Siga-nos nas redes sociais

Talking Dead

Talking Dead Brasil #18 – Joe Kernen, Jim Gaffigan e Alana Masterson

Publicado há

 

em

Algumas perguntas da midseason finale da quarta temporada começaram a ser respondidas. Finalmente sabemos o destino de Carol e Judith e conhecemos novos e importantes personagens já conhecidos da HQ. Chris Hardwick recebeu como convidados, no Talking Dead do último domingo, Alana Masterson (Tara), Joe Kernen e Jim Gaffigan para conversar sobre o episódio “Inmates”.

CHRIS HARDWICK: O que está passando pela cabeça de Tara quando Glenn a encontra “enjaulada”?

ALANA MASTERSON: Eu acho que, bem, aquilo foi poucas horas após tudo acontecer, e ela estava ainda chocada, bastante brava com o que aconteceu com sua irmã e sobrinha, e ela queria apenas ficar ali sentada, isolada em sua raiva. Com tudo o que aconteceu, eu não acho que ela consiga sequer se mexer, ou ir adiante.

CH: Bem, parece que Tara ficou bastante culpada por ter escolhido o lado errado. Ela chega a falar em Brian, que ele enganou a todos.

AM: Sim, ela obviamente se sente mal, suas intenções eram apenas ter um lar para ela, a irmã e a sobrinha e era apenas o que ela estava fazendo, e, de repente, aquele homem mantem prisioneiros, decapita alguém com a espada… ela pensa “talvez este não seja o lugar onde eu deva estar! Isso não está funcionando!”

CH: Então por que você acha que ela resolveu confiar em Glenn?

AM: Eu acho que, você sabe, ele parou quando a viu e ele poderia simplesmente ter ido embora, mas ele para e olha para ela… não sei, eu acho que talvez ela tenha se dado por conta que essa pessoa quer ajudar. Sei lá, às vezes as pessoas precisam de um pouco de esperança, mesmo quando estão no fundo do poço.

CH: Se ela estava tentando processar tudo o que aconteceu, perder tantas pessoas, descobrir que aquele cara era um assassino, o que eu entendi é que ela precisava ajudar alguém, como uma maneira de redimir-se e conseguir ir adiante.

AM: Eu acho que sim. É como na vida, se você faz algo ruim, terá que fazer algo dez vezes maior para se redimir…

JIM GAFFIGAN: Evidentemente, a pessoa se sente muito melhor se todos veem que ela está tentando ajudar.

Talking-Dead-Episodio-S04E10-Inmates-001

CH: Você ajudaria alguém do grupo do Governador?

JG: Sim, mas eu sou um cara legal, viu? (Risos) Eu levo em consideração o fato de ela estar em uma jaula. Então, ela teve o instinto de preservação necessário para se proteger, e então desabar. Mas enfim, há sempre um mérito em ter alguém para ajudar. E o próprio Glenn declarou isso, ele precisava da ajuda dela.

CH: Até mesmo o Glenn vestido de Action Figure com Roupa de Rebelião precisa… (risos)

JG: Sim, ele se jogou no meio daquele grupo! Incrível!

CH: Joe Kernen, você ficou surpreso por Glenn ter parado para ajudar Tara?

JOE KERNEN: Sabe, eu estava pensando na maneira como o Governador vendeu a imagem de estar reabilitado a todos nós durante o episódio seis. Ele estava barbudo, ele estava cuidadoso, tinha Meghan para ficar no lugar de Penny, vocês viram um bom homem. Eu pensei, por que não aceita-lo na prisão e conviver? Depois vemos o quanto esse homem é mau e persuasivo, mas eu deveria ter acreditado que o lado mau dele voltaria novamente. Então, não foi culpa de Tara, ela acreditou naquele homem.

AM: Eu realmente não sabia!!!

JG: Tapa-olho é sempre um sinal de alerta! (Risos) Quantos caras bonzinhos usam um tapa-olho?

Talking-Dead-Episodio-S04E10-Inmates-002

CH: Mas se você acordasse cercado de walkers por todos os lados, o que você faria?

JG: Eu acordaria, procuraria por comida, mas de maneira geral eu sou mais como os zumbis! Acho que sairia fazendo AAAGGGHHHH e procurando comida! (Risos). Mas sabe, eu sempre admirei o Glenn, a maneira como ele se conduz, ele sempre sabe o que fazer e sempre pensa adiante. Eu gosto de imaginar que seria como ele, mas acho que, na verdade, eu não sei ser assim. Quando chove lá fora pra mim já é o apocalipse (risos)!

JK: Houve um momento em que parecia que Glenn desanimava e iria desistir de novo, mas acho que ele pensou em Hershel e pensou que ele precisava acreditar. Ele precisava acreditar que Maggie estava viva, que ele a encontraria. O que mais ele poderia fazer?

CH: Especialmente agora, em que ele fica sabendo que Hershel morreu, o laço com Maggie parece ter se fortalecido, afinal é como se ele sentisse que precisasse carregar o nome de Hershel, honrá-lo, além de, evidentemente, amar Maggie…

JK: Veja só quantos personagens estão tendo esse momento em que percebem que o mundo não vai ficar muito melhor… Michonne teve esse momento, Daryl está passando por ele – quando ele pergunta “O que a fé fez pelo seu pai?”, e aquilo não foi algo legal para falar à Beth…

AM: Aquilo foi horrível!

Talking-Dead-Episodio-S04E10-Inmates-004

• No início do segundo quadro um membro da plateia foi chamado ao palco para fazer uma pergunta aos convidados.

– Aquele zumbi que você esmagou a cabeça com a arma, do que ele era feito?

AM: Greg Nicotero sempre faz essas cabeças absolutamente doidas, e eu realmente não sei do que são feitas. Somos apenas orientados a mirar para o chão abaixo delas. Eu disse “Ok” e fiz o que tinha de ser feito. A cabeça parecia ter “miolos”, um “sangue pegajoso”, meus sapatos estavam cobertos com aquilo, minhas pernas, acabou espirrando até dentro do meu nariz! É nojento! É incrível! Mas não sei realmente como é feito. Bacon cru?

Por ter ido fazer uma pergunta, o fã ganhou um “Coelhinho da Lizzie” como brinde.

CH: Há a ideia de que se você tem vínculos fortes durante o apocalipse zumbi eles o tornam mais fracos por não conseguir fazer o que precisa ser feito. Vocês acham que Maggie pode se tornar uma ameaça para si por causa de Glenn?

JG: Sim, você sabe que há problemas em reagir emocionalmente às coisas. Você costuma errar mais, como quando os zumbis saíram do ônibus e ela ficou paralisada…

CH: Sim, eles estavam quase sem munição e ela quase foi pega, mas ela precisava… eu entendo, claro que ela precisava saber se as pessoas com quem ela se importava estavam lá dentro.

JG: Sim, mas o que ela iria fazer? Se ela encontrasse Glenn zumbi, ela se deixaria devorar por ele? Ela o mataria? Mas eu acho que esta fase terminou, teve sua conclusão, ela já viu que ele não está lá. Ela queria voltar, mas eu não sei se eu voltaria…

CH: Joe, como você acha que Maggie reagiria em relação a Tara, já que ela era parte do grupo do Governador?

JK: Olhe, mesmo que ela não estivesse ao lado do Governador, Maggie é emocional demais, eu acho que ela pensaria que Glenn está com outra mulher! Lembra quando ela estourou os ovos no boné do Glenn? Ela estava brava com algo e reagiu emocionalmente. Ela está com os nervos à flor da pele, e é compreensível que esteja. E ela estava no grupo que decapitou o seu pai.

JG: E só vai piorar quando Tara voltar ao grupo trazendo um bebê asiático! (Risos gerais)

CH: Por que a busca de Glenn por Maggie mexeu tanto com Tara?

AM: Bem, quando ele chegou e falou que precisaria encontrar Maggie – e ela nem sabe quem é Maggie – ela entendeu o que era o amor. Ela entendeu o que é se importar com alguém, e ele estava tão obstinado nisso. É tudo o que resta no apocalipse, quando você está perdendo quem ama o tempo todo. Então ela só quer ajudar, quer fazer parte daquilo.

CH: E por que você acha que Sasha não estava procurando por Tyreese?

AM: Eu acho que Sasha está procurando por ele, mas ela é tão durona que não se enxerga a sua preocupação. Ela está tentando ser prática e ajudar seus amigos.

JK: Esse é um pragmatismo que precisa existir, você nao pode ser emocional o tempo todo.

Talking-Dead-Episodio-S04E10-Inmates-003

• No final do segundo bloco, o quadro In Memoriam homenageia os mortos da noite:
– Zumbis dos trilhos (Daryl)
– Zumbis esmagados e esfaqueados (Daryl e Beth)
– Zumbis da saída de emergência ( Maggie)
– Zumbi “Headbanger”- (Maggie)
– Casal aleatório de walkers (Glenn)
– Coelhinhos
– Walker da cabeça esmagada (Tara)
“Bem vinda ao grupo, Tara.”

O terceiro quadro iniciou com os depoimentos de Melissa McBride sobre o retorno de Carol:

“Então vemos Carol, e ela encontra Tyreese matando aqueles walkers e vê toda aquela fúria que ela testemunhou na prisão, quando ele descobriu o corpo de Karen. Então ele a vê e ela pensa: “Ele sabe que fui eu?” Então ele se aproxima, e eu acho que ela está assustada. Mas claro, ele não sabe de nada, e acaba sendo um reencontro alegre e aliviado, pois ele estava sozinho com aquelas crianças e agora ele encontra mais um sobrevivente da prisão.”

CH: Por quanto tempo Carol vai conseguir manter seu segredo de Tyreese? Ou será que ele irá chegar pra ela e perguntar, “Hey, você nao andou queimando alguns amigos meus recentemente?”

JK: Eu não sei, eu acho que ela consegue manter por um tempo. Ela tem muito a perder, e eu não acho que ele vá desconfiar.

CH: Eu sei, mas eu realmente acho que isso virá à tona em algum momento do show…

JG: Voce acha que ele perdoaria?

CH: Eu acho que depende das circunstâncias, acho que dependendo do que conhecemos de Tyreese até agora, ele pode perdoá-la depois de tentar mata-la. Ele ainda não conseguiu processar aquela situação…

JG: Bem, ele está preso em uma floresta com um bebê e duas meninas… apavorado! Há histórias interessantes aqui: Glenn convivendo com alguém do grupo oposto, Tyreese inconscientemente convivendo com alguém com quem terá que pensar sobre perdão algum dia…

Talking-Dead-Episodio-S04E10-Inmates-005

CH: Bem, você tem cinco filhos. Como você se imagina em uma situação daquelas com cinco crianças preso em uma floresta?

JG: Bem, quando eu vi Tyreese , o bebê e as duas menininhas, eu lembrei muito de mim! (Risos). Todos na prisão estão confrontando diferentes problemas, como Carl e seu pai bastante ferido… E então Tyreese está lá cercado de crianças, e ele é o mais desajeitado. Tyreese trocando fraldas? Isso nao pode terminar bem.

AM: Ele deveria estar cansado. Ele carregou aquele bebê o dia todo!

JK: E de onde eles conseguem o leite em pó? As mamadeiras simplesmente aparecem!

AM: Leite mágico, oras! (Risos)

CH: Mas por que você tem que perguntar sobre tudo??? (Risos)

JK: Olha, eu acredito até em zumbis, mas o leite foi forçado! (Risos)

AM: Tyreese é a ama de leite!!! (Risos)

CH: O que você achou de Judith estar viva?

JK: Bem, tudo o que vimos anteriormente foi o bebê-conforto sujo de sangue e nada mais. E então Tyreese está na mata, aparece carregando algo e, quando se vira, é o bebê. Sabe, a beleza de ter todo esse grupo separado pelo que aconteceu é poder reencontrar todos os personagens que amamos, um a um, e todas as vezes nos emocionamos por vê-los novamente.

AM: Quando vimos Carol, ficamos “Ohhhhhh, Carol!!!!!!”

CH: E Carol está ótima, está forte, saudável, até o cabelo parece um pouco maior!

• No quadro Inside the Dead, ficamos sabendo de algumas curiosidades a respeito do episódio:
– Muitos membros do elenco vieram assistir a filmagem deste episodio por ser um dos últimos na prisão. A co-produtora executiva Denise Huth disse que foi como “dar adeus a um personagem”.
– Lauren Cohan acha que estar na estrada é menos perigoso do que estar sob ataque na prisão. No entanto, a pior coisa que poderia acontecer seria se Maggie jamais reencontrasse Glenn.
– Cinco pares de gêmeas foram usadas para interpretar Judith. Porém, nas cenas mais intensas, foram usadas bonecas.

Talking-Dead-Episodio-S04E10-Inmates-006

• No início do quadro seguinte foi mostrado o making of da cena em que Glenn foge da prisão, estando cercado de walkers. Câmeras revestidas com o capacete de Glenn foram usadas para simular a visão do personagem.

CH: Como foi passar por aquela horda de zumbis?

AM: Foi muito legal, nossos dias sempre são muito legais, filmando com os zumbis. Eles realmente são muito engajados ao show, e realmente encarnam o personagem, eles seguram você… eles são ótimos. Todos tentam ser o melhor walker de todos!

CH: Falando um pouco sobre Lizzie e Mika, há pessoas no Twitter perguntando se por acaso perceberam a semelhança entre elas e os irmãos Dixon! Outros perguntam se Lizzie estava em choque ou se ela realmente tentou matar Judith. Parece que havia um brilho no olhar dela, tipo “eu finalmente encontrei minha paixão” (risos).

JG: Sim, ela estava com aquele ar sádico, tapando a boca da menina…

AM: Eu não sei como eles fizeram aquilo! Ela estava tentando machucar a menina!

CH: Sim, ela definitivamente queria “silenciá-la”…

JK: Ela é um Jeffrey Dahmer…

CH: Quem vocês acham que sobreviverá melhor neste mundo: Lizzie, que mata, ou Mika, que foge?

JG: Mika teve um momento em que o zumbi se aproximava, ela atirou e errou, certo?

AM: Gente, ela é pequena!!!

JK: Ela estava lá na prisão, não estava?

AM: Sim, e matou minha namorada! Acertou na cabeça!

JG: Mas há algo interessante aqui: é bom que Mika fuja, por que é bom ter medo.

CH: Por isso acho que é bom estar em grupo, você precisa de alguém para correr e precisa de alguém que fique para matar. Lizzie não tem medo algum, emoções, remorso ou coisa assim. Ela é quase como uma versão do que Carl seria se fosse deixado solto…

JK: Bem, ela mata animais e você sabe o que acontece com crianças que matam animais… elas crescem como serial killers….

JG: …Ou comediantes! (risos)

Talking-Dead-Episodio-S04E10-Inmates-007

CH: Alguém fez uma pergunta no Facebook… o grupo da prisão não tinha um plano de fuga?

JG: Mas eles mal sabiam o que estava acontecendo!!

CH: Eu acho que esse é o maior perigo de se sentir seguro em um lugar daqueles, eles não tinham um plano de fuga, um ponto de encontro, achavam que a prisão era impenetrável e é por isso que eles nunca mais estarão se sentindo seguros novamente pelo resto do show.

• No último quadro, mais um fã foi chamado da plateia para fazer perguntas, em troca de um Coelhinho da Lizzie:

– Se Beth não estivesse ali cutucando Daryl, você acha que ele acabaria por desistir de tudo?

CH: Eu não acho que ele seja assim tão abalável… Eu não acho que ele desistiria, talvez se tornasse um nômade solitário por algum tempo, mas eu não acho que ele fosse desistir.

AM: Eu também não acho que ele desistiria.

JK: Ele era bastante antissocial no começo e foi desenvolvendo relacionamentos, mas parece que neste momento ele simplesmente regrediu ao anti-herói que ele era no começo.

CH: O ponto alto do episódio, especialmente para quem lê a HQ, é que finalmente encontramos Abraham e isso é incrível para os fãs dos quadrinhos. O que você acha?

JG: Bem, eu não leio os quadrinhos e…

CH: SEU FILHO DA MÃE! (Risos)

JG: Bem, eu queria que fosse uma surpresa e… eu não sei, eu não li!

JK: Eu não li, mas meus filhos leem e são muito fãs da HQ, e no final do episódio meu filho comentou que eles apareceram exatamente iguais à capa da edição 53 – Rosita com a mão no quadril, Abraham erguendo a sua arma e Eugene com o walkie-talkie.

AM: Eulyn e Donna pegaram a foto da capa e tornaram os personagens exatamente iguais, acho que Scott Gimple exigiu isso. E quando vimos a cena ficamos todos boquiabertos. Por que eu sou uma grande fã de Robert Kirkman, eu vi as fotos e nem tinha achado tão parecido com Abraham… Mas Taylor (Maquiagem), Eulyn (Figurino) e Donna (Ambos) simplesmente fizeram mágica ali! Ficaram exatamente iguais!

JG: Bem, sempre que vejo um personagem que lembre algo “militar” eu acho que é problema. Vide o Governador, vide Shane. Então essa foi a minha primeira impressão. Mas, no fim, esse cara estava lá, viu toda a luta, estava com a arma para cima, ele estava realmente parecendo mais interessado em ver se aquela gente lutando tinha valor para juntar-se a ele ou não. Se forem bons lutadores, vamos querer em nosso time, entende?

No final do programa foi mostrado o sneak peek do próximo episódio e também o resultado da enquete da noite:

Quem fez você ficar mais feliz ao reaparecer?

31% – Carol
46% – Judith
15% – Glenn
8% – Tara

E NO PRÓXIMO TALKING DEAD:

Mindy Kaling (The Mindy Project) & Michael Cudlitz (Abraham Ford)

Talking-Dead-Episodio-S04E10-Inmates-008

VEJA TAMBÉM:

• Talking Dead Brasil #17 – Greg Nicotero e Danai Gurira

• Talking Dead Brasil #16 – Robert Kirkman, Lauren Cohan e Scott Wilson

• Galeria de imagens do Talking Dead

Publicidade
Comentários

EM ALTA