Siga-nos nas redes sociais

3ª Temporada

Recapitulação do Painel de The Walking Dead na Comic Con

Victoria Rodrigues

Publicado há

em

A Comic-Con de San Diego não foi nada modesta em relação a terror na Sexta-feira 13. Na verdade, a AMC teve três grandes anúncios sobre The Walking Dead, incluindo a data da estréia da terceira temporada (14 de Outubro), o novo trailer e o anúncio de um labirinto de “Walking Dead” no Universal Horror Nights desse ano.

Tivemos a oportunidade de conversar com todas as principais personalidades – o showrunner Glen Mazzara; a produtora executiva Gale Anne Hurd; o co-produtor executivo/maquiador Greg Nicotero; o criador da HQ Robert Kirkman; as estrelas Andrew Lincoln, Lauren Cohan, Steven Yeun, Norman Reedus e Laurie Holden; e os novatos Danai Gurira e David Morrissey.

Perguntaram a Mazzara sobre o que ele estava mais animado nessa terceira temporada e ele respondeu: “A coisa toda”, prometendo que eles têm “uma grande e tensa história a contar”. É claro que o retorno de Merle (Michael Rooker) foi um dos assuntos e se tê-lo de volta não iria, de alguma forma, diminuir a intensidade do Governador (Morrissey). Mas Mazzara assegurou que não há comparação entre os dois homens. Reedus adicionou: “Merle é um personagem forte, poderoso” enquanto Mazzara disse que todos o personagens são “bem definidos e fortes”.

Enquanto Reedus estava em nossa mesa, o novo game da Activision sobre Merle/Daryl foi trazido à tona, mas ele não começou a trabalhar nisso ainda e não podia nos esclarecer sobre o enredo.

Andrew Lincoln falou um pouco sobre a evolução de Rick: “Essa temporada é uma mudança radical… Ele percebeu que ele está seguindo os passos de Shane nas decisões brutais e sem compromisso”. Como resultado dos eventos que finalizaram a segunda temporada, Carl e Rick terão um reajuste absurdo em seu relacionamento e dentro do grupo como um todo. Carl é mais “um soldado que um filho”.

Depois de tantos anos criando zumbis, nos perguntamos como Nicotero mantém as coisas novas em “The Walking Dead”, e, para sua sorte, ele não precisou se esforçar muito para a terceira temporada, já que a locação da prisão tem vários corredores assustadores para manter o telespectadores no limite. Ele chamou de verdadeira “Casa dos Horrores”.

Quanto ao casal favorito de todos – Glenn e Maggie (Yeun e Cohan) – por mais que Maggie tenha insistido para Glenn ficar por perto na segunda temporada, agora os veremos juntando forças e indo fazer buscas juntos. E ela também não entrará em conflito com as outras mulheres do grupo; eles são mais uma família do que qualquer outra coisa.

Kirkman nos disse que essa temporada será, novamente, dividida em duas partes de 8 episódios cada uma, com o mesmo intervalo de tempo entre as duas partes que tivemos na segunda temporada. Mas a boa notícia é que ele está escrevendo pelo menos dois episódios dessa temporada: o final da primeira metade (que, todos sabemos, será incrível) e o primeiro episódio da segunda metade.

Pelo menos tivemos um turno com Holden, Gurira e Morrissey. As duas mulheres discutiram o amor genuíno e o respeito mútuo que cresce entre suas personagens. Dale era uma figura paterna para ela e Shane era um tutor, mas depois da morte de Amy, Andrea realmente não tinha em quem se apoiar, mas agora, em Michonne, ela encontrou uma amiga verdadeira.

Perguntamos para Morrissey o quão parecido o Governador da série será com o da HQ e ele disse que, enquanto são um pouco diferentes, sua interpretação é, definitivamente, “no espírito da HQ”. E não, ele não leu todos os quadrinhos, mas leu o livro de Kirkman “A Ascensão do Governador”, o que deu a ele a perfeita percepção do personagem.


Fonte: Bloody Disgusting

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA