Siga-nos nas redes sociais

2ª Temporada

Robert Kirkman Fala Sobre suas Decisões na Série

Publicado há

em

O produtor executivo Robert Kirkman falou à MTV sobre as chocantes decisões que ele teve que tomar na série. A morte faz parte de The Walking Dead, mas isso não é o suficiente para preparar os fãs.


Contém SPOILERS do último episódio!

O ator veterano Jeffrey DeMunn (Dale) fez sua última aparição no seriado da AMC no domingo à noite, e como de costume, sua morte foi pesada: Enquanto andava pelo campo na fazenda de Hershel, Dale é ferido gravemente por um zumbi, e depois morto por uma bala na cabeça, disparada pelo anti-herói Daryl Dixon (Norman Reedus). Kirkman fala sobre suas decisões e o rumo da série:

“A morte de Dale acontece em uma hora onde ele é muito necessário. Rick e o grupo estão tentando tomar uma decisão sobre o que fazer com Randall. A fazenda está ficando cada vez mais perigosa, e ainda tem uma tensão entre Rick e Shane, mesmo que pareça que os dois deixaram as diferenças de lado. Eles precisavam daquela ‘moral’ que existia em Dale, e isso acabou”.

“A perda de Dale vai resultar em repercussões pesadas no resto dos personagens” disse Kirkman. Principalmente em Carl (Chandler Riggs) que foi parcialmente culpado da morte de Dale. No começo do episódio, Carl andava pela floresta sozinho e deu de cara com um zumbi preso na lama. O mesmo zumbi que matou Dale.

“É interessante ver Carl fazendo coisas de criança: saindo sozinho, tentando provar que ele é forte e consegue matar um zumbi e que por isso merece andar armado. Ele fica instigado com essa situação. Vamos lidar com as suas emoções e o impacto que a morte de Dale vai causar. Essa é uma das grandes repercussões causadas pela morte dele.”

Mais uma vez, a morte de Dale prova que “The Walking Dead” da TV está mais que confiante em se distanciar dos quadrinhos. Lá, Dale sobrevive muito mais tempo antes de ser atacado por um zumbi. A partida de Dale antes da hora deixou os fãs chocados, mas esse não é o único tipo de choque que Kirkman e os outros estão interessados.

“Uma das coisas queríamos fazer na TV era mostrar como esses zumbis são perigosos. Estávamos na sala com os escritores e pensamos que poucos zumbis tiveram sucesso no que queriam fazer. Eles comem umas pessoas aqui e ali, mas nunca tivemos um zumbi atacando e matando um dos personagens principais, pelo menos não por um tempo, desde a primeira temporada. Queríamos fazer as pessoas se lembrarem de como essas criaturas são perigosas. Isso deu a idéia geral de tirar Dale do programa, as idéias foram trabalhadas até chegarmos nesse ponto.”

Os fãs não estão perdendo apenas Dale claro: estão perdendo também DeMunn, um dos melhores atores de The Walking Dead. Tirar um ator desse calibre não foi algo que os produtores trataram com leveza.

“É uma perda terrível. É difícil. E é difícil para o elenco porque eles viraram uma família em Georgia. Eles fazem companhia um ao outro. É algo grave perder Jeffrey, e ruim para todo mundo. Jeffrey trouxe uma virtude ao personagem e deixou o seriado melhor com a sua presença. Tivemos sorte de ter um ator como ele. Ele deu muito de si e com certeza sentiremos sua falta. Mas isso é ‘The Walking Dead’ seria errado mostrar esse mundo sem nenhum perigo. E para fazer isso precisamos perder alguns personagens às vezes.


Fonte: MTV
Tradução: Natália Freitas  / Staff WalkingDeadBr

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA