Siga-nos nas redes sociais

4ª Temporada

Gale Anne Hurd e Greg Nicotero falam sobre THE WALKING DEAD, o que eles querem alcançar com a 4ª temporada, matança de zumbis e mais

Publicado há

em

Com The Walking Dead voltando à AMC para sua quarta temporada, o site Collider foi convidado para a estreia e para passar um tempo com o elenco e os produtores executivos, com o intuito de descobrir o que está acontecendo. Na nova temporada, Rick Grimes (Andrew Lincoln) e o grupo de sobreviventes que prospera no abrigo seguro da prisão rapidamente descobrem que a felicidade possui vida curta à medida que os zumbis e ameaças externas não se comparam ao perigo que se forma dentro dos limites dos alambrados. O lar do grupo e o novo estilo de vida serão fortemente ameaçados, e sua luta pela sobrevivência nunca esteve sob tanto risco. A temporada de 16 episódios será transmitida em duas partes, com os primeiros oito episódios estreando no dia 13 de outubro, e a segunda leva de episódios retornando em fevereiro de 2014.

Em sua conversa no tapete vermelho a caminho da estreia da 4ª temporada, os produtores executivos Gale Anne Hurd e Greg Nicotero comentaram o que pretendem alcançar com essa temporada, balanceando a ameaça humana com a ameaça zumbi, sempre buscando manter a matança de zumbis fresca e interessante, que o episódio 3 será avassalador, como fica cada vez mais difícil se separar de membros do elenco, a introdução de Rosita Espinosa dos quadrinhos, e como Nicotero chegou à direção da estreia da temporada. Vejam o que eles disseram nos próximos parágrafos, e esteja ciente de que há alguns spoilers.

The-Walking-Dead-4-Temporada

O que você pode dizer a respeito do ponto em que os fatos continuam na 4ª temporada, e o que vocês pretendem alcançar nela?

GREG NICOTERO: No final da última temporada, a ameaça dos zumbis caiu um pouco para o segundo plano. Algo muito, mas muito importante para mim e para o Scott Gimple era manter essa ameaça relevante. É como um ataque terrorista. No momento em que você deixa de pensar nele, ou em que você não se lembra que ele está lá, você é pego de surpresa. Você fica mais vulnerável quando está mais confortável e pensa que tudo está bem. Você pode ver nos dois primeiros episódios que colocamos os personagens em situações nas quais eles não podiam prever essas coisas. Eu acho que isso é excitante porque não importa o quão preparado eles pensam que estão e o quão “bons matadores” eles são, em termos de zumbis, eles nunca estão preparados para as situações e isso é importante.

GALE ANNE HURD: Bem, nesta temporada nós queremos o impacto épico de algumas das grandes sequências da temporada passada, mas também nos certificarmos de que temos um enredo íntimo e que os conflitos se desenvolvem entre os personagens, nas suas relações. Também queríamos introduzir uma ameaça como nunca visto antes. E acho que conseguimos sucesso em ambos os aspectos. É ótimo ter o Greg Nicotero dirigindo o primeiro episódio e eu acho que ele mandou muito bem.

gale-hurd

Definitivamente há mais ataques de grupos de zumbis nesta temporada, ao menos nos primeiros dois episódios. Isso foi feito intencionalmente, pra lembrar as pessoas da quantidade de zumbis que ainda estão por aí?

NICOTERO: Claro. Nós temos alguns momentos, conforme o programa avança. Teremos pequenas partes individuais aqui e ali.

HURD: Bem, não há dúvida de que há mais zumbis no mundo como jamais se viu. E procuramos variar entre os períodos de calma quando eles não estão sob grande ameaça, para que possamos desenvolver os relacionamentos, mas eles estão lá fora. É importante lembrar as pessoas de que a ameaça não foi embora. Eles estão bem ali nos portões. Eles também os encontrarão em cada corrida que fizerem por mantimentos. Eles têm que se apoiar nos recursos que possuem ao redor. Como vocês verão, quando eles saem em busca de mantimentos, é uma situação de vida ou morte. Não é apenas uma ida à farmácia ou ao mercado. Cada vez que você faz algo assim, você arrisca seus colegas e familiares.

Vocês pensam muito a respeito do balanceamento entre a ameaça humana e a ameaça zumbi?

HURD: Com certeza! É muito crucial.Não pode ser um seriado apenas a respeito da ameaça zumbi da semana, o a matança zumbi da semana. O que é mais assustador é o mal que os humanos carregam em si.

O quão desafiador é superar as mortes de zumbis a cada temporada, e sempre ser mais criativo do que na temporada anterior?

NICOTERO: Sabe, sempre tentamos manter o frescor. É difícil para o Scott Gimple e os roteiristas. Para mim, é uma situação ótima, única, pois eu leio os documentos da trama, para que eu possa ver a semente de ideias e então colaboramos e caminhamos com ela. Somos capazes de desenhar e montar essas sequências que são inerentes à estória e não apenas efeitos aleatórios. Não posso esperar para que você veja o episódio 3. É avassalador.

greg-nicotero

Greg, foi sua a escolha de dirigir a estreia da 4ª temporada?

NICOTERO: Não, eles me solicitaram. Eles me escolheram. É uma estória engraçada, porque eu estava no hotel e nós fizemos uma chamada de conferência. Eu estava no elevador e a ligação caiu.Tive que ligar de volta e Gale [Anne Hurd] disse “Seu idiota!” Eu disse, “O que?!” Ela disse, “Eu lhe dei uma baita oportunidade e disse que estaríamos honrados em tê-lo na direção da estreia de temporada de The Walking Dead” e então se fez um silêncio mortal. Todos eles pensaram, “Uau, talvez o Greg não queira fazer.” E então eu liguei de volta e Gale disse, “Você perdeu todo o nosso convite apaixonado.” Então, eu dirigi a estreia e a estreia de meio de temporada também. Já fiz seis episódios da série até agora.

Está ficando fácil se separar de membros do elenco com o passar do tempo, a cada temporada?

HURD: Não. Todo ano fica mais e mais difícil. Mas ao mesmo tempo, é fantástico poder trazer novos personagens. Temos bem mais personagens agora. Também estamos introduzindo Rosita Espinosa dos quadrinhos.

The Walking Dead, a história de drama mais assistida da TV a cabo, irá retornar com dezesseis episódios na quarta temporada, em 13 de Outubro de 2013 na AMC e 15 de Outubro de 2013 na FOX Brasil. Confira o trailer oficial da temporada e uma análise detalhada dele.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para mais informações sobre a quarta temporada.


Fonte: Collider
Tradução: @Felipe Tolentino / Staff Walking Dead Brasil

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA