Siga-nos nas redes sociais

6ª Temporada

The Walking Dead S06E14: Merritt Wever fala sobre grande episódio de Denise

Publicado há

em

ATENÇÃO: Esta matéria contém spoilers do décimo quarto episódio da sexta temporada de The Walking Dead, S06E14 – “Twice As Far” (Duas vezes mais distante). Leia por sua conta e risco. Você foi avisado.

É o destino cruel de The Walking Dead. Assim que Denise tomou coragem para enfrentar seus maiores medos e os zumbis que habitavam o mundo fora dos muros de Alexandria, ela acabou levando uma flecha no cérebro (e através do olho), cortesia de Dwight e dos Salvadores. E logo quando ela estava no meio de um discurso para Daryl e Rosita sobre superar obstáculos em suas vidas. Uma pena.

Isso significava não só o fim de Denise na série, mas também da atriz vencedora do Emmy que a interpretou, Merritt Wever. A Entertainment Weekly conversou com Wever para saber seus pensamentos sobre interpretar o personagem, sua grande cena de morte, seu último dia no set de filmagens e o que ela sentirá mais falta sobre ser parte da família.

EW: Como e quando você descobriu sobre a morte de Denise, por assim dizer? Como o showrunner Scott M. Gimple retransmitiu as informações que este dia estava chegando?

MERRITT WEVER: Eu sempre soube que seria coisa de uma temporada – que esta seria uma experiência finita na série – então eu não tive que passar pelo processo de descobrir que eu iria morrer. Presumi que isso aconteceria. É assim que as pessoas tendem a sair da série. Umas semanas antes de filmarmos o episódio, Scott me ligou e me deixou saber os detalhes da cena. Ele liga e nos da uma ideia das porcas e parafusos emocionais da cena, e ele me contou como tudo aconteceria também.

EW: Você estava ciente de que, nos quadrinhos de The Walking Dead, é assim que Abraham realmente morre, com uma flecha através do cérebro?

Merritt Wever: Não! Eu não estava, porque eu não sei nada sobre os quadrinhos. Eu tinha ouvido falar durante a produção que as histórias estavam sendo alteradas e que eles não estavam seguindo os quadrinhos ao pé da letra, mas eu não sei dos detalhes.

the-walking-dead-s06e14-merritt-wever-denise-001

EW: Eu acho que Michael Cudlitz te deve uma garrafa de vinho ou algo assim.

Merritt Wever: Eu não acho que ele vai sair tão cedo.

EW: Você mencionou que não acompanha os quadrinhos. Alguma vez você deu uma olhada para ver como é a versão dos quadrinhos de Denise, ou você simplesmente quis focar puramente no personagem da TV?

Merritt Wever: Eu nem sabia que quando apareci para o primeiro dia no trailer de cabelo e maquiagem que ela era um personagem que já existia. Eu não sabia sobre a série. Eu a tinha assistido para me preparar, mas eu não sabia que eu estava vindo interpretar alguém que já existia. E como Scott não mencionou isso, e porque eu já tinha ouvido falar que ele não estava seguindo os quadrinhos literalmente, achei que não seria realmente necessário investir na formação da personagem de qualquer maneira baseado nos quadrinhos. Eu tinha uma sensação de que a história não iria necessariamente igualar-se de qualquer maneira, então eu poderia muito bem ver apenas o que acontece no set de filmagens.

EW: Em termos de sua grande cena de morte, normalmente eu imaginaria que você tem que se focar muito na morte e como interpretar esse grande momento, mas você também tem esse discurso enorme levando até ela. Então, o que estava em sua mente enquanto você estava se preparando para filmar isso?

Merritt Wever: Eu não penso em algo em particular. Basta fazer o trabalho, estar no lugar certo e ficar parada ou o que eles me pedirem para fazer para que os efeitos aconteçam. Não foi tão complicado meu fim. Eles colocaram uma prótese no meu olho, por isso foi estranho andar por aí com um olho permanentemente fechado, mas foi realmente fácil. Eles sabem mesmo o que estão fazendo lá e eles são realmente muito bons no que fazem. Mesmo que fosse um grande negócio para mim, não foi um grande negócio para todos os outros para que isso acontecesse.

the-walking-dead-s06e14-merritt-wever-denise-002

EW: Vemos vários exemplos neste episódio em que Denise está realmente tentando endurecer. Ela vai investigar o som do zumbi, vai pegar o cooler e insiste em lutar contra o zumbi sozinha. Por que só agora ela quer intensificar e testar sua coragem?

Merritt Wever: Eu acho que muito disso tem a ver com Tara e querer ser tão forte ou tão corajosa quanto ela viu Tara sendo, e provavelmente ela estava um pouco envergonhada por não ter ido com Tara. E ela ainda estava se sentindo muito insegura ou hesitante e com medo de dizer a ela que a amava. Eu acho que um monte na história de Denise foi combater e lutar contra o medo – como ataques de pânico, o medo de ter que ser médica, e o medo de estar em um relacionamento. E acho que ela queria ter um pouco de camaradagem com as outras pessoas do grupo de Rick também. Ela queria se sentir conectada com as pessoas, ela poderia ser corajosa, ela poderia ser forte e ela poderia sobreviver também. Ela queria testar a si mesma, e simplesmente não deu certo.

EW: Você compartilhou a maioria de suas cenas com Alanna Masterson. Como foi trabalhar com ela para criar essa relação entre Denise e Tara?

Merritt Wever: Foi ótimo. Ela é ótima. Ela foi tão divertida e tão doce e tão boa para mim. Então, eu tive muita sorte de trabalhar com ela. E as coisas andam rápido nesta série. As coisas se desenvolvem muito rapidamente e você apenas se encontra em um novo relacionamento intensificado com as pessoas e você só tem que seguir o fluxo, e todo mundo está muito disposto a isso no set de filmagens.

EW: Como foi o seu adeus do elenco e da equipe no seu último dia? Eu não sei se foi na sua cena de morte ou num dia diferente dessa cena, mas como foi sua despedida?

Merritt Wever: O dia da morte não foi o último dia, mas todo mundo fala sobre como é bom e é verdade. É um lugar muito agradável para trabalhar. O elenco, a equipe, eles são muito, muito receptivos a novas pessoas. Foi embaraçoso, eu não sabia que todos eles aparecem no seu último dia. Nós estávamos tipo a uma hora de Atlanta e todas as pessoas que não estavam trabalhando vieram. E eles vieram à noite e esperaram minha última cena. É um grupo muito, muito inclusivo e generoso de pessoas. E eu tentei não chorar. Isso é tudo o que eu fiz.

EW: E você conseguiu ter sucesso em não chorar?

Merritt Wever: Eu gostaria de dizer que eu consegui.

EW: O que você vai sentir mais falta sobre interpretar Denise e trabalhar na série?

Merritt Wever: A simpatia do povo. Quão receptivos eles são, e inclusivos. Isso é bom. Nem sempre é assim em todos os sets de filmagens. E eu realmente aprecio o esforço que as pessoas colocam para torná-lo um bom lugar para trabalhar. Não é sempre o caso e eu acho que é realmente uma coisa agradável quando é desse jeito.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.


Fonte: Entertainment Weekly

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA