Siga-nos nas redes sociais

2ª Temporada

Um Dia no Set da Segunda Temporada (PARTE I)

Publicado há

em

Esta é a primeira parte de uma matéria sobre o set da segunda temporada de The Walking Dead.

Em uma manhã de nevoa a 60 Km de Atlanta, o ator Andrew Lincoln, que interpreta Rick Grimes em The Walking Dead, permanece em baixo de uma tenda no set, atrás dele tem uma casa de campo vitoriana na qual a maior parte da segunda temporada está focada, mas hoje as atuações ocorrerão em um vale abaixo, onde o produtor de design Greg Melton construiu uma tenebrosa estrutura de madeira lascada e ferro enferrujado que parece estar naquele lugar a pelo menos uns 100 anos.

Lincoln e o resto do elenco estão se preparando psicologicamente para o que está por vir: a principal cena de ação que será o ápice da primeira trama principal da segunda temporada. Em um campo distante Jon Bernthal que interpreta Shane escuta musicas em seu Ipod, mexendo os pés para frente e para traz e golpeando o ar com seus punhos meio que no estilo Rocky Balboa.

Lincoln também escuta musicas em seu Ipod. Um “Rick Grimes mix” que é composta por artistas country como Waylan Jennings, ele imagina que o seu personagem gostaria de ouvi-lo. Ele fala com um sotaque sulista mesmo quando as câmeras estão desligadas e sua voz está rouca por causa dos ensaios de ontem no qual ele e Jon Bernthal tiveram que gritar entre si por várias vezes. “Eu disse ao Jon que se não tivéssemos perdido nossas vozes até o fim do dia, não teríamos cumprido nosso trabalho” diz ele, “Agora estamos em uma disputa”.

Lincoln está diferente do Rick que conhecemos na temporada anterior, camisa de botão verde escuro e calça jeans preta é como ele está agora (embora o seu cinto de utilidades com seu revolver “Pyton” ainda permaneça no mesmo lugar). Seu cabelo está mais longo, assim como sua barba, quando menciono sobre o despenteado e a barba do Rick dos quadrinhos recentemente, ele balança a cabeça confirmando “meu cabelo e barba crescendo” diz ele “e dependendo do tempo entre as temporadas, vai crescer bem mais”. Ele me entrega sua arma, fico surpreso com o quão pesada ela é e ele diz brincando “Por isso Rick faz careta quando atira”.

Vou até Laurie Houlden, que interpreta Andréa, ela está sendo molhada com água para simular suor. Chega a tarde, as temperaturas na fazenda estão em torno de 38 graus, mais um pouco e o suor falso não será mais necessário, a pausa para a maquiagem me da a oportunidade de perguntar o que está por vir hoje em relação a Andréa.

“Estou animada. Já está na hora de Andréa parar de chorar pela Amy” diz ela, perguntei a ela sobre o sangrento confronto com zumbis que ela gravou anteriormente para a segunda temporada, e por um momento ela fica perplexa “Parece uma vida totalmente diferente. Andrea mudou muito. Quando ela encontrava um zumbi ficava desorientada e não sabia muito o que fazer, mas agora quando vê um é apenas algo para matar.”

São 8 da manhã e duas vans se aproximam do set, o dia 21 está programado, os caminhantes chegaram, eles variam de figurantes no qual a maquiagem não é tão abrangente, menos para os quais desempenham um papel importante na trama (pense na garota da bicicleta e a mulher de morgam na primeira temporada). Para os demais, 150 “squibs” pequenas explosões que simulam um ferimento de tiro estão esperando o dia de festividades.

Os zumbis junto com o maquiador de efeitos especiais, o guru Greg Nicotero e sua equipe, estiveram trabalhando desde as 3 da manhã para ficarem prontos para gravar. As 5 da manhã a diretora do episódio, Michelle Maclaren, entra no trailer de maquiagem para checar um zumbi em destaque. “O rosto dela não é tão horrível” diz Nicotero a um dos maquiadores. Mclaren Chimes seria bom colocar uns ferimentos para que o artista CG saiba onde colocar o ferimento da arma.

“Como eles vão explodir o meu rosto?” “Eu nunca sei o que é maquiagem e o que é digital.”

“Às vezes nós também não”, responde o maquiador.

Para a segunda temporada Greg Nicotero focou as maquiagens para a decadência que as criaturas estão passando. Isto significa acentuar as maçãs do rosto e afundar os olhos fazendo com que as bochechas pareçam estar ocas, as próteses usadas para criar esse efeito são chamadas de “Lone Rangers” porque sua aplicação se parece com uma máscara de bandido.

“Eu pareço como a minha tia Fae”, diz Amber após a sua aplicação da “Lone Ranger”.

“Você parece uma mistura de Winona Ryder com Uma Thurman”, corrige Nicotero enquanto dá os últimos toques em outro zumbi.

“Você parece mais morto”, diz ele a este segundo zumbi, cujo cabelo recebeu uma dose de condicionador para torna-lo mais oleoso. “Você parece tão bonito”.


Fonte: AMC
Tradução: Gustavo Luçoli / Staff WalkingDeadBr

Publicidade
Comentários

EM ALTA