Siga-nos nas redes sociais

Walking Dead Brasil

[QUADRO A QUADRO] Série x HQ – 1×01 – “Days Gone Bye”

Publicado há

em

Segue abaixo a comparação do primeiro episódio de The Walking Dead, “Days Gone Bye”, com a HQ da série. Confiram!

Spoilers da HQ logo abaixo! ;)

É realmente assustador!

Nos quadrinhos: Claro, The Walking Dead foi brutalmente aterrorizante num sentido existencial, porém só algumas edições de quadrinhos e você já está viciado, o mesmo acontece com a série.
Na série: Com Frank Darabont atrás das câmeras e Andrew Lincoln como o apavorado e humilde Rick Grimes, a tensa jornada pelo hospital abandonado vai te apavorar de um modo que os quadrinhos preto-e-branco não conseguem fazer.

Mais Cenas de Ação.

Nos Quadrinhos: Fomos apresentados apenas em uma página sobre como Rick foi parar no hospital. Um bandido com uma caminhonete foge da prisão e se recusa a voltar. Na fuga ele atira na arma de Shane, deixando-o incapaz de cobrir seu parceiro Rick.
Na Série: Boom! Esqueça o bandido com a caminhonete, que tal QUATRO bandidos, uma perseguição de carro, e… você viu o que aqueles espetos na rua fez? O carro CAPOTOU! Depois de levar um tiro no colete-a-prova-de-balas, Rick abaixa a guarda o suficiente para que os quarto fugitivos o ache e atire em suas costas.

É TV, afinal de contas, então tem mais ação, especialmente no episódio dois!

Sotaque do Sul.

Nos quadrinhos: The Walking Dead viaja um pouco, mas mantém suas raízes com as histórias de aventura em Atlanta, Kentucky e então Washington DC. Mas antes que você fique entediado com o carregado sotaque sulista, isso talvez nunca tenha ocorrido a você.
Na série: O sotaque sulista pode pegar os mais antigos leitores de surpresa, mas são fielmente adaptados com outros confortos do Sul na tela. E cara, você não sabe o quanto é dificil filmar nessa quentura.



Rick atira na cara de uma garotinha.

Nos Quadrinhos: Rick está fazendo sua parte eliminando coisas ruins para poder sobreviver e proteger aqueles que ama, quando tem que atirar em uma criança-zumbi.

Na Série: Logo no início do primeiro episódio, Rick está tenso, tentando recuperar o ar quando se depara com uma garotinha segurando um ursinho de pelúcia. Isso é, até ela se virar e mostrar-se com metade do rosto fora, levando em troca uma balada na cabeça.

Shane Na Verdade É Admirável (E Usa Chapéu!)

Nos Quadrinhos: Shane teve seus momentos de cabeça-quente e figura trágica, mas levando em conta que nunca realmente o conhecemos antes dos eventos do “dia Z”, a maioria de seu desenvolvimento foi dado a ciúmes, confusão e seu colapso nervoso.
Na Série: Shane (Jon Bernthal) parece um pouco durão. Com seu jeito “esquentadinho” e sedutor, Shane dá alguns conselhos para Rick referente a seu casamento conturbado (tem algo suspeito nisso.) e até mesmo faz uma visita no hospital. Depois disso, mostra-se um líder forte e confiável e ainda tem um romance com a mulher de seu melhor amigo “morto”.

Rick Grimes É Mais “Fodão”

Nos Quadrinhos: Rick Grimes sempre foi um cara da lei extremamente competente, mesmo em um mundo em que há mortos prestes a te comer. Apenas um dia no Apocalipse Zumbi não muda sua ideia de colocar a lei em primeiro lugar, ignorando a ideia oposta que Morgan, seu vizinho, tem. Não vemos muito de Rick antes da catástrofe, mas no geral ele se mostra um homem bom, feliz e sortudo.
Na Série: Andrew Lincoln, ator Britânico que atua algo que ele é, um cowboy, dá a vida a um personagem muito mais determinado e sangue-frio que compreende soluções trágicas em um mundo infectado de Zumbis. Porém, não tem qualificação para líder mesmo xingando seus “colegas de trabalho” por não tomar soluções sérias. Não espere muitos sorrisos desse Rick.

“Sinto Muito Que Isso Tenha Acontecido Com Você”

Nos Quadrinhos: Ao sair do hospital, Rick encontra um zumbi apenas com ossos. Com pena da pobre morta-viva, ele volta para tirá-la de seu sofrimento.
Na Série: Sem medo, (todo o sangue e a estrutura nojenta permaneceram intactos, embora o zumbi não seja tão esquelético e sim mais uma mistura de meio maquiagem/meio efeitos visuais) Rick continua andando, mas volta para dar um final digno a morta-viva.

Morgan Tem Problemas De Confiança

Nos Quadrinhos: Morgan imediatamente reconhece que seu filho acertou um pedaço de pau na cabeça de um humano, levando-o para sua casa rapidamente e dando um jantar amigável.
Na Série: Sem dúvida, ainda abalado pela morte da esposa, Morgan é mais hostil com Rick depois do acidente de Duane, apontando uma arma em sua cara e ainda exigindo saber da origem de sua ferida. Mesmo depois de Rick acordar, Morgan ainda desconfia dele, a ponto de ameaçá-lo.

Não Era Para Termos Visto Um Garoto No Chuveiro.

Nos Quadrinhos: Duane viaja com seu pai e Rick para a Estação de Polícia e aprende como usar uma arma.
Na Série: Isso não aconteceu nos quadrinhos, mas Rick acha que a estação de água e gas esteja funcionando, dando um banho quente aos três que eles não vão esquecer por um bom tempo.

Desta Vez, É Pessoal.

Nos Quadrinhos: Morgan, Rick e Duane encontram um zumbi quase frente-a-frente, separado apenas por um cercado. Rick se prepara para atirar na cabeça do zumbi, mas Morgan diz que é melhor guardar balas para depois.
Na Série: Os três encontram um zumbi também, mas o resto ocorre diferente. Ao invés de um zumbi qualquer, agora é o oficial Leon Basset, colega de trabalho do Rick. Em vez de ignorá-lo, Rick mete um tiro na cabeça do morto-vivo, sem se preocupar se iria chamar a atenção de outros.

A Amada Morta.

Nos Quadrinhos: Nada. Nem Duane nem Morgan mencionam algo sobre “zumbi na família”, a única conversa que chega perto disso é com a Michonne.
Na Série: Bônus! A amada mulher da família Jones ainda assombra a família após a morte com a “febre” zumbi. Vemos Morgan preparando sua Snipe para balear na cabeça de sua amada morta-viva em uma cena de derrubar lágrimas, mas não sabemos se ele realmente consegue atirar.

A Turma De Shane Chega Mais Cedo.

Nos Quadrinhos: Os leitores dos quadrinhos nunca souberam que na verdade Glenn pertencia a um grupo de sobreviventes antes dos dois chegarem até o acampamento, sem falar que nem sabiam se Shane e a família de Rick, Lori e Carl estavam lá.
Na Série: Rick não sabia que sua família estava viva graças a péssima transmissão de rádio, mas aqueles que assistiram ao episódio descobriram que Shane, Lori e o pessoal do acampamento estavam montando uma vida fora da cidade.

Uma Vez Traidor, Sempre Traidor.

Nos Quadrinhos: Embora não seja oficialmente visto algum tempo depois, descobrimos desde o início que após o Apocalipse Zumbi e a suposta morte de Rick, Shane e Lori tiveram uma noite apaixonada ao lado da estrada, que eventualmente resultará o nascimento da pequena Judith.
Na Série: Bem longe de ser apenas uma noite. Shane e Lori aparentam estar em um relacionamento bastante ativo (se em segredo) no acampamento, esperando estarem sozinhos para “trocar carinhos”. Não apenas isso, mas pode-se ver pela felicidade de Shane antes do acidente de Rick que não foi apenas uma vez…

Salvação Distante?

Nos Quadrinhos: Nada ao contrário, pelo menos não até agora. Rick, mais para frente no quadrinho, escuta barulho de hélices de helicóptero, mas logo vê que o mesmo havia caído. Onde se começa um novo problema: ele se torna prisioneiro do Governador.
Na Série: Salvação? Uma miragem? Uma homenagem para Dawn of the Dead? Um rip-off de 28 days before? O que quer que seja, Rick vê brevemente um helicóptero que pode ser importante nos episódios futuros.

Rick Ainda É Um Otário.

Nos Quadrinhos: Em uma viagem á cavalo para Atlanta, Rick desvia-se de alguns zumbis, só para ir mais a frente e encontrar mais milhares e ficar encurralado, foi salvo pelo seu suculento cavalo, porém saca a arma para dar alguns tiros, trazendo ainda mais zumbis. Otário.
Na Série: Arremesso perfeito. Os passos do cavalo e os relinchos foram o suficiente para chamar a atenção. Rick começa a balear zumbis, chamando mais atenção e foi salvo apenas pela pequena porta no tanque de guerra. Até mesmo o Glenn fala pelo rádio: “Otário.”

Comendo Um Cavalo Morto.

Nos Quadrinhos: O cavalo que Rick Grimes resgata em uma fazenda abandonada logo após seu carro quebrar não dura muito nesse mundo, como rapidamente se vê cercado de zumbis na Atlanta rapidamente também é devorado.
Na Série: O fiél cavalo recebe seu tratamento igual ao que Robert Kirkman queria, é servido com distração aos zumbis assim como Glenn disse ao orientar Rick para sair do tanque.

Obrigado, Glenn.

Nos Quadrinhos: Depois de se ver cercado de zumbis, Glenn puxa Rick para trás e juntos sobem para o telhado em segurança.
Na Série: Do mesmo jeito, porém é adicionado cenas para efeito dramático. O tanque de guerra nunca fez uma aparição nos quadrinhos (pelo menos não tão cedo). Em “Day’s Gone Bye”, no entanto, o tanque serve de refúgio temporário para Rick. E é lá que Glenn se comunica com ele pelo rádio.

Os Mortos Correm.

Nos Quadrinhos: É impossível avaliar a velocidade de um zumbi na tela, mas isso é fortemente implicado por personagens, e Kirkman também, tanto que a maioria dos zumbis seguem as “Regras Romero”, se arrastando lentamente, mas conservando um pouco da humanidade e inteligência.
Na Série: O primeiro episódio pareceu ter colocado um cavalo de cor diferente quando chegou a hora da ação dos Mortos-Vivos. Não apenas quando a garotinha parou para pegar o ursinho ou quando a mulher do Morgan parou para olhar a casa, mas a cor dos olhos e a astúcia mostra serem muito mais inteligentes do que estamos acostumados a ver nos quadrinhos.

Fonte: UGO
Tradução: Jorge Leandro / Equipe WalkingDeadBr

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA