamente haverá grandes repercussões vindas disto. Eu não acho que Rick esperava este perigo que havia dentro da prisão como sendo alguém tão próximo a ele. Sempre foi “Ei, trouxemos um monte de pessoas, quem sabe quem poderia ser.” Mas esta é alguém que é um deles há muito tempo, então o resultado disso será algo que nenhum deles estaria esperando e ninguém poderia ter se preparado. Isso tomará uma direção interessante.

The Hollywood Reporter: Como a veremos lutar com a bagagem emocional que vem com essa decisão?

Robert Kirkman: Carol está passando por muita coisa nesta temporada. Esta é uma pessoa que pegou toda sua dor e tudo pelo que passou na vida e transformou tudo isso nesta vida pragmática que ela está tentando viver agora. Treinando as crianças, cada momento de sua vida agora é sobre proteger os queridos, quem ela ama, e tentar assegurar que uma Sophia nunca mais aconteça com ela (se referindo à perda de sua filha na 2ª temporada) em nenhum aspecto de sua vida. Sobre ela tomar essa decisão e decidir ir adiante com este ato horrível – e é algo que ela pensou bastante sobre e concluiu ser necessário fazê-lo – estando ciente da repercussão que pode vir, faz parte. É algo que realmente ilustra a evolução deste personagem e quão diferente ela está agora.

The Hollywood Reporter: O que Rick fará com esta informação? Karen é a primeira pessoa que ele perde neste mundo novo e está em busca de sangue.

Robert Kirkman: Esta é a primeira grande ação de liderança que cai sobre seu colo. Realmente pesará sobre ele pois é esta exata decisão que ele vem tentando evitar. Agora ele é colocado em uma posição onde ele é o único que pode lidar devido às circunstâncias que você mencionou. É realmente um grande teste para Rick. O que ele fará? Que tipo de decisões ele fará? Ele está preparado para se posicionar em um papel de liderança novamente nessa circunstância, ou ele tomará um caminho diferente?

The-Walking-Dead-4-Temporada-Isolation-002

The Hollywood Reporter: Tyreese confiou nela para cuidar de Sasha. Que tipo de reação ele poderia ter quando descobrir que foi a Carol?

Robert Kirkman: Eu não esperaria que seria uma grande. Não é algo que ele ficará feliz. Apenas a cena no início do episódio onde ele tem uma briga com Rick apenas por um comentário – ele definitivamente é um cara no limite quando chega nessa situação. Achar o culpado definitivamente será algo que fará ele tomar uma atitude. Eu certamente não gostaria de ser a Carol quando ele descobrir.

The Hollywood Reporter: Michonne, Daryl, Tyreese e Bob estão 80 e poucos quilômetros longe da prisão com o carro. Como será sua jornada? Eles voltam à prisão ou vão à faculdade veterinária sem
saber sobre os frutos mágicos de Hershel?

Robert Kirkman: Em termos de remédio para gripe, frutos de sabugueiro – você pode pesquisar assim como nós fizemos – realmente abaixam a febre. Eu acho que eles sabem que não há muito o que possam fazer e são levados por este curso. E em certo âmbito, eles têm uma mega-horda de zumbis atrás deles, então eu acho que eles serão ultra incentivados a tentar levar essa missão de qualquer maneira possível, que fará um episódio com muito entretenimento para esta temporada.

The Hollywood Reporter: Todos podem confiar em Bob, considerando que não o conhecem realmente?

Robert Kirkman: Eles meio que são obrigados. Gostamos desse mistério. Gostamos do fato de se tratar do mundo de The Walking Dead e é uma questão de “Em quem podemos confiar?”. Acabamos de provar que nem sempre se pode confiar na Carol e eles estão juntos desde o início da série. Talvez possam confiar no Bob, talvez não, mas é esta questão que move as coisas e mostra que há tantos perigos para este mundo. Podemos continuar descamando camadas e encontrando mais coisas que podem machucar estes personagens ou complicar situações para os personagens. Mesmo na quarta temporada, têm coisas que não se pode prever. Sempre haverá ameaças se movendo no horizonte, mas as pessoas à sua volta sempre representarão o maior perigo. Talvez a situação com o Bob sairá pela culatra, ou talvez ele acabe se tornando um valioso membro no grupo por um bom tempo. Temos que esperar para descobrir.

The-Walking-Dead-4-Temporada-Isolation-003

The Hollywood Reporter: Hershel começa a pensar se o grupo estaria mais seguro fora da prisão – este será um ponto que muitos pisarão em algum ponto?

Robert Kirkman: Qualquer um que leia a série de HQ sabe que eles não permanecem eternamente na prisão. Seria estranho se eles simplesmente decidissem ficar lá. Seria um afastamento muito grande do HQ e um movimento bizarro. Eles estão vendo que há perigos estando na prisão. E Hershel está sugerindo que talvez seja sábio pegar a estrada e encontrar alguns recursos que não os fariam ficar vivendo amontoados uns nos outros como têm ficado. Se for o caso, veremos, mas no momento não estão em forma para ir a lugar nenhum.

The Hollywood Reporter: Carl está realmente preparado para atirar para matar qualquer um. Ele pode mesmo ser confiado com isso?

Robert Kirkman: Essa é uma questão que provavelmente deixa o Rick acordado a noite. Mas infelizmente eles vêm sendo empurrados em situações onde eles não têm escolha a não ser ter uma arma ou você está morto. É esta confusão interna com a qual Rick estará lidando constantemente. Carl, como todos os personagens nesta temporada, é grande parte da temporada, e vem muita coisa vindo por aí com ele, e muitas delas lidam com esta questão. São questões que serão respondidas durante o curso da temporada, com certeza.

The Hollywood Reporter: Como a briga de Rick e Tyreese muda o relacionamento entre eles? Eles têm um novo respeito um pelo outro?

Robert Kirkman: Você vê no mesmo episódio que isso muda seu relacionamento e de uma maneira muito positiva. Esses dois homens estão falando mais um com o outro e estão na mesma situação. O ponto inicial sobre essa briga é que é mostrado muito sobre Tyreese, mas Rick quase se sentiu mais culpado sobre a briga do que Tyreese se sentiu por tê-la começado. Está começando um diálogo entre esses dois que provavelmente estará no caminho para serem bons amigos.

The Hollywood Reporter: Glenn está infectado com a gripe e está em quarentena com todos. Devemos nos preocupar?

Robert Kirkman: Devemos nos preocupar com todos os personagens a todo tempo! (Risadas)

O que você pensa sobre a Carol sendo a assassina? Seu coração estava no lugar certo? Conte tudo nos comentários abaixo.

The Walking Dead vai ao ar todo domingo às 23h (horário brasileiro de verão) na AMC e às terças-feiras às 22:30 na FOX.


Fonte: Hollywood Reporter
Tradução: Gabriel Kenpachi/ StaffWalking Dead Brasil

Publicidade
Comentários

EM ALTA