Siga-nos nas redes sociais

Curiosidades

Quanto tempo se passou em The Walking Dead até agora? (Série de TV)

Publicado há

em

Desde que a série tem se distanciado do seu ponto inicial, uma pergunta se tornou rotina entre os fãs de The Walking Dead: afinal, quanto tempo realmente passou desde que o Apocalipse Zumbi deu seu start? Bem, responder essa pergunta não é tão simples quanto parece ser. Nós tivemos que esperar a estreia e desenrolar da série derivada, Fear the Walking Dead, para conseguir chegar próximo a uma resposta.

É sabido que quando o antigo mundo se transformou em um mar de mortos caminhando pelas ruas, Rick Grimes estava em coma. Então o primeiro passo para que possamos iniciar a trajetória em busca do tempo exato que se passou é descobrir quanto tempo Rick esteve em coma. Para chegarmos próximos a determinar o período em que o xerife esteve no hospital, há algumas dicas relacionadas às duas séries.

A primeira delas está relacionada com as flores que estão sobre a mesa, enviadas pelos colegas de trabalho do protagonista. Levando-se em consideração que uma flor leva em média duas ou três semanas para secar e após, perder suas pétalas, e, que a cena em que Rick acorda nos demonstra exatamente isso, temos um dos nossos primeiros nortes.

Depois, migrando para o enredo de Fear the Walking Dead, descobrimos que após o surto iniciar-se, o governo começa uma ação imediata, sendo que na primeira semana investe na tentativa de quarentena e de manter os humanos saudáveis em uma espécie de prisão domiciliar (enredo que se passa a primeira temporada de Fear). Após a infrutífera tentativa, na semana seguinte os governantes tomam uma ação drástica: napalm (primeiro episódio da segunda temporada da série derivada). Voltando para a série original, quando Rick acorda (e depois quando reencontra Lori e ela relata o incidente de napalm) podemos ver que as explosões não ocorreram há muitos dias, visto que ainda é possível ver fumaça levantando-se de alguns pontos.

rick-the-walking-dead-1-temporada

Ainda, a putrefação da famosa walker da bicicleta – que, conforme a websérie, deve ter morrido entre o segundo e o quarto dia da infestação- nos traz grandes referências temporais. Levando-se em consideração que um corpo humano a céu aberto e a mercê de todos os tipos de ações físicas e biológicas (insetos, bactérias, fungos, chuva, frio, calor) demora em média de duas a seis semanas para se decompor (ao menos os tecidos mais maleáveis), temos a ideia de que o encontro com Rick deva ter ocorrido no final da segunda semana e inicio da terceira.

Como todas as evidências nos levam a crer, Rick acordou efetivamente ao final da segunda semana. Após acordar, passou dois dias na companhia de Morgan e após partiu para Atlanta. Levando-se em consideração que Rick era de Kentucky (especificamente da cidade de Cynthiana), aproximadamente a 660 km de Atlanta e que ele utilizou um carro por metade do caminho e depois partiu a cavalo. Ora, um cavalo percorre em marcha comum em média de 50 km por dia. Assim, considerando que do total, Rick dirigiu por mais ou menos 400 km e após encontrou a égua, entre Cynthiana e Atlanta passaram-se mais ou menos cinco ou seis dias.

Daí até encontrar Lori e Carl, podemos acreditar que desde que o mundo virou, já havia se passado em média quatro semanas. Agora chega o momento mais simples da linha do tempo: Judith. Lori engravidou ainda no acampamento – torcemos que tenha sido de Rick. Assim, conseguimos dar um salto na história até a terceira temporada, quando Judith nasceu prematuramente aos oito meses de gestação. Ou seja, praticamente nove ou dez meses após o inicio do apocalipse zumbi.

judith-the-walking-dead-6-temporada

A partir disso, podemos considerar que do nascimento de Judith até a atual fase da história – analisando-se a idade das pequenas atrizes que são utilizadas para representar à pequena Grimes -, passou-se mais ou menos um ano e dois meses. Assim, somando o tempo de vida de Judith com o tempo de sua gestação e os dias que antecederam a gravidez de Lori, temos a passagem de praticamente dois anos.

Claro que podemos argumentar sobre o crescimento de Carl, que no início da série estava com 12 anos e hoje aparentemente – analisando-se apenas as características físicas de Chandler Riggs – o garoto deveria ter 16 ou 17 anos, somando-se então a passagem de quatro ou cinco anos. Contudo, o eixo central da análise da passagem do tempo deve ser Judith. É mais crível que Carl se desenvolveu prematuramente na adolescência (fatos assim são comuns) do que acreditar que Judith que nem mesmo fala e anda tenha cinco anos de idade.

O crescimento de Chandler foi centro de grande preocupação dos produtores, visto que à medida que o tempo passa mais difícil será manter a ideia de que o garoto está com 14 ou 15 anos. E é por isso mesmo que houve uma corrida contra o tempo da quarta até a atual temporada para que o arco de Guerra Total (que está prestes a se iniciar) chegasse logo à tela, visto que a imaturidade de Carl é ponto central em vários momentos dessa parte da história. Se a série seguisse basilarmente a HQ, Rick e o grupo ainda estariam na estrada, longe de Alexandria.

Assim se prova uma importante adição que a sobrevida de Judith na série traz para os fãs: a possibilidade de compreender a passagem do tempo. Se não fosse a pequena, nos perderíamos na linha temporal tão logo ela morresse. Judith é um marco na história do mundo zumbi. Por isso torcemos para que ela dure por muito mais tempo, para que possamos sempre especular quantos anos se passaram desde o começo de tudo.

The Walking Dead, a história de drama mais assistida da TV a cabo, vai ao ar aos domingos no AMC Internacional, às 23h, e no FOX Action (canal do pacote premium FOX+) e FOX Brasil, às 23h30. Confira todas as notícias sobre a sétima temporada.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.

Publicidade
Comentários

EM ALTA