Siga-nos nas redes sociais

Brian Blake – O Governador (HQ)

→ Página de informações sobre o personagem Brian Blake da HQ de The Walking Dead. Para informações sobre o personagem Brian Blake da Série de TV, confira Brian Blake (TV).

ATENÇÃO: Esta página contém SPOILERS.

Brian Blake, conhecido dentro de Woodbury como Philip Blake, e principalmente por O Governador, é um dos personagens principais dos quadrinhos, bem como o protagonista do The Governor Special

Ele apareceu pela primeira vez na edição 27 e é o primeiro maior antagonista da série de quadrinhos. Ele era o irmão de Philip Blake e tio de Penny Blake. Enquanto nos quadrinhos chamam o Governador de Philip, no livro Rise of The Governor revela que Brian Blake é de fato, o Governador. Brian leva o nome de seu irmão Philip depois que ele morre e até mesmo se adapta a sua personalidade através de uma experiência física e mental. Ele nunca revelou seu nome verdadeiro para ninguém em Woodbury. Ele serviu como o principal antagonista do Volume 5: The Best Defense ao Volume 8: Made To Suffer.

PERFIL DO PERSONAGEM:

Nome: Brian Blake
Status: Morto
Sexo: Masculino
Idade: 35 anos
Ocupação: Dono de uma loja de discos (Pré-Apocalipse) | Líder de Woodbury (Pós-Apocalipse)
Família: Philip Blake (irmão, falecido) | Ed Blake (pai, falecido) | Rose Blake (esposa, falecida) | Nina Blake (irmã, falecida) | Bud Blake (tio, falecido) | Jocelyn (ex-mulher, possivelmente falecida) | Penny Blake (sobrinha, falecida)
Primeira Aparição: Edição 27
Última Aparição: Edição 48 | Edição 72 (flashback) | Edição 75 (final bônus)
Interpretado na Série de TV por: David Morrissey

RESUMO DA JORNADA DE BRIAN BLAKE:

A VIDA PRÉ-APOCALÍPTICA | AS ASCENSÃO DO GOVERNADOR

Brian cresceu ao lado de seu irmão Philip em Waynesboro, Georgia. Mesmo Brian sendo três anos mais velho que Philip, sempre correu para o irmão em busca de proteção. Por sua vez, estudou na Universidade da Georgia, e desenvolveu um grande gosto pela literatura. Quando o apocalipse começou, Brian já estava falido com seu negócio de vendas de discos em Athens – cujo havia fundado com o dinheiro dos pais. Nesta época, já havia se casado com uma mulher jamaicana chamada Jocelyn.

Quando o apocalipse realmente começou, Brian, Philip, Nick Parson, Bobby Marsh, e Penny Blake, deixaram Waynesboro e acabaram se estabelecendo no condomínio Wiltshire Estates, um condomínio que mais tarde revelou-se infestado de zumbis. Após Bobby ser morto no local, o resto dos sobreviventes partiram dali, deixando apenas para trás uma placa “TODOS MORTOS. NÃO ENTRE”.

Ironicamente, tempo depois, fora a placa escrita pelo próprio Governador que salvou o grupo do Rick, quando este se estabeleceu no local com sua família.

Durante toda a jornada pela sobrevivência, Brian foi salvo pelo irmão, provando ser apenas um medroso, com medo até mesmo dos mais frágeis errantes. Após tempo na estrada, Brian e o resto do grupo encontraram segurança temporária no apartamento da família Chalmer em Atlanta. David, Tara e April eram uma família de músicos sobreviventes. Estabelecendo confiança nos moradores, pediu a permissão para limpar um dos andares e e estabelecer ali com sua família. Devido a alguns pequeno conflitos, eles acabaram sendo expulsos a força por uma das mulheres, Tara.

Na manhã seguinte, deixaram o local em motocicletas e acabaram por encontrar uma casa abandonada em meio a uma plantação. Seguros e livres de zumbis, eles tinham comida o suficiente para todo o inverno, e esperavam ter encontrado ali, a chance de criar uma vida suportável. Entretanto, Brian suspeitou que estavam sendo seguidos, mas ignorou tal fato. Todavia, foram atacados por um grupo de bandidos no dia seguinte, e um grande tiroteio acabou ocorrendo no local, resultando na morte de Penny, que estava sob cuidados do próprio Brian.

Após ser extremamente agredido por Philip, eles decidiram deixar o local, porém ainda com a pequena Penny – agora morta. Eles deixaram a plantação e acabaram por encontrar Woodbury: uma pequena área de cidade parcialmente retomada por um grupo de sobreviventes. Philip e o grupo, por sua vez, se instalou em um dos apartamentos do local, e passou a alimentar a filha de tempo em tempo lá. Entretanto, após alguns ataques de loucura, Nick acabou por matar acidentalmente Philip, que morreu nos braços do irmão, após este dar um fim ao responsável pela morte do outro.

No dia seguinte, um grupo de soldados da Guarda Nacional começou a aterrorizar Woodbury, aclamando sobre quem deveria ficar no comando. Após um velho homem tentar sair, Gene Gavin – o líder -, atirou na cabeça do mesmo, fazendo com que uma confusão começasse no local. Brian, que sempre precisou do irmão para ser protegido, passou a pensar no que o irmão teria feito naquele momento. Sem hesitar, salvou a comunidade das mãos daqueles que estavam no comando. Por sua vez, ao ser indagado por Martinez sobre seu nome, respondeu Philip Blake.

O CAMINHO PARA WOODBURY

Após a chegada de Lilly Caul, Joshua Lee Hamilton, Megan Lafferty, Scott Moon, e Bob Sttokey à Woodbury – trazidos por Martinez -, Brian teve uma longa conversa com os demais do grupo, e logo depois se apresentou com o seu novo apelido “O Governador”.

Após o assassinato e Joshua Lee Hamilton pelas mãos de outro residente de Woodbury, Sam, Martinez teve que explicar ao Governador o que havia acontecido. Por sua vez, a pena foi fazer o homem lutar na arena até a morte, como forma de entretenimento para os moradores. Com o sucesso obtido, esta passou a ser a decisão final para qualquer um que fosse cometer algum crime violento dentro da cidade.

Durante este tempo, Brian levou Scott Moon para ajudá-lo em uma busca em uma loja Wal-Mart. Por sua vez, as buscas eram aquários, que ele queria pôr em seu apartamento. Quando indagado para o que seria, não hesitou em matar o garoto, usando a cabeça do mesmo para preencher o primeiro dos itens. Ao voltar para Woodbury, passou a colecionar as tais partes humanas.

Dias mais tarde, Megan Lafferty apareceu na casa de Brian para atender aos desejos sexuais do homem. Enquanto os dois realizavam o ato sexual, Megan viu a cabeça do ex-namorado Scott decapitada em um dos aquários de Brian, e acabou por cometer suicídio. Em torno de tais eventos, Lilly passou a pensar em como acabar com o líder da cidade.

Em uma frustrada tentativa de acabar com o líder em uma saída, este retornou vivo. Após outro sobrevivente acabar morto, a desconfiança por parte da mulher acabou por aumentar ainda mais, esperando ansiosamente pelo dia em que a morte chegaria a ele também.

A MELHOR DEFESA 

Quando Rick Grimes, Glenn, e Michonne chegaram a Woodbury, Martinez os levou até O Governador. Primeiramente aparentando ser extremamente amigável, Brian logo em seguida mostrou que sua proposta para aquele momento era levar os sobreviventes para a arena.

Quando o grupo não cooperou com a proposta do homem, ele acabou por trancar cada um em busca de respostas sobre a vida dos sobreviventes. Quando Rick não cooperou, teve a mão cortada pel’O Governador. Quando Michonne viu o que o homem havia feito, acabou por morder sua orelha, fazendo com que Bruce – um dos capangas do líder de Woodbury -, trancasse Glenn e a samurai em locais separados. Logo em seguida, Rick fora levado para a enfermaria.

Após isso, O Governador recebeu as ordens de que Michonne estava pronta para o interrogatório. Após prender e amarrar a mulher em uma sala de tortura, acabou por estuprar e torturar a mulher, até fazê-la prometer vingança, chorando. Após terminar o “serviço”, voltou para seu apartamento, e tratou a pequena Penny zumbificada com a mão de Rick, ficando enfim, descansando em frente aos aquários de cabeça.

Tempo depois, O Governador começou a interrogar Glenn. Após o rapaz não informar nada, o maníaco fez o pobre garoto ouvir os gritos de Michonne enquanto era torturada e estuprada. Após desconfiar sobre uma possível prisão – devido a armadura que Glenn usava -, O Governador acabou por usar a tática de tentativa para assustar Rick – prometendo estar prestes a conseguir a localização exata.

VIDA DE AGONIA

Após oferecer a alternativa de deixar a mulher lutar na arena, e ela aceitar, o Governador a liberou, levando-a para o local, onde, sem hesitar, acabou por decapitar o oponente e os demais zumbis presentes ali. Em meio a inúmeros insultos dos moradores de Woodbury, O Governador saiu do local furioso, prometendo matar a mulher. Entretanto, já era tarde demais, já que Rick havia bolado um plano de fuga envolvendo os amigos, e o Dr. Stevens e Alice. Como forma de descobrir a localização exata do local, pediu para que Martinez se infiltrasse nos planos do grupo.

Quando voltou para o apartamento, alimentou Penny com os restos do corpo de Eugene. Entretanto, fora brutalmente atacado por Michonne naquele instante. Em uma luta corporal, a samurai acabou por deixar o homem louco inconsciente. Quando este acordou, ela mostrou todos os equipamentos que havia preparado para poder brincar com ele. Primeiramente, furou o seu ombro com uma furadeira, e em seguida, cortou o braço do homem fora com a katana, cauterizando o ferimento em seguida. No momento em que Brian voltou a si, ele sofreu ainda mais com a tortura, que terminou apenas quando seu olho fora arrancado com uma colher.

Após terminar com aquele evento brutal, Michonne deixou o apartamento d’O Governador, que foi encontrado mais tarde por Bruce e Gabe, levando-o diretamente aos cuidados de Bob Stookey.

MOMENTOS DE CALMARIA

Após conseguir se recuperar de todos os ferimentos oferecidos por Michonne, O Governador descobriu a localização exata da prisão, e, após preparar uma grande estratégia, convenceu grande parte da comunidade – utilizando o já morto Martinez como exemplo -, e, juntamente com uma armada de Woodbury, atacou o local. Sobre um tanque de guerra, não hesitou ao gritar para seus soldados a icônica frase “MATEM TODOS”.

Nota: Durante o ataque do Governador a prisão, no episódio “Too far gone” (04.08), o roteiro não economizou em referência à obra original, sendo que até mesmo a frase acima fora adaptada com o personagem de David Morrissey.

FEITOS PARA SOFRER

Atacando a prisão, O Governador ficou em meio ao tiroteio, e ordenou que todos ali parassem. Por sua vez, deu uma última chance de se renderem e saírem dali. Infelizmente, o grupo não hesitou, e o tiroteio continuou, sendo que Andrea foi responsável por um tiro quase certeiro e fatal no líder de Woodbury. Juntamente a troca de tiros da batalha, os zumbis ao redor do local também entraram na guerra, e as cercas em sí, destruídas.

Perdendo inúmeros soldados enquanto Andrea atirava da torre de guarda da prisão, O Governador acabou por tentar um novo plano, sendo surpreendido por Bruce, que acabou por trazer Tyreese, capturado. Ao indagar sobre Michonne, o soldado disse que a mulher havia sido morta, e que havia conseguido a espada da samurai.

Frustrado com a não rendição do grupo da prisão, não hesitou em usar a katana para decapitar Tyreese na frente de todos aqueles membros de sua família. Logo em seguida, fora surpreendido por Michonne, que apontou uma arma para sua cabeça. Em um momento de surpresa, acabou por acertar um tiro no canto do rosto de Brian, que reuniu os homens para buscar um novo plano de ataque.

Quando o ataque final começou, O Governador forçou resistência contra o grupo, resultando na perda de um de seus mais fiéis membros, Gabe, que levou um tiro fatal. Chocado com a perda de tantos membros, usou o tanque para entrar diretamente no local. Após adentrarem, calmamente começaram a terminar com alguns dos membros da prisão. Particularmente, Brian deu um fim à traidora Alice. Em ordens para Lilly, mandou esta atirar em Lori Grimes, que, com o tiro, acabou morta instantaneamente. Logo em seguida, acabou por matar Billy e Hershel Greene em seguida, que implorou após ver o filho ser morto.

Todavia, Lilly entrou em pânico total ao ver que havia matado não somente Lori, como também a bebê Judith Grimes. Sem hesitar, apontou a arma para a cabeça d’O Governador, e puxou o gatilho, matando-o na hora, e deixando o seu corpo para os errantes ali da área.

O Governador estava morto. Brian Blake estava morto. Longe!

VÍTIMAS MORTAS PELO BRIAN BLAKE:

Esta lista mostra as vítimas mortas por Brian Blake:

• Nick Parsons
• Gene Gavin
• Johnson
• Greely
• Trey Barker
• Sam (Causada)
• Stinson (Causada)
• Scott Moon
• Manning (Causada ou direta)
• Tommy Zorn (Causada)
• Christina Meredith Haben
• Bruce Allan Cooper (Por misericórdia)
• Simmons (Por misericórdia)
• Ronnie (Por misericórdia)
• Alex (Por misericórdia)
• Jake (Por misericórdia)
• Andy (Por misericórdia)
• Evan (Por misericórdia)
• Tyreese
• Axel (Causada)
• Gus Strunk (Causada)
• Billy Greene (Causada)
• Alice Warren
• Lori Grimes (causada)
• Judith Grimes (causada)
• Hershel Greene
• Grande quantidade de errantes.
• Grande quantidade de pessoas não identificadas (Causas ou Diretas)

CURIOSIDADES:

• O Governador é o primeiro grande antagonista recorrente na série de quadrinhos, o segundo sendo Negan e o terceiro sendo Alpha.
– Ele também tem a vida útil mais curta entre os três principais antagonistas.
• Brian Blake é um dos poucos personagens que Robert Kirkman sente falta e até se arrepende de ter matado.
• Robert Kirkman revelou que chamou Philip (na época de sua primeira aparição, como era conhecido) em homenagem a um valentão com o mesmo nome que costumava implicar com Robert durante sua infância.
• Em 2009, Brian foi classificado como 86º Maior Vilão de Quadrinhos de Todos os Tempos da IGN.
• Em uma entrevista da Comic Book Resources, Robert Kirkman disse brincando: “Muitos personagens diferentes têm aspectos da minha personalidade, eu acho, mas na maior parte, estou apenas inventando pessoas. Nenhum personagem é exclusivamente baseado em uma pessoa. Exceto O Governador, que é exatamente como Joe Quesada [editor-chefe da Marvel Comics]. Eles são literalmente exatamente iguais.”
• De acordo com Rise of the Governor, Brian tem “apenas” 1,70 de altura com suas botas.
– Ironicamente, sua contraparte na TV é um dos personagens mais altos da série.
• Sobre a tortura e os cuidados médicos do Governador, Robert Kirkman escreveu: “Não foi que Bob fosse um médico tão bom que de repente apareceu do nada e salvou a vida do Governador – embora ele certamente tenha salvado sua vida. A ideia é que Michonne estava mantendo o Governador vivo, para que ela pudesse torturá-lo mais. Seus ferimentos eram graves, mas não impossíveis de curar.”
• Brian, junto com Rick, Andrea, Michonne, Abraham, Negan e Alpha mataram os personagens mais nomeados, seja como um zumbi ou como uma pessoa viva.
• Brian mencionou que havia tentado o canibalismo.
• O beijo de Brian com Penny mostra um dos vários incidentes que os sobreviventes não conseguem resolver trocando fluidos corporais.
– O beijo também foi uma indicação para mostrar ao leitor como as coisas podiam ficar ruins dentro de seu arco de história, mencionado por Kirkman.
– Ele também mostra tendências necrofílicas, incestuosas e pedofílicas ao beijar Penny nos lábios.
• Brian sobreviveu à maioria dos ferimentos do que qualquer outro personagem. Essas lesões incluem:
– Tiros (tiro no peito e na cabeça)
– Amputações (braço, orelha, unhas, olhos e pênis)
– Escamaduras (protuberâncias de membros amputados queimados para estancar o sangramento)
– Punhaladas (perfuradas no ombro, reto violado)
– Golpes, chutes, luxações de membros (espancado quase até a morte por Philip e Michonne)
– Mordidas (no pescoço e orelha)
– Grandes perdas de sangue
– Quedas longas
– Explosões
• Brian é um dos quatro personagens do Universo The Walking Dead a receber uma lesão no olho, os outros quatro sendo seu homólogo na série de TV, Carl Grimes (junto com seu homólogo na série de TV), Kenny e Violet (determinante) do videogame.
– O Governador é uma das duas pessoas na série de quadrinhos a perder um olho, sendo Carl o segundo.
– O Governador perdeu o olho esquerdo, que é o oposto de Carl, que perdeu o direito.
– Curiosamente, o Governador perdeu o olho esquerdo nos quadrinhos, enquanto seu homólogo da TV perdeu o olho direito.
– Brian é o último personagem a morrer no primeiro compêndio.
• Brian é um dos dois personagens do universo de The Walking Dead que estuprou duas pessoas, estuprando Megan Lafferty e Michonne Hawthorne.
• Brian foi referenciado na música Rap God do rapper Eminem, uma linha dizendo “I’m the Walking Dead, mas eu sou apenas uma cabeça falante, um zumbi flutuando” referindo-se ao hábito do Governador de manter cabeças decapitadas em tanques de peixes.
• O Governador é brevemente mencionado em The Walking Dead: Saints & Sinners.

Comentários