Siga-nos nas redes sociais

5ª Temporada

Andrew Lincoln diz que “o terror vem dos seres humanos” na 5ª temporada

Rafael Façanha

Publicado há

em

Então, é isso que se ganha por confiar nas pessoas. Rick Grimes e o seu grupo ouviram um sinal de rádio e viram placas pintadas que prometiam paz e um santuário em um lugar chamado Terminus. Mas tudo o que os esperava era um grupo de possíveis canibais que os aprisionaram em um vagão. Cara, pessoas são péssimas. Primeiro, o Governador e agora isso?!? Andrew Lincoln disse que isso é de se esperar – e algo para ser temido – neste novo ambiente pós-apocalíptico, quando a quinta temporada de The Walking Dead estrear no dia 12 outubro.

Entertainment Weekly conversou com a estrela sobre o que está por vir – incluindo a temporada mais violenta já feita e o retorno para o centro de Atlanta -, bem como seus pensamentos sobre quanto tempo ele gostaria de permanecer na série… supondo que ele não morra prematuramente em algum momento, que é uma suposição terrível de se fazer quando se trata de The Walking Dead.

ENTERTAINMENT WEEKLY: Vamos começar falando de Rick de modo geral. Onde está a sua mente agora? O grupo está neste momento terrível, mas eles tem o cara que eles precisavam para ajudá-los a lidar com isso.

Andrew Lincoln: Esta foi de longe a temporada mais divertida para mim. E a mais difícil também, porque ele é um homem que é muito resoluto, muito determinado, muito no controle de quem ele é e de todos os aspectos de sua vida. Ele passou pela fase de buscar sua alma e saiu do outro lado. Ele está neste novo momento, que é extremamente dinâmico e perigoso. Acho que esta temporada indica que ele está de volta. Você fica ao lado de sua família. Se ficar na sua frente, você é um problema. E isso vale para as pessoas dentro do grupo, e também para o mundo, para as pessoas que encontrar no caminho.

Parece que estamos nos movendo para uma nova área agora. Parece que temos esta incrível jornada, e essa incrível família de pessoas com a gente. Mas fomos para esta sala, e é um quarto muito escuro e muito assustador, e trancaram a porta e não estamos autorizados a sair. Nós estamos indo para o outro lado agora. E acho que vale a pena todo o estresse – estamos realmente fazendo valer o nosso alto índice de audiência nesta temporada. Há famílias que assistem a série; mas só para deixar registrado, pessoal: É uma série para adultos nesta temporada. E parte da violência está se direcionando para o território da violência humana, o aspecto mais assustador da série. Na verdade, alguns dos momentos mais realistas são com os zumbis agora. E acho que isso é uma grande mudança. É uma sensação real pois essas pessoas tem habitado neste mundo há dois anos, sabe? As pessoas que ficaram serão igualmente pragmáticas e brutais, e fortes, e resistentes. Então, o confronto nesta temporada, e o conflito e o medo e o terror vem diretamente dos seres humanos.

The-Walking-Dead-5-Temporada-Imagem-Promocional-018

E, obviamente, nós sabemos que Gareth é o cara que te prendeu em Terminus. Tenho certeza de que Rick vai avaliar seu adversário. O que há no personagem de Gareth que o torna perigoso?

Andrew Lincoln: Acho que percebemos que eles podem não ser os adversários mais fortes, mas eles têm um sistema. O sistema funciona, e é incrivelmente eficiente. Ele tem smarts. Ele é um adversário digno. Ele é jovem, mas é implacável. Você viu no final da última temporada. Mas ele é inteligente, também. Você vai descobrir muito sobre Terminus e Gareth em um curto espaço de tempo.

Eu sei que vocês estarão na cidade muito mais agora, voltando para essa vibe urbana que tínhamos na 1ª temporada. Como é retornar a isso?

Andrew Lincoln: Uma das coisas mais legais nesta temporada é que estamos em locais muito similares aos lugares em que toda a história começou. E, para mim, é uma espécie de assombração. E há algo interessante no ambiente urbano e sensação de decadência. E sei que o departamento de efeitos especiais está se divertindo muito com isso, com o horizonte da cidade e entre outras coisas. E você pode ver o efeito da erosão do mundo, e acho que eles estão ansiosos para criar essa paisagem também. Então, acho que cada aspecto é muito divertido. E também, ver o que ainda resta, se existem pessoas que ficaram na cidade e que não estão mortas. Quero salientar também que os dois últimos episódios da primeira metade contém alguns dos meus zumbis favoritos. Há uma sequência de tirar o fôlego no episódio 7. Nós entramos nesse ambiente, e sabíamos para onde iria, e foi horrível. Foi extraordinário.

Vamos falar sobre o reencontro da maior parte do grupo novamente. Tivemos essas histórias menores no final da temporada passada, mas agora é como se o grupo estivesse reunido. O quão diferente está essa vibe?

Andrew Lincoln: Tem sido ótimo. Todos sentiram falta uns dos outros. Foi estranho, mas necessário que estivéssemos em grupos isolados na última temporada. E acho que ligaram os pontos em relação a vários personagens. Não sei se você viu na Comic-Con, mas havia um banner com o elenco principal, e há 14 de nós. É impressionante! Somos um exército agora, e há algo incrivelmente formidável nisso. Mas dentro desse grupo, acho que há uma hierarquia, há uma hierarquia, e muita gente nova. As pessoas não se conhecem bem, então há muita gente tentando descobrir onde é seu lugar no grupo, se de fato há um lugar. Não é sem problemas, mas pode se dizer que somos um grupo incrivelmente formidável, e bastante assustador também. Eu estava trabalhando com uma atriz, e estávamos ensaiando uma cena e ela disse: ‘Você é realmente assustador.’ E sabe… você esquece. Mas parecemos insanos, e somos loucos. Somos uma família disfuncional que de alguma forma ainda está lá.

The-Walking-Dead-5-Temporada-Imagem-Promocional-022

É engraçado, porque você já fez alusão a novos personagens que não conheci, e talvez algumas tensões dentro do grupo; e eu ia perguntar sobre isso, porque Rick só apareceu naquele vagão de trem e há todos os novos personagens lá. Como ele se sente em relação a eles? Pensei em alguns. Um era Abraham, porque eles tem um começo difícil nos quadrinhos, e vimos talvez um pouco disso no trailer.

Andrew Lincoln: Sim, e acho que há um conflito de opiniões. Não acho que qualquer um desses caras vá baixar a guarda. Então, não quero dizer muito, mas acho que ambos são machos alfa, e há muitos machos alfa no nosso grupo. Rick não irá recuar, e certamente não acho que Abraham realmente entende quem são essas pessoas ainda.

O que esta viagem a Washington – para tentar encontrar a cura – representa para o grupo? É uma chance para esperança? É uma oportunidade para encontrar um lar? Ou é uma perseguição inútil? O que Rick e alguns dos outros pensam sobre isso, de modo geral?

Andrew Lincoln: É uma pergunta muito boa, e acho que todo mundo tem sua própria opinião em relação a isso. Como líder deste grupo, acho que Rick está se apegando a uma ilusão. Todas as evidências até agora tem sido bastante sombrias para Rick. Então, não há muito para se ter esperança. Então ele percebe que, como líder, não importa. O que importa é o horizonte, e acho que isso é o que ele tem em mente agora. Ele é um leitor psicológico inteligente, instintivamente. Ele precisa acreditar. Ele precisa de alguma coisa. Precisamos olhar para a frente e precisamos chegar a algum lugar. Precisamos de algo que pareça um começo, e pelo menos vamos para Washington, vamos chegar lá e ver se há alguma coisa, veja se há esperança. E acho que não está necessariamente decidido se eles estão indo ou não para lá. Então, há algumas situações inesperadas na trilha. Não acho que é uma coisa certa ainda.

The-Walking-Dead-5-Temporada-Promocionais-HQ-014

Você se sente inquieto, fazendo essa série há cinco anos?

Andrew Lincoln: Sim. Quero dizer, é uma pergunta muito boa, e há uma parte de mim que pensa “Eu amo isso.” E não sei se o meu tempo chegará ao fim nesta temporada. Mas, há um lado que está ativamente à procura de preencher o hiato se eu realmente estiver fazendo a série no próximo ano. Mas isso não é como nenhum outro trabalho que já fiz. Parte disso é que percebo que eu me tornei uma espécie de Rick, quero impelir e levar as pessoas comigo. Eu sou como este tipo de rede que diz, “Vamos lá, vamos colocar tudo dentro [da série] e apenas tentar deixar uma história duradoura”, que as pessoas realmente têm uma grande afeição. Posso dizer que algumas coisas que foram ditas são muito interessantes, e durante o desenvolvimento, parece que há talvez mais emoção do que qualquer outra coisa nos últimos quatro anos. Então, vamos ver como isso acontecerá. Mas, por enquanto, você nos conhece, eu vou a Comic-Con e percebo o quão empolgados todos os fãs são, e eles são tão empolgados quanto nós somos. Por isso, se Rick Grimes não estiver em risco de ser eliminado, estou pronto para a longo prazo.

Para uma série que é tão popular e tem uma base de fãs tão apaixonada, parece que sempre que a época de premiações chega, vocês ficam de fora. Essa falta de reconhecimento da indústria é algo que vocês tem em mente? Ou você acha que é o tipo de série em que pessoas levam um tiro na cara e, provavelmente, não é realmente um tipo de programa que ganha prêmios?

Andrew Lincoln: Eu nunca escolhi um papel porque achava que conseguiria reconhecimento crítico. Isso não é a maneira de apreciar o meu trabalho. Jamais farei isso. Em cada nível, vou aproveitar o que temos. Se alguém me desse um Globo de Ouro, é claro que seria bom, não me interprete mal. Mas vou aproveitar isso todos os dias da semana. Isto não é parecido com nada que já tenha vivenciado antes. Esse tipo de reação, ou diversão, ou investimento em uma história é confuso e bonito e original. Sim, é claro que seria muito agradável para Scott Gimple ou alguns escritores obter algum reconhecimento, porque acho que a história é – você sabe… é difícil sustentar uma boa história em 16 horas de televisão por ano ao longo de cinco anos. Acho que é um feito extraordinário. Olha quantas séries não passam da primeira temporada, e são séries ótimas. Recebemos cartas de fãs, e ter o respeito dos meus fãs é o que eu desejo, e as pessoas que querem vir e atuar comigo. Isso é suficiente.

The Walking Dead, a história de drama mais assistida da TV a cabo, irá retornar com a quinta temporada no dia 12 de Outubro de 2014 na AMC e no dia 14 de Outubro de 2014 FOX Brasil. Confira o trailer oficial da temporada e fique por dentro de todas as notícias.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.


Fonte: Entertainment Weekly
Tradução: Mydiã Freitas / Staff Walking Dead Brasil

Continue lendo
Publicidade
Comentários

5ª Temporada

5ª Temporada de The Walking Dead chega ao Netflix Brasil em Abril

Rafael Façanha

Publicado há

em

Demorou, mas finalmente o grande dia está perto de chegar! A Netflix Brasil – o melhor e mais famoso de todos os serviços de streaming na atualidade – anunciou hoje que a quinta temporada do drama zumbi de sucesso da AMC, The Walking Dead, estará disponível em seu catálogo no próximo dia 15 de Abril.

Sinopse oficial da 5ª temporada de The Walking Dead:

Depois de derrotarem o Governador e sofrerem importantes perdas no caminho, Rick e sua turma enfrentarão o inimaginável ao chegarem no Terminus, lugar que eles pensavam que seria a salvação de todos. Mais uma vez sentirão na pele que os humanos podem ser mais cruéis que os zumbis.

Além de The Walking Dead, o serviço conta com filmes, seriados e desenhos animados de diversos grandes estúdios e canais de televisão, além de inúmeros conteúdos exclusivos. Ele pode ser acessado a partir de dispositivos portáteis com Android ou iOS, além de computador, Smart TVs, consoles e reprodutores de Blu-ray com suporte para aplicativos. Caso você tenha interesse, a Netflix Brasil possui planos a partir de R$ 19,90 ao mês e você pode fazer assinatura diretamente do site, começando com o primeiro mês grátis!

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.

Continue lendo

5ª Temporada

Scott M. Gimple fala sobre as mortes de personagens negros na 5ª temporada de The Walking Dead

Ivy Leça

Publicado há

em

Por:

Talvez a quinta temporada de The Walking Dead tenha sido a mais forte da série até agora. Ela começou cheia de caos e ação em Terminus e terminou com Rick executando Pete em um finale quase igualmente sangrento. Mas no meio disso, a série recebeu algumas críticas por ter matado os três principais personagens negros: Bob (Lawrence Gilliard), Tyreese (Chad L. Coleman) e Noah (Tyler James Williams).

Essa não é a primeira vez que a série é atacada por matar personagens negros. Na terceira temporada, houve murmúrios depois que prisioneiros negros tiveram uma morte rápida, junto com IronE Singleton, que interpretava T-Dog. Mas como foi dito pelo showrunner Scott M. Gimple, muitas vezes os personagens condenados na quinta temporada nem eram negros para começar, mas acabaram sendo depois que os produtores escolheram um ator específico.

Gimple fez referência a isso quando foi perguntado sobre as críticas a respeito do número de personagens negros que morreram na quinta temporada. “Sabe, eu já sabia quem ia morrer no ano passado”, disse Gimple. “No caso de alguns personagens, até mesmo antes disso. E no começo do ano, alguns desses personagens ainda não tinham um ator selecionado. A questão era sempre selecionar a melhor pessoa. É bem difícil.”

Para ilustrar seu ponto, Gimple mencionou um personagem específico que era branco nos quadrinhos, mas não na adaptação para a TV, e outro personagem que poderia ser de qualquer etnia. “Bob não era um personagem negro nos quadrinhos, mas eu não gostaria de perder Lawrence Gillard”, disse Gimple. “E Noah, quando estávamos selecionando, Tyler era o melhor ator. Eu adorei o que ele fez e o que trouxe para a série. Recebemos todo tipo de pessoa, de diferentes origens e etnias. É difícil porque eu também quero ser sensível ao que as pessoas sentem. Dois desses personagens estavam destinados a morrer, e eles poderiam ter sido selecionados em qualquer direção, e eu apenas selecionei as melhores pessoas – ou pelo menos as pessoas que eu senti que eram as melhores, e eu adorei o que eles fizeram com o papel. É estranho imaginar não ter escolhido eles. Mas eu sabia que esses personagens iam morrer, e escolhi aquelas pessoas.”

Mostrar diversidade da vida real sempre foi importante para os produtores. Como Gimple disse, “é sobre representar o mundo que está lá”. E enquanto ele aponta para o fato de que queria dar a oportunidade de interpretar esses personagens para os melhores atores, ele também é sensível para aqueles que se incomodam com a alta contagem de corpos.

“Nesse caso era realmente uma questão do melhor ator para o papel”, disse Gimple. “Eu adoraria que as pessoas tivessem visto o teste de Lawrence – que era para um papel falso – e ele foi incrível. O teste de Tyler foi incrível. É uma questão muito, muito difícil, e eu honro qualquer pessoa que tenha se sentido atingida. É bem complicado. Eu odiaria não ter visto esses atores na série, porque eles eram fantásticos e fazem parte da família agora. É duro.”

Os fãs podem esperar que muitos personagens – de todas as etnias – morram na sexta temporada, que estreia no próximo mês.

The Walking Dead, a história de drama mais assistida da TV a cabo, irá retornar com a sexta temporada no dia 11 de Outubro de 2015 – às 22h no AMC Internacional e às 23h na FOX Brasil. Confira o trailer oficial da temporada e fique por dentro de todas as notícias.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.


Fonte: Entertainment Weekly

Continue lendo

5ª Temporada

Edição limitada do Blu-ray da 5ª temporada de The Walking Dead é anunciada oficialmente

Ávila Souza

Publicado há

em

Fundido com o pavimento carbonizado por um tiro de napalm, um zumbi se encaminha para a sua próxima refeição, no caso, para o box da edição limitada do Blu-Ray da quinta temporada de The Walking Dead, produzido pela Anchor Bay Entertainment e com lançamento previsto para o próximo dia 01 de dezembro.

A Anchor Bay Entertainment anunciou oficialmente o lançamento da aguardada edição limitada que traz em sua embalagem o zumbi que Rick Grimes e companhia encontraram no episódio “Crossed”. A edição já está disponível para encomenda no Amazon.com pelo preço de 134,99 dólares (algo em torno de R$ 500,00). Você pode conferir o box a seguir, depois da descrição do produto.

COMUNICADO DE IMPRENSA: BEVERLY HILLS, CA – A Anchor Bay Entertaiment lançará mais uma edição do que se tornou a tradição anual mais aguardada pelos fãs de The Walking Dead ao redor do mundo, o box com edição limitada da quinta temporada de The Walking Dead em Blu-Ray + Edição Limitada Digital HD no dia 01 de dezembro de 2015. Assim como as edições anteriores, a McFarlane Toys criou mais uma vez uma embalagem de colecionador impressionante. A Edição Limitada desse ano apresenta o “zumbi do asfalto”, uma das muitas imagens inesquecíveis da quinta temporada da série que é fenômeno mundial. Perfeitamente produzido e ricamente detalhado, ele é baseado no zumbi original desenhado pelo premiado supervisor de efeitos e maquiagem e Produtor Executivo, Greg Nicotero. O pacote também inclui um digipack colecionável com 5 discos em Blu-Ray com uma arte “zumbi” exclusiva, disponível apenas com o box. O material já pode ser encomendado pela Amazon.com e custa $134,99 dólares.

As edições passadas apresentavam a “máscara de zumbi” (Primeira Temporada), a “cabeça zumbi com a chave de fenda” (Segunda Temporada), o “tanque de cabeças do Governador” (Terceira Temporada) e o “zumbi da árvore” (Quarta Temporada).

Os bônus incluem:

• Comentários em áudio do showrunner/produtor executivo/produtor/roteirista/ Scott M. Gimple, produtora executiva Gale Anne Hurd, produtor executivo Tom Luse, produtor executivo/supervisor de efeitos e maquiagem/diretor Greg Nicotero, diretor Julius Ramsay; atores: Lauren Cohan, Chad L. Coleman, Michael Cudlitz, Sonequa Martin-Green, Danai Gurira, Alanna Masterson, Melissa McBride, Josh McDermitt, Norman Reedus, Christian Serratos e Steven Yeun.
• Cenas Excluídas
• Inside The Walking Dead
• Making of da série
• Construção de Alexandria
• A jornada de Beth
• A jornada de Bob
• A jornada de Noah
• A jornada de Tyreese
• Um dia na vida de Michael Cudlitz
• Um dia na vida de Josh McDermitt
• “Rotters in the Flesh”

O elenco da quinta temporada de The Walking Dead também inclui: Norman Reedus, Steven Yeun, Lauren Cohan, Danai Gurira, Chandler Riggs, Melissa McBride, Chad L. Coleman, Sonequa Martin-Green, Lawrence Gilliard, Jr., Michael Cudlitz, Emily Kinney, Alanna Masterson, Christian Serratos, Josh McDermitt e Andrew J. West.

GALERIA DE IMAGENS:

The Walking Dead, a história de drama mais assistida da TV a cabo, irá retornar com a sexta temporada em 11 de Outubro de 2015 na AMC e em 12 de outubro na FOX Brasil.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.


Fonte: Daily Dead

Continue lendo

EM ALTA