Siga-nos nas redes sociais

Curiosidades

The Walking Dead S09E05: 5 coisas que você pode ter perdido em “What Comes After”

Ivy Leça

Publicado há

em

Atenção! Este conteúdo contém SPOILERS do quarto episódio, S09E04 – “What Comes After”, da nona temporada de The Walking Dead. Caso ainda não tenha assistido, não continue. Você foi avisado!

Depois de muita tensão e antecipação, o momento do adeus chegou. O episódio de despedida de Rick Grimes foi repleto de momentos dramáticos e cheios de significado, além de incontáveis alusões à HQ e a temporadas passadas da série.

Em meio a tantas lembranças e referências, não foi fácil acompanhar todos os detalhes do episódio – e foi ainda mais difícil escolher apenas 5 coisas que você pode ter perdido. Então confira aqui alguns dos momentos que destacamos no episódio “What comes after”, e aproveite para continuar a conversa nos comentários!

1 – “Qual é a sua ferida?”

Morgan na 1ª Temporada prolatou para Rick: Qual é a sua ferida?

Rick passou o episódio inteiro ouvindo essa pergunta durante suas visões e alucinações, causadas pelo ferimento e pela perda de sangue. E a primeira voz que perguntou sobre sua ferida foi justamente da primeira pessoa que ele encontrou no apocalipse zumbi: Morgan Jones.

No episódio piloto da série, Morgan fez essa pergunta para ter certeza de que Rick não representava uma ameaça a ele e seu filho Duane. E é bem possível que as pessoas do helicóptero que resgatou Rick repitam essa pergunta, para decidir a melhor maneira de trata-lo e, quem sabe, para avaliar seu valor na comunidade misteriosa.

2- Finalmente uma pista sobre o paradeiro de Heath

O trailer que Anne/Jadis está já foi usado por Heath, um pouco antes dele desaparecer.

Enquanto Rick lutava pela vida e reencontrava velhos amigos, Anne/Jadis dirigia-se ao local marcado para encontrar mais uma vez o helicóptero misterioso, pilotando um trailer muito parecido com o que Tara e Heath usaram no episódio 6 da sétima temporada (que, aliás, foi o último episódio em que vimos Heath na série).

Durante o Talking Dead for confirmado que o trailer de Jadis era, de fato, o mesmo utilizado pela dupla durante aquela missão. Somando isso ao fato de que Anne trocava pessoas por suprimentos, é possível que Heath tenha sido raptado por ela e oferecido como moeda de troca.

Isso não apenas explicaria o desaparecimento do personagem, mas também criaria uma oportunidade de retorno do ator quando mostrarem mais sobre o lugar para onde Rick foi levado, já que o próprio Robert Kirkman disse que deseja trazer Heath de volta para contar sua história.

3 – Quem é Cardille?

A caixa de correio de Cardille.

Durante sua fuga, Rick desvia da estrada a caminho de uma cabana depois de passar por uma caixa de correio escrito “Cardille”. Muitos fãs ficaram confusos, buscando a explicação em temporadas passadas e nos quadrinhos, sem sucesso. Aquela era, de fato, uma pista para o destino de Rick, mas a explicação não estava em The Walking Dead.

Trata-se provavelmente de uma referência à atriz Lori Cardille, protagonista do filme “Day of the Dead” de 1985 – no qual Greg Nicotero, diretor deste episódio, atuou. No final do filme a personagem de Cardille, Sarah, escapa dos zumbis em um helicóptero rumo a uma ilha deserta. Ela então marca a data em um calendário: 4 de novembro, dia em que o último episódio de Rick foi ao ar.

4- Fritas para acompanhar uma conversa amigável

As batatas fritas e o hambúrguer que Shane está comendo remonta o episódio Piloto.

Em uma de suas visões, Rick divide um lanche com seu antigo parceiro Shane – hambúrguer e fritas, a mesma coisa que os dois comeram no episódio piloto da série, enquanto Rick falava sobre as dificuldades que vinha enfrentando em seu casamento com Lori. Dessa vez os dois conversaram sobre o fato de Judith ser filha de Shane, em um tom que indica que Rick já aceitou esse fato e lida bem com isso.

Os dois até brincam com a questão, como amigos que já foram, dizendo que ela puxou os olhos de Shane, mas não o nariz. Shane completa a piada dizendo que felizmente ela também não puxou suas orelhas, fala que talvez tenha sido improvisada pelo próprio Jon Bernthal, já que dois anos atrás ele fez esse mesmo comentário durante um painel da New York Comic Con.

Shane termina a conversa lembrando Rick dos momentos em que sua ira prevaleceu, como quando ele rasgou a garganta de um homem com os dentes para salvar Carl e Michonne, e quando ele matou Gareth, líder dos canibais de Terminus, com seu famoso facão vermelho na igreja de Gabriel. Essas palavras ajudaram Rick a recuperar parte de suas forças e continuar fugindo dos zumbis.

5 – O que, afinal, vem depois?

Michonne e Maggie se confrontam e fica o questionamento: o que vem depois?

Enquanto Rick resistia bravamente, Michonne tentava impedir Maggie de matar Negan em Alexandria. Tentando apelar para o lado sensato da viúva, ela pergunta se Maggie conseguiria conviver com “o que vem depois” de matar Negan, uma referência ao nome do episódio, “What comes after”.

Mas o título do episódio pode ter um segundo significado se você lembrar de uma fala de Jadis no episódio sete da oitava temporada, “Time for after”. Rick estava preso no Lixão, antes da luta contra o zumbi metálico Winslow, e Jadis disse várias vezes que era “hora do depois”. Na época parecia apenas mais uma das coisas sem nexo que ela dizia, mas talvez exista uma conexão entre os dois episódios.

Parece que ela estava preparando Rick para ser trocado por suprimentos, quando Rick ainda era um “A”. Neste domingo ela finalmente embarcou o xerife em um helicóptero, dessa vez como um “B”, para descobrir o que vem depois.

BÔNUS

Até mesmo a sonoplastia foi usada como referência.

Quando Rick está sendo levado pelo helicóptero, toca ao fundo uma música que dá à cena um tom bem diferente do restante do episódio. Trata-se de Space Junk, da banda Wang Chung, mesma canção que tocou no final do episódio piloto, quando Rick está preso dentro de um tanque cercado por mortos.

Você percebeu algo além das cinco coisas acima? Deixe abaixo nos comentários para que a gente também possa saber.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Curiosidades

Anunciado canal oficial do Universo The Walking Dead na Twitch

A AMC Networks anunciou nesta quinta-feira (17) o lançamento de um novo canal de streaming na Twitch, dedicado ao Universo de The Walking Dead.

Dhebora Fonseca

Publicado há

em

personagens de the walking dead, fear the walking dead e world beyond reunidos em imagem promocional do lançamento do canal oficial na Twitch

A AMC Networks anunciou nesta quinta-feira (17) o lançamento de um novo canal de streaming na Twitch, dedicado ao Universo de The Walking Dead. O que isso significa para os fãs? Conteúdos exclusivos e originais, interação com a programação temática da franquia e muito mais de The Walking Dead para desfrutar.

Esta parceria nova e ousada entre AMC e Twitch é a primeira desse tipo. De acordo com o comunicado de imprensa emitido pela AMC, o canal TWDUniverse entregará “uma experiência única e interativa para os fãs celebrarem e se envolverem com o Universo The Walking Dead, transmitindo ao vivo a programação criada exclusivamente para o canal na Twitch. Programas ao vivo originais permitem que os fãs se tornem parte da experiência de conteúdo, e junto com a interatividade única da Twitch, o serviço se torna ideal para criar conversas e um lar para a comunidade de The Walking Dead.”

A diversão em streaming começará no domingo (20), e o lançamento inicial inclui cerca de doze horas de conteúdo original toda semana, incluindo a festa de lançamento e o The Walking Dead Catch-Up; um mergulho profundo semanal em episódios no Re-Watching Dead às quintas-feiras – iniciando no dia 24 de setembro -, e uma comemoração de The Walking Dead: World Beyond em 27 de setembro, para dar início à jornada do spinoff.

Os anfitriões e fãs de The Walking Dead Clarke Wolfe, Ronetta Renay e Dylan Gabriel Guerra conduzirão os fãs durante o entretenimento, que promete ser inovador.

Em 4 de outubro – data de lançamento do “último” episódio da 10ª temporada e o primeiro de The Walking Dead: World Beyond -, o TWDUniverse ganhará mais vida com o programa TWD Sundays. Os fãs poderão assistir ao pré-show intitulado Recapping Dead, que vai ao ar às 19h30 (horário dos EUA), seguido pela Live Watch Party dos novos episódios às 21h (horário dos EUA), finalizando com um After Show ao vivo após o Talking Dead, por volta das 23h (horário dos EUA). Os fãs poderão assistir e interagir com a comunidade de fãs ao vivo na Twitch, com informações e conteúdo exclusivos dos bastidores.

A AMC está criando uma comunidade de fãs vibrante e interativa, mais uma vez mostrando sua dedicação à franquia The Walking Dead conforme ela continua a crescer e se expandir. David Beck, vice-presidente executivo da AMC e chefe de estratégia de programação, vê o TWDUniverse como uma chance de conectar o fandom e o universo sempre crescente.

LEIA TAMBÉM:
Confira 31 fotos do “último” episódio da 10ª temporada de The Walking Dead

“À medida que a narrativa e os personagens que abrangem The Walking Dead Universe continuam a crescer, o mesmo acontece com as formas inovadoras de alcançar e interagir com os fãs – antigos e novos – nas mídias sociais e em novas plataformas populares como a Twitch”, comenta Beck. “As noites de domingo na Twitch priorizam o público e os fãs, e estamos entusiasmados com esta oportunidade de construir algo novo para fãs apaixonados do Universo The Walking Dead, dando a eles uma nova comunidade para celebrar o universo, canalizar seu entusiasmo e expressar seu amor.”

Uma parceria foi feita entre AMC e o canal da Twitch Hyper RPG para ajudar com as transmissões ao vivo e detalhes técnicos do TWDUniverse. Michael Aragon, vice-presidente sênior de conteúdo da Twitch, observa que essa parceria ajudará a fornecer conteúdo aos fãs da forma como o público deseja vivenciá-lo, com maior interação além de assistir ao programa.

“No Twitch, somos capazes de criar experiências profundamente imersivas que estendem o mundo de The Walking Dead e aprimoram a forma como os fãs interagem com o programa e entre si”, conta Aragon.

Continue lendo

Curiosidades

Ator queria que seu personagem se redimisse em The Walking Dead

Ator afirma que o apocalipse zumbi só aflorou o vilão interior do personagem, mas que questionou o showrunner na época sobre uma redenção.

Robson Lima

Publicado há

em

jared morrendo sendo devorado pelos zumbis enquanto morgan observa

Joshua Mikel, ator que interpretou o Salvador sociopata Jared durante a sétima e oitava temporada de The Walking Dead, disse que Scott M. Gimple definiu o seu personagem como um “babaca completo” quando questionado se o mesmo teria algum sentimento de redenção.

O odiado Salvador não mostrou nenhum remorso quando matou a sangue frio Benjamin, irmão de Henry, e usou a situação para antagonizar Morgan. Que como sabemos, conseguiu a sua vingança em um ataque contra um grupo de Salvadores juntamente a Rick.

Durante um evento online com outros atores da série, Joshua contou que enviou um e-mail para Gimple falando sobre a possibilidade do Jared sair do grupo dos Salvadores e se juntar a Maggie em Hilltop.

“Eu escrevi um e-mail dizendo algo assim: ‘Hey man, existe alguma chance de redenção para o Jared? Pode haver algo que eu deveria saber? Em algum ponto ele vai se juntar a Hilltop e achar o seu caminho, eu devo esperar algo desse tipo?’” contou Mikel.

“E então ele me respondeu tipo: Não cara, ele é tipo um ‘babaca completo’.”

O apocalipse zumbi trouxe tendências sociopatas para o Jared “que já tinha uma predisposição” antes de se juntar ao Negan e seus Salvadores.

Mikel ainda acrescenta que a motivação do seu personagem “era sobreviver a qualquer custo, mesmo que isso custe todos a volta”.

Muitos dos Salvadores derrotados se juntaram a aliança das comunidades, como Alden (Callan McAuliffe) e Laura (Lindsley Register). No final da atual temporada que será exibido no dia 04 de Outubro, Alden e Aaron (Ross Marquand) irão se deparar com um novo personagem mascarado na batalha final contra os sussurradores.

Não está sabendo ainda? The Walking Dead encontrará o seu fim na próxima temporada. Fique ligado no nosso site para mais novidades.

Continue lendo

Curiosidades

Elenco e produção de The Walking Dead receberam carta anunciando o fim da série

Para formalizar o informe aos envolvidos em The Walking Dead, Kang e Gimple escreveram uma carta de agradecimento expressando seu entusiasmo.

Dhebora Fonseca

Publicado há

em

muitos atores de the walking dead reunidos durante os bastidores das gravações da série

The Walking Dead chegará ao fim em sua 11ª temporada. A notícia do encerramento da aclamada série de zumbis chegou na manhã da última quarta-feira (09), informando aos fãs que a temporada final terá 24 episódios, mas a estória vai ser continuada a partir de spinoffs.

Ao longo da semana e durante o processo de tornar a novidade pública, a equipe responsável por The Walking Dead foi encarregada de informar o elenco e produção de que a série vai acabar. Alguns membros da produção souberam da notícia há semanas, quando informações sobre novos spinoffs começaram a ser discutidas nos bastidores, outros souberam somente na noite de terça-feira (08).

Para formalizar o informe aos envolvidos na série, a showrunner Angela Kang e o diretor de conteúdo Scott Gimple escreveram uma carta de agradecimento expressando seu entusiasmo ao que a saga entra em seu capítulo final. A carta dizia também que Daryl e Carol terão seu próprio spinoff, e que uma série adicional de antologia intitulada Tales of The Walking Dead está em desenvolvimento e será lançada nos próximos anos.

O portal de notícias ComicBook publicou a carta escrita e enviada por Kang e Gimple para um total de mais de trezentas pessoas entre elenco e produção. Confira abaixo o conteúdo da mensagem na íntegra:

“Família The Walking Dead,

Como vocês já devem saber pela imprensa, chegamos a um grande momento.

Depois de nossa próxima e estendida temporada, que vai durar dois anos, The Walking Dead chegará ao fim.

Para todos nós – especialmente aqueles que fazem parte da série há quase uma década – este é um anúncio sísmico. Só para esclarecer:

• A 11ª temporada terá 24 episódios e será a última. Os episódios provavelmente serão gravados até o início de 2022. (Dizemos “provavelmente” sendo otimistas, mas reconhecendo que as incertezas de que uma produção durante a pandemia afeta a programação.)
• O spinoff de Carol e Daryl foi aprovado pela AMC para 2023.
• Tales of The Walking Dead, uma série de antologia, está em desenvolvimento, bem como outras possíveis series/expressões de TWD.

Não conseguimos acreditar que o fim está entre nós, independente do quão distante ele está. A produção, o elenco e os roteiristas/produtores são a série. Vocês são o futuro imediato dos próximos 30 estrondosos episódios da série, que vão concluir nossa estória épica, e vocês estarão entre aqueles que selam seu legado na história do entretenimento.

Nós alcançamos milhões ao redor do mundo, e continuaremos a alcançar mais milhões. Há muito trabalho à frente de nós, muitas oportunidades de estarmos unidos, de despertar o melhor uns nos outros, de levar nossa série à novos patamares de excelência.

Temos sorte por ter uma audiência fiel a nós durante dez anos de intensas mudanças no mundo. Esperamos ter sido um ponto de estabilidade na vida das pessoas – algo com que pudessem contar toda semana (ou como parte de uma diversão no fim do verão) e que os fizesse sentir – felizes, de coração partido, intrigados, assustados, empolgados, inspirados. Talvez um pouco enojados. Talvez considerando coisas sobre suas próprias vidas. Talvez considerando quem eles são. As pessoas vão precisar desses sentimentos e dessa estabilidade outra vez. E nós podemos dar isso a eles com essa épica temporada final, o último capítulo de uma saga de longa data, que conta a história de pessoas descobrindo como viver em um mundo destruído.

Há trabalho duro, bons tempos e momentos incríveis à frente. A única forma de escalar essa montanha de episódios é como sempre fizemos: juntos. Vamos começar a longa jornada para o fim, lado a lado, em solidariedade, para fazer coisas incríveis com todas as pessoas que nos trouxeram aqui, para todas as pessoas que nos trouxeram aqui.

Como sempre, nós somos The Walking Dead.

– Scott M. Gimple & Angela Kang”

“A Certain Doom”, programado inicialmente para ser o último episódio da 10ª temporada, será exibido no dia 04 de Outubro, seguido pela estreia de The Walking Dead: World Beyond. As gravações para os seis episódios extras da temporada começam em outubro e vão ao ar no início de 2021 – época em que as gravações da 11ª temporada terão início. O filme sobre Rick Grimes (Andrew Lincoln) ainda está em desenvolvimento na Universal e Skybound.

Continue lendo

EM ALTA