Siga-nos nas redes sociais

2ª Temporada

Laurie Holden Descreve Suas Próprias Habilidades de Tiro

Publicado há

em

Laurie Holden, que interpreta Andrea em The Walking Dead, descreve suas próprias habilidades de tiro e alcançar uma calma do tipo Zen.

Contém Spoilers do Episódio 2×06 – “Secrets” – Se você ainda não assistiu, não continue!

Agora que o inverno está se aproximando, você sente falta do calor do verão no set?

O que é ótimo sobre o nosso novo local é que lá tem mais árvores e mais brisa no verão. Não foi quente e insuportável que nem ano passado. Nós estávamos morrendo quando gravamos aquilo, mas essa era a intenção.

Andrea parece bem confortável com uma arma. Você já atuou com armas antes?

Em The Shield eu fiz uma agente então eu usei algumas armas, mas eu nunca tive o treinamento como o que tive para The Walking Dead. Eu me encontrava com um especialista em atirar e nós íamos para uma área isolada de Georgia nos fins de semana por umas duas horas cada vez. Ele colocava alvos pela floresta. Eles eram minúsculos. Quando eu vi aquilo, eu fiquei tipo “Qual é!” Ele me disse para apenas tentar – e eu comecei acertando todos eles! Ele disse que nunca tinha visto nada assim. Acho que eu tenho um jeito para atirar que não tinha percebido.

Meio que surpreendente para alguém que está estudando direitos humanos na Columbia.

Nada disso faz sentido! É muito bizarro.

Na última temporada Andrea estava emocionalmente arrasada. Você gostou da mudança no personagem dela nessa temporada?

Eu realmente amei o que eles fizeram com meu personagem. Ano passado foi horrível! Tudo que fiz como Andrea foi chorar o verão inteiro. Ela era uma pessoa suicida, de luto, que só soluçava e agora ela é uma guerreira. Eu sou uma menina moleque e amo estar com os meninos, atirar e tal. Foi necessário ter mais atuação para ficar, tipo, com medo dos zumbis – é mais natural para mim na série agora.

Andrea e Shane são emboscados em um beco sem saída no episódio 6 dessa temporada. Foi divertido sair para o subúrbio?

Eu amo a dinâmica da cena – nós vamos de estar triste por não achar Sophia para a chegada dos zumbis. Andrea entra em desespero e a arma falha, e então ela realmente encontra sua própria força.

Você teve que praticar seu olhar mortífero?

É uma calma do tipo Zen em que eu trabalho, um estado em que você não pensa. Atletas, golfistas por exemplo, eles entram nesse estado. É orgânico e instantâneo – não se fica nervoso, não há pressão ou pensar demais. Essa é Andrea com uma arma. E essa sou eu quando estou nadando.

Comparação interessante. Atletas se preparam no tempo fora das temporadas. Atores também?

Sim! Eu tive um treinador, eu nadei um monte e fiz um pouco de pilates. Nessa temporada, eu escolhi o meu apartamento apenas por causa da piscina. Isso é o quanto eu sou casada com a água. Eu amo esse lado físico. Minha coisa favorita é ver até onde eu consigo forçar o limite – eu sinto que eu sou mais forte agora do que quando era adolescente – eu estava nadando borboleta outro dia e eu nunca conseguia fazer isso antes. Eu gosto de me forçar e ver quão longe eu consigo ir.

Como alguém que é interessada em direitos humanos, você acredita nos direitos dos zumbis?

Acredito. O episódio nessa temporada em que Andrea está com Daryl e eles vêem o zumbi enforcado por exemplo. Aquele era um homem que foi mordido e que não queria se tornar um monstro, então ele se enforcou. Ele teve o direito de tirar a própria vida. Esse é um homem que não queria machucar outras pessoas. Então sim, certos zumbis tem seus direitos.


Fonte: AMC
Tradução: Lilian Woytko / Staff WalkingDeadBr

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA