Siga-nos nas redes sociais

Entrevista

Lauren Cohan provoca a “mutilação” do grupo e o lado doce de Daryl

Publicado há

em

Semana passada, Lauren Cohan assistiu The Walking Dead como todo mundo mesmo sabendo das perdas que o episódio teria, e ainda assim ela disse “chorei como um bebê – sem trocadilhos.”

Mas essa semana o choro teve que dar lugar (momentaneamente) para o pânico no grupo que tenta encontrar leite infantil para manter a criança viva.

Cohan conversou com a EW sobre os próximos obstáculos do grupo e mais. (Se ainda não viu o episódio 5, abaixo temos SPOILERS)

Fale-me sobre a função de Maggie agora, uma vez que ela tem o bebê de Lori sob sua guarda.

Ela definitivamente se destaca e também cuidará do Carl. Bem, não vai proteger tanto, mas vai cuidar mais dele – como todos.
É interessante ver como essa maternidade vai surgindo porque as coisas não vão ficar fáceis para o Rick – issoestaobvio.com. [Risos] Maggie se encaixa direito na função de matriarca, ela agora tem funções valiosas como protetora e como soldado. Virão algumas surpresas sobre como a responsabilidade do bebê será distribuída no grupo. Para mim e para meu personagem é só o começo de uma grande jornada agitada.

É interessante como ainda resta uma fagulha de esperança para o grupo – como o bebê e, de alguma forma, o romance de Glenn e Maggie.

Eu amo isso também. E é estranho. Estava pensando no fato de que nós não estamos mais focados na cura porque não é real… tudo agora gira em torno de se sair bem nesses desafios e continuar vivos. Nós somos encorajados pela melhora de Hershel; é encorajador ver que ele não morreu. Estou fascinada com a mensagem que essa temporada traz. Essa mensagem ainda não está formada, nós ainda não terminamos de filmar. Então estou curiosa com a sobrecarga dessa mensagem no meu personagem e os questionamentos que ele terá.

Vocês estão filmando qual?

Falta apenas um. Falta apenas o 16.

Já que você citou o Hershel, fale sobre como o grupo vai seguir adiante. Digo, eles não só tem um bebê para puxar, mas também um homem com uma perna. Como eles vão lutar e proteger todos?

Bem colocado, por sinal, “Um bebê para puxar e um homem com uma perna.” [Risos]

Não vamos começar com os rodeios.

Eu amo isso. [Risos] Mas basicamente eles vão ter que improvisar. Deus, como é divertido. Eu adoro falar do Scott [Wilson] e de quão bom ator ele é. Ele tem que usar uma meia verde fluorescente e uma Croc também verde fluorescente em cima para fazer todas as cenas. E a gente leva isso de uma maneira muito divertida. Muitas coisas boas ainda virão dele com apenas uma perna. É como sempre, assumimos muita coisa e damos um jeito.

Por fim, fale um pouco sobre como o grupo vai ver o Rick agora em sua loucura – com razão.

Vocês vão ficar surpresos. É mutilação; de verdade. Do nada, todos ficarão um pouco incontroláveis.

Nós veremos um novo líder em seu lugar? Ou pelo menos enquanto ele se recompõe?

É difícil dizer. Na verdade, não é difícil, só não posso falar. [Risos] Você não faz rodeios, então não vou fazer.


Fonte: EW
Tradução: @OAvilaSouza / Staff Walking Dead Brasil

Publicidade
Comentários

EM ALTA