Siga-nos nas redes sociais

HQ

The Walking Dead HQ: O que é o Santuário? E quem é Negan?

Avatar

Publicado há

em

ATENÇÃO: O post a seguir contém spoilers dos quadrinhos, e possíveis revelações de eventos futuros na série de televisão. Leia por sua conta e risco. Você foi avisado.

Ao longo da segunda metade da sexta temporada fomos apresentados a um novo grupo de vilões conhecidos como os Salvadores e liderados por uma misteriosa pessoa conhecida apenas como “Negan”. Vamos conhecer mais um pouquinho desse grupo e do seu insano líder?

Os Salvadores são introduzidos na edição 96 (análoga ao episódio 6×11 – “Knoties Untie”), onde revela-se que eles são um enorme grupo maligno que extorque outras comunidades como Hilltop e o Reino. Seu líder é um homem chamado Negan. O nome do grupo deriva de seu caráter aparentemente “salvador”, pois eles matam os zumbis na área próxima às comunidades em troca de metade de seus suprimentos. Ao contrário do Governador, por exemplo, Negan não quer saquear e matar todos das comunidades, e sim que elas trabalhem para ele.

Negan é um homem corpulento e extremamente violento. Ao contrário de outros vilões, no entanto, sua violência não é exatamente gratuita: ela sempre tem uma razão para ocorrer. Negan gosta de controlar e de organizar tudo na sua “Nova Ordem Mundial”. Negan também faz piadas, o que destoa da sua personalidade brutal e o torna um personagem mais complexo ainda. Uma delas é quando ele estripa Spencer após dizer que ele “não teria estômago para desafiar Rick”, e se desculpando depois, dizendo que agora está literalmente vendo que ele tem um. A cereja do bolo são seus palavrões em demasia. Cada frase falada por Negan é repleta de palavras de baixo calão. Em alguns momentos, Negan chega a até mesmo inventar palavrões, como no final da edição 112. É importante ressaltar que, apesar de ser violento com os que o desafiam, Negan também pode ser razoável em algumas ocasiões (um exemplo é quando Carl matou vários de seus homens). Além disso, Negan abomina o estupro, chegando a matar um Salvador que iria estuprar uma prisioneira, no caso Holly.

the-walking-dead-hq-santuario-negan-001

É importante desconstruir a falácia de que Negan não mata feridos, crianças, mulheres, negros, asiáticos ou etc. Negan utiliza de sua retórica para mentir (ele disse que não mataria Glenn por racismo, mas logo após o fez) e mostrar poder. Apenas para citar alguns exemplos, Negan é responsável pelas mortes de Holly e Alpha (mulheres) e de Brandon (uma criança) na HQ.

O vilão também detém uma base conhecida como o Santuário (pois é, o lugar que Rick atacou em “Not Yet Tomorrow” era apenas um dos vários postos avançados dos Salvadores). O Santuário é uma antiga fábrica rodeada por zumbis empalados e acorrentados. Ali é onde Negan reside. No Santuário, os Salvadores cultuam Negan como se ele fosse um deus e sempre se ajoelham com a sua chegada. O modo de vida dos Salvadores é peculiar: eles participam de um chamado “sistema de pontos”, no qual sua participação em atividades, buscas e outras tarefas lhes rendem pontos que podem ser trocados por comida, medicamentos e outros privilégios. A única forma de sair desse sistema é dando sua mulher (caso tenha uma) para o harém pessoal de Negan. Caso a mulher volte para o Salvador, Negan deforma o rosto do homem com um ferro de passar roupa (daí as marcas no rosto de Dwight).

the-walking-dead-hq-santuario-negan-002

Mesmo com todo esse poderio, Negan aparentemente nunca apareceu para as outras comunidades, sempre usando seus homens para missões e para mandar violentos “recados” aos líderes dos lugares por alguma falha cometida, algo que tornou seu grupo arrogante e brutal ao extremo. Contudo, isso também transformou os Salvadores em pessoas metódicas e mais bem preparadas em relação a outros grupos. O caráter incógnito de Negan mudou quando ele foi desafiado por Rick, que fez um acordo com o líder de Hilltop, Gregory: se ele destruísse os Salvadores, conseguiria metade dos suprimentos de Hilltop para Alexandria.

Logo, Negan percebe que o grupo de Rick é perigoso e deve ser detido. E Rick percebe que Negan é perigoso por seu tenente Dwight matar Abraham (na série, Denise). Rick, Carl, Michonne, Glenn e outros vão para Hilltop. No caminho são interceptados por cinquenta homens liderados por Negan e o vilão em pessoa. Começa o reinado de terror de Negan para com o grupo de Rick, onde o vilão causa uma primeira impressão forte ao matar Glenn (na série, Glenn e Abraham). Ele se impõe como superior a Rick, quebra psicologicamente o nosso protagonista e reivindica metade dos suprimentos de Alexandria.

the-walking-dead-hq-santuario-negan-003

Vamos ver algumas das ações de controle de Negan nos próximos episódios. Uma cena que estamos particularmente ansiosos para ver é quando o vilão faz Rick segurar Lucille. É uma cena impactante, apesar de não exibir brutalidade: ela mostra que Rick está completamente a mercê do novo vilão. É essa a nova virada da série que começou na terceira temporada: “Combata os mortos. Tema os vivos”. Outra cena memorável é quando Negan poupa Carl e o leva para conhecer o Santuário: vemos como o menino é valente e o quanto Negan é problemático, porém poderoso entre seus pares.

Apesar de todas as ações tirânicas e dignas de um grande vilão de cinema, sabemos que em algum ponto Rick, as outras comunidades e Dwight vão se revoltar e iniciar a chamada Guerra Total, um dos maiores eventos dos quadrinhos (durando 12 edições e sendo o único período no qual The Walking Dead foi lançada quinzenalmente). Negan tenta fazer Hilltop abandonar Rick, mas falha. Logo depois, ele ataca Alexandria (destruindo metade da comunidade do processo), captura Eugene e tenta invadir Hilltop duas vezes. Na segunda vez, Rick o convence de que a luta nunca vai ser o melhor caminho para ambos. Quando Negan começa a compreender o ponto de vista de Rick, o policial corta sua garganta superficialmente, e Negan em retaliação quebra a perna de Rick. A guerra termina com Negan sendo derrotado e preso, Dwight assumindo o comando dos Salvadores e todas as comunidades se integrando em uma das maiores viradas da história. Rick decide não matar Negan para mostrar que um novo mundo pode surgir de forma civilizada e, principalmente, que o vilão perceba que ele só estava atrapalhando o desenvolvimento desse novo mundo.

the-walking-dead-hq-santuario-negan-004

No timeskip de dois anos após a guerra, os Salvadores tornam-se uma comunidade relativamente isolada comandada por Dwight. Após algum tempo, o peso da liderança força os ombros do Salvador, que decide abandonar o seu grupo e parte para Alexandria com Laura, uma Salvadora. Como visto nas últimas edições, o grupo está cada vez mais hostil para com Rick e isso pode provocar um conflito. Foi dito que eles até mesmo poderiam se voltar para Negan caso Dwight abdicasse de seu posto. Rick menciona que Carl poderia ser o novo líder dos Salvadores.

Nesse tempo, Negan fica preso em uma cela de Alexandria, tendo esporádicas visitas de Carl. Quando Magna chega em Alexandria e o conhece, Negan grita que foi torturado e pede para que o libertem, mas logo seu discurso é desmontado pela inteligente mulher. Mais tarde, Negan foge da prisão por intermédio de um garoto chamado Brandon. Ele vai até o acampamento do novo grupo de vilões, os Sussurradores, onde mora por algum tempo e logo depois assassina Alpha. Ele leva sua cabeça em uma bandeja (em um saco, melhor dizendo) para Rick, dizendo que após o que ele fez o policial não pode mais deixá-lo preso. Rick, então, concorda em dar um posto a Negan, mas ressalta que ele nunca irá viver fora de Alexandria, nunca irá liderar nenhum grupo e que terá provar sua lealdade lutando sob o comando de Dwight na Guerra dos Sussurradores. Negan aceita e ganha uma rivalidade especial para com Beta, o novo líder dos Sussurradores.

the-walking-dead-hq-santuario-negan-005

Entre as curiosidades, podemos destacar que nos quadrinhos os Salvadores nunca foram vistos usando armas de fogo (algo parecido com os Lobos na TV) salvo raras exceções (como Dwight na edição 98) até a tentativa de assassinato de Negan por parte de Rick na edição 112. Nessa edição, Negan revela que os Salvadores tem sim armas e que ele sempre deixa uma equipe de prontidão caso aconteça algum problema (como aconteceu). Ainda não sabemos como este evento será adaptado para a TV, visto que já foi mais do que provado que os Salvadores têm uma infinidade de armas à sua disposição. Os Salvadores são o segundo grande grupo de antagonistas nos quadrinhos, sendo o primeiro o exército do Governador e o terceiro os Sussurradores. Este também foi um grupo que surpreendeu Rick, pois atacou em dois lugares ao mesmo tempo (nos quadrinhos, enquanto Negan tinha Rick a sua mercê na estrada, Dwight liderava um ataque a Alexandria).

the-walking-dead-hq-santuario-negan-006

Em relação a Negan, existe uma história em quadrinhos que conta um pouco sobre seu passado. Além disso, ele tem uma relação íntima com seu bastão Lucille, a chamando de dama e explicando na edição 113 que já chegou a ter “relações sexuais” com ela. O carinho de Negan pelo bastão é tanto que ele decide matar Carl pelo garoto ter dado um tiro que arrancou parte de Lucille. Quando ela quebrou nas costas de Beta na edição 159, Negan mostrou-se muito abalado e, aos gritos, disse que ia matar o Sussurrador. O personagem de Negan foi criado na tentativa de Robert Kirkman de dar uma morte impactante a Glenn (o coreano originalmente morreria na edição 75). Suas feições são baseadas em um ator que Robert Kirkman se recusa a mencionar, mas que Charlie Adlard confirmou como Henry Rollins. Aparentemente, ele também gosta de ping pong. Como confirmado por Kirkman em uma de suas “Letter Hacks”, Negan foi o responsável direto pela morte de Holly. Além disso, seu nome veio de Negus, algo que deveria soar impactante e feio ao mesmo tempo. Ao ser indagado sobre qual é o personagem mais difícil de se escrever, Kirkman mencionou que Negan “é uma explosão”. O personagem da série tem barba, ao contrário de sua contraparte dos quadrinhos, por Jeffrey Dean Morgan estar gravando outra série simultaneamente a The Walking Dead.

E vocês, ansiosos para ver o Santuário e mais um pouco dos Salvadores? Quais são suas expectativas para a Guerra Total e para o futuro de Negan na série? Comente abaixo!

the-walking-dead-hq-santuario-negan-007

the-walking-dead-hq-santuario-negan-008

the-walking-dead-hq-santuario-negan-009

The Walking Dead, a história de drama mais assistida da TV a cabo, vai ao ar aos domingos no AMC Internacional, às 23h, e no FOX Action (canal do pacote premium FOX+) e FOX Brasil, às 23h30. Confira todas as notícias sobre a sétima temporada.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.

Continue lendo
Publicidade
Comentários

HQ

The Walking Dead Deluxe 5: Capas e data de lançamento

Veja aqui todas as informações da versão colorida da edição 5 dos quadrinhos de The Walking Dead: data de lançamento, capas, preço e etc.

Rafael Façanha

Publicado há

em

Os quadrinhos de The Walking Dead estão sendo relançados em cores e a Skybound revelou as capas e todas as informações da Edição 5 (The Walking Dead 5), que será lançada em dezembro de 2020.

Leia de novo! A Image Comics/Skybound Entertainment irá revisitar a histórica série independente que virou o mundo do entretenimento de ponta cabeça 17 anos atrás – The Walking Dead, de Robert Kirkman e Charlie Adlard – com edições novas e completamente coloridas, trazendo o belíssimo trabalho de Dave McCaig.

A versão deluxe revisitada também trará uma vasta e memorável gama de capas variantes – por artistas como David Finch, Tony Moore, Julian Totino Tedesco e Arthur Adams – comemorando as grandes apresentações de personagens principais e as mais memoráveis reviravoltas da série. Cada edição incluirá um novo fascículo de “The Cutting Room Floor”, trazendo enredos originais de Kirkman escritos à mão juntamente com comentários sobre histórias abandonadas e pontos no enredo que podem ter mudado no caminho.

Essa apresentação definitiva da história NÃO será compilada em nenhum momento próximo no formato de volume/compendium, então os fãs e novos leitores não devem esperar para ter a experiência dessas edições completamente coloridas da popular série de terror e sobrevivência.

Veja abaixo as capas e as informações sobre a edição 5:

The Walking Dead Deluxe 5
Parte: 5 de 6 do Volume 1
Escrito por: Robert Kirkman
Arte por: Tony Moore e Dave McCaig
Capa A por: David Finch e Dave McCaig
Capa B por: Tony Moore (capa original, recolorida por Dave McCaig)
Capa C por: Charlie Adlard e Dave McCaig
Número de páginas: 32
Lançamento EUA: 16 de Dezembro de 2020
Lançamento BRASIL: sem previsão
Preço: $3,99
Texto de chamada: “Rick Grimes e companhia estão cercados por caminhantes. Quem vai morrer? Quem vai sobreviver? Quem será o próximo a se juntar aos mortos-vivos?”
Edição anterior: The Walking Dead Deluxe 4

CAPAS DA THE WALKING DEAD 5:

Continue lendo

HQ

The Walking Dead Deluxe 4: Capas e data de lançamento

Veja aqui todas as informações da versão colorida da edição 4 dos quadrinhos de The Walking Dead: data de lançamento, capas, preço e etc.

Rafael Façanha

Publicado há

em

Uma mão ensanguentada segurando uma arma encara uma horda de zumbis na capa da versão colorida da edição 4 da HQ de The Walking Dead

Os quadrinhos de The Walking Dead estão sendo relançados em cores e a Skybound revelou as capas e todas as informações da Edição 4 (The Walking Dead 4), que será lançada em dezembro de 2020.

Leia de novo! A Image Comics/Skybound Entertainment irá revisitar a histórica série independente que virou o mundo do entretenimento de ponta cabeça 17 anos atrás – The Walking Dead, de Robert Kirkman e Charlie Adlard – com edições novas e completamente coloridas, trazendo o belíssimo trabalho de Dave McCaig.

A versão deluxe revisitada também trará uma vasta e memorável gama de capas variantes – por artistas como David Finch, Tony Moore, Julian Totino Tedesco e Arthur Adams – comemorando as grandes apresentações de personagens principais e as mais memoráveis reviravoltas da série. Cada edição incluirá um novo fascículo de “The Cutting Room Floor”, trazendo enredos originais de Kirkman escritos à mão juntamente com comentários sobre histórias abandonadas e pontos no enredo que podem ter mudado no caminho.

Essa apresentação definitiva da história NÃO será compilada em nenhum momento próximo no formato de volume/compendium, então os fãs e novos leitores não devem esperar para ter a experiência dessas edições completamente coloridas da popular série de terror e sobrevivência.

Veja abaixo as capas e as informações sobre a edição 4:

The Walking Dead Deluxe 4
Parte: 4 de 6 do Volume 1
Escrito por: Robert Kirkman
Arte por: Tony Moore e Dave McCaig
Capa A por: David Finch e Dave McCaig
Capa B por: Tony Moore (capa original, recolorida por Dave McCaig)
Capa C por: Charlie Adlard e Dave McCaig
Capa D por: Arthur Adams e Dave McCaig
Número de páginas: 32
Lançamento EUA: 2 de Dezembro de 2020
Lançamento BRASIL: sem previsão
Preço: $3,99
Texto de chamada: “Rick e Glenn planejam uma ousada busca por suprimentos em uma Atlanta infestada de caminhantes. Além disso, qual é o segredo de Lori?”
Edição anterior: The Walking Dead Deluxe 3

CAPAS DA THE WALKING DEAD 4:

Continue lendo

HQ

The Walking Dead Deluxe 3: Capas e data de lançamento

Veja aqui todas as informações da versão colorida da edição 3 dos quadrinhos de The Walking Dead: data de lançamento, capas, preço e etc.

Rafael Façanha

Publicado há

em

Rick, Lori e Carl juntos e armados na capa da versão colorida da edição 3 da HQ de The Walking Dead

Os quadrinhos de The Walking Dead estão sendo relançados em cores e a Skybound revelou as capas e todas as informações da Edição 3 (The Walking Dead 3), que será lançada em novembro de 2020.

Leia de novo! A Image Comics/Skybound Entertainment irá revisitar a histórica série independente que virou o mundo do entretenimento de ponta cabeça 17 anos atrás – The Walking Dead, de Robert Kirkman e Charlie Adlard – com edições novas e completamente coloridas, trazendo o belíssimo trabalho de Dave McCaig.

A versão deluxe revisitada também trará uma vasta e memorável gama de capas variantes – por artistas como David Finch, Tony Moore, Julian Totino Tedesco e Arthur Adams – comemorando as grandes apresentações de personagens principais e as mais memoráveis reviravoltas da série. Cada edição incluirá um novo fascículo de “The Cutting Room Floor”, trazendo enredos originais de Kirkman escritos à mão juntamente com comentários sobre histórias abandonadas e pontos no enredo que podem ter mudado no caminho.

Essa apresentação definitiva da história NÃO será compilada em nenhum momento próximo no formato de volume/compendium, então os fãs e novos leitores não devem esperar para ter a experiência dessas edições completamente coloridas da popular série de terror e sobrevivência.

Veja abaixo as capas e as informações sobre a edição 3:

The Walking Dead Deluxe 3
Parte: 3 de 6 do Volume 1
Escrito por: Robert Kirkman
Arte por: Tony Moore e Dave McCaig
Capa A por: David Finch e Dave McCaig
Capa B por: Tony Moore (capa original, recolorida por Dave McCaig)
Capa C por: Charlie Adlard e Dave McCaig
Capa D por: Arthur Adams e Dave McCaig
Número de páginas: 32
Lançamento EUA: 18 de Novembro de 2020
Lançamento BRASIL: sem previsão
Preço: $3,99
Texto de chamada: “Depois de se reunir com sua família, Rick é recebido no acampamento por seus companheiros sobreviventes: Andrea, Dale e… Shane.”
Edição anterior: The Walking Dead Deluxe 2

CAPAS DA THE WALKING DEAD 3:

Continue lendo

EM ALTA