Siga-nos nas redes sociais

2ª Temporada

Notícias do Set de Filmagem – Entrevista com Frank Darabont

Publicado há

em

O escritor, diretor e produtor executivo Frank Darabont descreve o esplendor e horror das principais partes da Segunda Temporada, dicas das breves tensões entre Lori, Rick e Shane e explica o porquê de algumas vezes ser o chefe é ‘irritante’.

P: Como estão sendo as primeiras semanas de gravações?

R: Difíceis! É um seriado muito desafiador para fazer, e é por isso que realmente ajuda ter uma equipe fantástica e um diretor realmente excelente. O tempo que passo no set é razoavelmente mínimo porque eu estive fora procurando outros lugares e me preparando, então existem vários campos ‘graváveis’. Você provavelmente vai ver que o grupo está enfrentando calor, umidade, carrapatos, toda fonte de coisas ruins que vocês podem imaginar — Tudo para entretê-los por uma hora por semana. [Risos]

P: A última temporada foi muito urbana; agora vocês estão no campo. Que tipo de diferença isso faz?

R: Bem, é certamente uma boa vantagem porque iremos nos fixar na fazenda do Hershel por boa parte da temporada. A última temporada foi tão desafiante porque eram diferentes lugares para cada episódio. Aqui, estamos seguindo o modelo dos quadrinhos e isso nos põe na Fazenda do Hershel por um bom pedaço da temporada. Obviamente que sairemos de lá, mas é um local primário para a temporada e é uma vantagem realmente incrível.

P: Conte-me sobre essa fazenda que você encontrou.

R: Bem, pegamos uma casa de fazenda que foi construída no final de 1800, eu acho. Foi feita uma magnífica, bonita, pintura Andrew-Wyeth, estilo Southern Gothic. E parece com a casa de “Amityville Horror” ou de “Carrie”. Ela tem essa mistura maravilhosa de beleza e isolamento, e é um pouco assustadora. Georgia providenciou locais tão excelentes para o seriado. Se não fosse pelo calor insuportável, seria a perfeição.

P: Pelo menos com uma longa produção, você será capaz filmar a Fall Season…

R: Isso foi o que me disseram. Disseram-me que isso na verdade pode fazer esfriar as coisas lá. Eu não acredito muito nisso. Eu acho que eles podem estar se confundindo.

P: Você disse anteriormente que você gosta de tratar os quadrinhos do Robert Kirkman como um mapa, mesmo que você desvie do trajeto de vez em quando. Quais desvios você está planejando para essa temporada?

R: Estamos concretizando a história em tantas direções diferentes. Uma vez que você está dentro disso com atores reais interpretando estes personagens, as dinâmicas se desenvolvem ao longo do tempo de episódio para episódio. Têm-se uma ampla variedade de estórias e personagens para pegar dos quadrinhos. Eu não sei se estamos descartando algo, mas…

[ALERTA DE SPOILER!] Algo tão simples nos quadrinhos como “Lori fica grávida” acaba sendo uma espécie de fantástica complicação nas telas. Na história que estamos contando, não é tão simples como foi no HQ porque você tem aquelas oportunidades para realmente mudar a história em muitas camadas diferentes. Logo, esse tipo de assunto está sendo tremendamente excitante para mim.

P: Você estava previsto para fazer alguma direção secundária para o ‘Episódio 2×01’. O que você gravou?

R: O itinerário para o Primeiro Episódio foi brutalmente forte, dada a natureza ambiciosa dele, então tivemos que fazer mais uma direção secundária para esse ao contrário do habitual. Comecei a gravar e dirigir uma sequência envolvendo T-Dog tentando fugir de um zumbi numa grande confusão de carros abandonados numa rodovia deserta. É um pouco de perseguição gato e rato no tráfego de todos os zumbis, e foi muito divertido de gravar. [Artista maquiador especial FX e Consultor de Produção] Greg Nicotero também contribuiu grandemente como diretor secundário. O trailer para o Primeiro Episódio é inteiramente uma sequência dele, e é nossa versão da abertura de ‘Day of the Dead’. Atlanta como está agora, cheio de errantes, muita quietude e solidão na cidade morta. É uma sequência visual bacana, ele fez um bom trabalho. Greg e eu estamos convictos no horror/zumbis geeks, então eu sei que ele se esforçou fazendo isso.

P: Você está esperando dirigir um episódio completo nessa temporada?

R: Estou esperando. Sabe, ser o chefe é como ser uma criança que tem que ficar em casa e fazer o dever de casa. Todos saem para brincar lá fora. Sim, é quente e miserável, mas meu Deus é fantástico. E estou indo, “Ah, eu tenho que ir pra casa em L.A. (Los Angeles). Estou nervoso para o final, eu acho. Enquanto vocês têm que ‘brincar’ com zumbis, eu estou fazendo meu dever de casa.”


Fonte: AMC
Tradução: Davi / Staff WalkingDeadBr

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA