Siga-nos nas redes sociais

Curiosidades

The Walking Dead tomou precauções extras com os atores por conta da violência contra as crianças

A diretora do episódio, Millicent Shelton, contou detalhes sobre a preparação dos atores mirins para as cenas traumáticas.

Avatar

Publicado há

em

Após meses de espera, o episódio do último domingo de The Walking Dead – “Scars” – finalmente revelou que as misteriosas cicatrizes em forma de “X” de Daryl (Norman Reedus) e Michonne (Danai Gurira) são marcas que foram feitas por crianças selvagens. As crianças, sob liderança de uma antiga colega de faculdade de Michonne (interpretada por Rutina Wesley), tentaram matar Michonne e Daryl uma vez que eles foram marcados.

É difícil de assistir enquanto crianças estão realmente indo em direção à Michonne com facas e outras armas tentando machucá-la. Isso tudo aconteceu enquanto Michonne estava grávida do filho de Rick, tornando tudo ainda mais estressante. A AMC tomou precauções para ter certeza de que todos os atores mirins sabiam que era de mentira e para ter certeza de que eles estavam bem durante as filmagens.

“Nós na realidade tivemos um encontro com todas as crianças quando as escalamos. Nos testes de elenco nós deixamos bem claro para os pais e para as crianças exatamente o que os papeis delas implicariam,” a diretora do episódio de domingo, Millicent Shelton, contou à INSIDER sobre como a equipe lidou com essas cenas sensíveis com as crianças. “Então fizemos eles se encontrarem com uma psicóloga que conversou com eles sobre isso.”

Um representante da AMC confirmou à INSIDER que um psicólogo, Dr. Jeff Wber, esteve no set. Dr. Kris Mohandie é sua consultora psicológica.

Em adição, Shelton disse que ela, os roteiristas do episódio, Corey Reed e Vivian Tse, e o diretor assistente se reuniram com todas as crianças e seus pais para conversar sobre as cenas que aconteceriam novamente.

“Então tiveram três níveis de conversa que aconteceram com as crianças. A professora que supervisiona as crianças está no set o tempo todo que as crianças estão lá. Se acontecia algum problema, nós falávamos com eles,” Shelton disse. “Honestamente, nós não tivemos problema nenhum com nossas crianças porque nós conversamos sobre tudo, passo a passo. Nós fizemos muito antes de entrar no set, para quando estivéssemos lá todos eles soubessem que teriam facas de borracha e tivéssemos coreografado todos os seus movimentos para que eles soubessem o que ia acontecer. Então não foi como se alguém tivesse ficado surpreso.”

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA