Siga-nos nas redes sociais

2ª Temporada

Repercursões da Saída de Frank Darabont Começam a Surgir

Publicado há

em

Às vezes, a realidade pode ser mais feia do que qualquer diretor poderia imaginar para um filme/série, e algumas novas informações sobre a partida de Frank Darabont da série da AMC, The Walking Dead, estão soando bem terríveis. Se prepare para as notícias mais deprimentes do ano.

De acordo com o The Hollywood Repórter, quando Frank Darabont apareceu na Comic-Con em 22 de julho para promover The Walking Dead, ele não percebeu que ele era um homem morto andando. Nem o elenco e a equipe sabiam. Todos estavam chocados quando as notícias chegaram, três dias depois de a AMC ter tomado a extraordinária decisão de demitir Darabont.

Na quente, pegajosa Atlanta, onde a produção da segunda temporada está sendo rodada desde junho, o elenco foi convocado para um almoço com o programador Bem Davis, que confirmou que Darabont estava fora. A equipe foi informada separadamente. Um interno disse estar aturdido pela “duplicidade da AMC” por ter usado Darabont para promover a série na Comic-Com antes de demití-lo. E eles estavam zangados pela falta de explicações; eles foram simplesmente informados, “Isso não está funcionando.” Acima de tudo, eles estavam desanimados. “É um grande golpe,” disse o interno. “Mesmo quando você é um sucesso, eles ainda podem destruir você.”

Darabont – como muitos produtores de série, não conhecido por um ego pequeno ou um temperamento maleável – costumava trabalhar numa edição em Los Angeles. Depois dele ter sido demitido, ele voltou para dar alguns toques finais. Ele mandou e-mails de despedida para vários associados da série. Mas ele manteve um silêncio firme na mídia e mandou seus advogados trabalharem nos termos de sua partida. Através de seu advogado, Darabont disse não ter interesse em falar com a imprensa.

Também não houveram comentários públicos do elenco e a fonte de conhecimento da situação diz que a AMC tem “aterrorizado” a eles e a seus advogados para desencorajá-los a falar sobre a partida de Darabont. “Eles estão assustados,” confirma outro interno. “Eles estão numa série sobre zumbis. São todos muito fáceis de morrer.”
A AMC emitiu uma declaração depois que Darabont foi demitido, expressando gratidão pela “incalculável” contribuição para a série. Questionado sobre o criticismo ao lidar com a partida dele, um porta-voz disse, “Nós não temos mais nada a acrescentar.”

O que continua um mistério, mesmo para os que estão envolvidos, é o que fez com que a AMC demitisse Darabont. Como notado, a decisão de cortar o orçamento data da temporada anterior, quando a rede instruiu Darabont a produzir 13 episódios para a segunda temporada, ao invés de seis como na primeira, por menos dinheiro. Não somente o show teria um baixo orçamento, mas a AMC também decidiu que The Walking Dead deixaria de colher os benefícios de um crédito fiscal de 30 por cento ao episódio que veio com filmagens na Geórgia. Agora a emissora iria segurar esse dinheiro.

Por enquanto, segundo uma fonte, os produtores da série decidiram não iniciar uma confrontação. “Ter uma briga por um número quando eles nem disseram o que a série vai fazer não faz sentido,” diz a fonte. Mas quando The Walking Dead começar a quebrar os recordes da AMC os envolvidos acham que haverá uma negociação e os cortes deverão ser reduzidos.

Mas essa fonte diz que a AMC tinha suas próprias ideias sobre como tornar o show mais barato. A série costuma ser gravada com oito dias por episódio, e a emissora sugeriu que metade desse tempo deveria ser gravado em locais fechados. “Quatro dias dentro e quatro dias fora? Isso não é The Walking Dead,” diz o interno. “Essa não é uma série que se passa ao redor de uma mesa de jantar.” Essa foi apenas uma do que essa pessoa descreve como “notas idiotas” da AMC. A audiência não podia ouvir os zumbis algumas vezes e não vê-los, para economizar em maquiagem? A fonte disse que Darabont lutou “uma constante batalha para manter a série em grande estilo e com competência.”

Apesar do sucesso da série, a AMC manteve sua posição original sobre o orçamento da segunda temporada. Quando os envolvidos com a série protestaram e disseram que a emissora estava arriscando com seu maior sucesso, o chefe original de programação da AMC, Joel Stillerman, dizem que declarou, “avaliações não tem cabimento nessa conversação.”

A série teve a produção de sua segunda temporada iniciada em junho. Fontes dizem que um episódio no início terá cenas não usadas na primeira temporada. O diretor filmou um episódio de sucesso na primeira temporada e foi um acordo mútuo usá-lo na temporada seguinte. Darabont estava editando o episódio num esforço para arrumá-lo, mas, um interno acredita, a AMC estava buscando por um pretexto. “Joel acha que ele é o responsável pelo sucesso dos shows na AMC, e não os criadores,” essa pessoa diz. Esse interno culpa Stillerman pela decisão de demitir Darabont.(Stillerman também tem um relacionamento tenso com Weiner, de Mad Men, que se recusa a falar com ele.) Através de um representante da AMC, Stillerman recusou comentar.

Com The Walking Dead no meio da produção da segunda temporada, um número de pessoas-chave e capazes ainda estão envolvidos, incluindo Mazzara, o criador de The Walking Dead em quadrinhos, Robert Kirkman e o chefe de efeitos especiais Greg Nicotero. Somente o tempo vai contar se os “Mortos” vão sofrer quando eles retornarem ou – quem sabe? – talvez até ressurgirem. Se a série tropeçar, muitos de seus fãs apaixonados culparão a AMC por demitir Darabont, e ele se tornará um mártir ainda maior aos seus olhos do que ele já é.

É, parece que todo mundo está bem ferrado, incluindo nós, fãs, que somos tão apaixonados pela franquia. O que resta fazer agora é se preparar para o pior e torcer para o melhor. Como pode algo tão bom ir tão mal? É meio incompreensível mesmo.
No caso de Joel Stillerman ser visto como problema aqui, você deve se lembrar que há sempre três lados em toda história – a dele, a dos outros, e a verdade. Porém, se todo mundo esteja te chamando de idiota, talvez seja hora de dar uma olhada em si mesmo e em seu ego. Num mundo perfeito, certo?

Mais notícias à medida que elas vierem.


Fonte: Dread Central
Tradução: Daniel / Staff WalkingDeadBr

Publicidade
Comentários

EM ALTA