Siga-nos nas redes sociais

3ª Temporada

Glen Mazzara e Robert Kirkman falam sobre confrontos épicos e o que está por vir na segunda metade da terceira temporada

Rafael Façanha

Publicado há

em

Surpreendente, a introdução de quatro personagens da HQ e o começo do verdadeiro reinado maligno do Governador foram mostrados no midseason finale.

AVISO: essa matéria contém spoilers sobre o midseason finale de The Walking Dead da AMC de domingo e sobre a HQ na qual a série é baseada.

Confrontos foram o negócio no midseason finale da terceira temporada de The Walking Dead, quando Rick, Daryl, Michonne e Oscar entraram no paraíso de Woodbury controlado pelo Governador.

Enquanto uma parte do grupo de Rick resgata Glenn (Steven Yeun) e Maggie (Lauren Cohan) com sucesso da comunidade onde eles foram atormentados mental e fisicamente pelo Governador e Merle (Michael Rooker), se torna extremamente importante quando Daryl (Norman Reedus) é capturado e levado até a arena de tortura para ir a uma luta cara-a-cara com um rosto familiar: seu irmão.

Não podemos esquecer que Rick (Andrew Lincoln) acaba cara a cara com um demônio de seu passado quando ele vê Shane (Jon Bernthal) – seu antigo melhor amigo que ele matou memoravelmente no final da segunda temporada – durante o tiroteio que acontece na fuga de Glenn e Maggie. Ainda se remoendo pela morte de Lori (e as vozes assustadoras dos membros do grupo já mortos no telefonema que testou sua sanidade), o antigo xerife examina novamente o corpo de um soldado de Woodbury para provar a si mesmo que não está louco.

Enquanto isso, Michonne (Danai Gurira) vai até o Governador (David Morrissey) em uma luta épica, quando ela o acerta no olho, levando uma série de fãs da HQ a um momento pelo qual eles estavam esperando: o Governador usando sua marca registrada, o tapa-olho.

Voltando a prisão, o herói da HQ Tyreese (Chad Coleman de The Wire) é apresentado com sua irmã, Sasha (Sonequa Martin-Green) um novo personagem dos mitos de The Walking Dead – e um monte de nomes familiares aos fãs da HQ, quando Carl (Chandler Riggs) os resgata de um ataque de zumbis e os tranca em uma cela até que Rick retorne.

Então como os irmãos Dixon podem escapar? O que acontece com Michonne agora que ela é um alvo depois de ter matado a filha do Governador e arrancado seu olho? E Andrea (Laurie Holden) agora que sabe que Daryl estava com o grupo que atacou o lugar que agora ela chama de lar? Como Tyreese fará seu papel? O The Hollywood Reporter falou com os produtores executivos Glen Mazzara e Robert Kirkman – da HQ na qual a série de TV de zumbis da AMC é baseada – para responder as perguntas mais quentes levantadas pelo episódio de parar o coração.

THR: Vai haver um avanço no tempo quando a terceira temporada retornar em Fevereiro?

Robert Kirkman: Você diz pular dois meses para depois que o Daryl já estiver morto e estiver lidando com o fato de que foi morto por Merle na frente de todas aquelas pessoas, e apenas ver no que isso da? Bom eu não sei. É possível (risos).

Mazzara: As pessoas vão voltar e ficar muito satisfeitas. Elas vão ter as respostas para suas perguntas. Nós fizemos o avanço de tempo e é demais deixar as pessoas nesse grande suspense pela temporada, então eu vou dizer que certamente irá valer a pena esperar e as pessoas vão estar por dentro de tudo novamente quando voltarmos em Fevereiro.

THR: Como os irmãos podem ambos sair vivos da arena?

Kirkman: Definitivamente parece uma situação sem escapatória, certo? Tem pessoas ao redor deles, eles então encarando um ao outro, o Governador está querendo a morte deles. Eu estou muito feliz que terminamos o midseason finale com aquilo. Vai ser muito difícil para os espectadores pararem de roer as unhas durante o natal e ano novo, pensando no que vai acontecer quando voltarmos em Fevereiro, mas queremos ver Daryl e Merle interagir e ver como é a relação deles. Esse é o modo mais intenso e interessante de ver como isso acontecerá.

Mazzara: A questão não é apenas se os dois sairão vivos de lá, e sim quando eles sairão. O que acontecerá quando Merle e Daryl se juntarem e para onde vão? Como Merle ao menos tentará se encaixar na prisão? Qual a pressão que ele colocará em Daryl? Então há muita história interessante para se contar.

THR: Nós estamos torcendo por Merle agora que a sua mentira para o Governador sobre a morte de Michonne foi exposta.

Kirkman: Eu chamo isso de efeito Rooker. Merle poderia fazer quase tudo nesse show e nós ainda estaríamos torcendo por ele porque Rooker é tão amável mesmo quando está fazendo coisas terríveis.

THR: Merle e Daryl poderiam trabalhar juntos para sair de lá e voltar à prisão juntos?

Kirkman: Essa é a verdadeira questão: Esses caras são irmãos, essa conexão é mais forte do que tudo que eles já viveram desde o apocalipse zumbi? Desde que eles foram separados? Isso voltará ou se manterá entre eles? Eles vão encarar um ao outro? Há, com certeza, uma grande chance de eles trabalharem juntos. Nós vimos que Merle e Daryl são personagens extremamente imprevisíveis.

THR: Nós não vemos Daryl sendo capturado. Considerando que Rick não queria que ele procurasse por Merle, Daryl poderia ter permitido ser levado?

Kirkman: Nós queríamos que fosse chocante e duro não queríamos que ninguém tivesse conhecimento da situação de Daryl. Nós queríamos que fosse mais do que um choque quando ele fosse trazido para aquela arena, então é por isso que pulamos tudo aquilo. Logicamente, Daryl estava contra sete ou oito pessoas e não seria capaz de segurá-los por muito tempo. Se vamos ou não ver o que aconteceu, ainda está por vir.

THR: Andrea viu o lado negro do Governador. Por que ela continua do lado dele? Ela ainda acha que ele está tentando se dessensibilizar?

Mazzara: Andrea está completamente confusa com o que está acontecendo. Tudo que ela sabe é que Michonne está la e de alguma forma Daryl também está. Ela não sabe que Rick estava la. Ela não sabe que Glenn e Maggie estavam la. Ela não sabe de nada; ela não tem nenhuma informação. Ela está completamente perplexa e chocada pelo que estava acontecendo. A história na última metade da temporada é que ela precisa saber o que está acontecendo, se dar conta de que ela é o elo de contato entre esses dois grupos, e o que ela fará sobre isso. É uma posição muito interessante para nossa atriz ser colocada.

THR: Andrea está a salvo em Woodbury ou o Governador poderia usá-la como uma isca para chega até Michonne?

Mazzara: É uma ótima pergunta. Sua agenda agora se trata de destruir a prisão, destruir Rick e destruir Michonne. Usando Andrea como isca, como alavanca, é uma estratégia perfeita e ele já está conectado emocionalmente com ela. Então vai ser interessante ver como tudo isso se desenrola. Ela certamente está em uma situação perigosa e ela ainda não se deu conta do perigo. Nós vimos que ela está disposta a fazer qualquer coisa.

THR: Por que Andrea não fala nada quando ela vê Daryl na arena?

Kirkman: Esse é um momento de choque, onde vemos ela lidar não só com o fato de ser Daryl – e ela o vê e sabe que é o cara com quem ela costumava viver – ela também se da conta de que tudo aquilo, todo aquele tiroteio e o ataque que quebrou essa comunidade e foi extremamente chocante para ela ver aquela comunidade que ela aprendeu a amar e que ela se sente parte de tudo, estar sob ataque. Aquele ataque era o pessoal dela. Ela está imediatamente em conflito com, “Ok, aquele é o Daryl, mas o Daryl que eu conhecia não corria por cidades pitorescas atirando. Então que diabos tinha acontecido com aquele cara e quem era ele agora?” Isso traz muito mais perguntas do que respostas. Aquilo foi ela processando tudo aquilo e tentando entender o que ela faria.

THR: Michonne acerta o Governador no olho! Em quanto tempo veremos o famoso tapa-olho da HQ?

Kirkman: Bom, ele pode usar uma prótese. Ele pode usar um laser. Meu dinheiro está naquele tapa-olho que está vindo, e vindo muito em breve. Eu estou vigiando isso (risos).

THR: Tendo visto a coleção de cabeças decapitadas – e ainda vivas! – nos aquários, Michonne contará a Rick e companhia sobre o quão louco ele é?

Kirkman: Definitivamente. Eu não acredito que Michonne vai medir suas palavras ou esconder algum segredo. Ela definitivamente vai contar. A verdadeira questão é, ela vai ter a chance de fazer isso? Como vimos na cena final, Rick não está muito contente com ela. Ele certamente não está muito confiante com o ataque. Rick culpa Michonne pelas coisas terem saído tão mal no ataque; ela os abandonou quando eles estavam dentro dos muros de Woodbury. Não sabemos como será seu relacionamento com Rick e todos os outros na prisão, é uma situação desconhecida com o qual teremos que lidar quando voltarmos.

THR: Considerando que ela arrancou o olho do Governador, isso não a torna um grande alvo para ele?

Kirkman: Ele não vai deixar isso barato. É definitivamente algo que vai deixá-lo irritado. Ter que usar um tapa-olho não é algo que você vai gostar de fazer. Isso é, com certeza, algo que ele vai remoer na cabeça dela, e será mais do que um incentivo para fazer as coisas funcionarem com Rick. Ele pode oferecer algum tipo de proteção.

THR: Adicione àquilo que ela matou sua filha zumbi, Penny.

Kirkman: É importante notar que aquilo foi um incrível ataque físico, mas os efeitos psicológicos são muito mais mortais. Fará muito mais estrago no caminho do Governador. Isso realmente vai afetá-lo demais.

THR: Michonne contará ao Rick sobre sua luta brutal com o Governador? Sobre Andrea?

Mazzara: Ela não quer abrir mão dessa informação, mas como ela irá manter esse segredo? Ela tem escolhas a fazer sobre o que ela irá dizer. Se essa informação sair, como isso afetará o modo com que as pessoas a vêem na prisão? Ela omitiu informação, ela foi desonesta porque ela teve seus próprios motivos para ir atras do Governador. Ela se mostrou como uma amiga dizendo que ia ajudar a tirar Glenn e Maggie daquele território hostil. Mas na verdade ela tinha seus próprios motivos.

THR: Quando Rick descobrir, ele vai ser severo para deixar ela entra no grupo?

Mazzara: Toda vez que Rick deixa alguém entrar no grupo, acontece algum problema. Então por que ele deixaria essa mulher com uma espada entrar no grupo? Se ele voltar à prisão e encontrar Tyreese la, por que ele permitiria que aquele grupo ficasse? Você pode dizer que ele precisa de soldados para a sua guerra com o Governador, mas Rick se fechou. Ele tem muitas escolhas a fazer e vai ser muito surpreendente vê-lo tomar essas decisões quando ainda está sofrendo a perda de sua esposa. Ele está no seu estado mais frágil e sem condições de tomar decisões.

THR: Como o Governador vai combater o chamado ataque “terrorista” ? Até onde ele irá para chegar até eles?

Mazzara: Ele irá a qualquer lugar. Esse cara é esperto, desumano, narcisista e tem fome de poder. Nós estabelecemos quem esse personagem é no primeiro momento em que o vimos, quando ele executa um grupo inteiro da Guarda Nacional, quando ele mente só porque quer suas armas. Ele tenta estuprar Maggie apenas para saber onde ela vive. O que ele está disposto a fazer por sua vingança? Tudo está na mesa.

THR: Rick voltará imediatamente para a prisão ou ele vai voltar à Woodbury para salvar Daryl?

Mazzara: Esse grupo já encarou essa decisão uma vez: Eles não voltaram para pegar Andrea (durante o ataque à fazenda de Hershel) e nós já mostramos que esse grupo é bem diferente. Eles voltarão para buscar Daryl, um deles, alguém que eles precisam? Ou eles vão continuar como fizeram no passado? Certamente Michonne quer dar o fora dali.

THR: Tendo visto o número de armas que existem em Woodbury, como o grupo de Rick se preparará para enfrentá-los uma segunda vez?

Mazzara: Isso é tudo: Eles perderam Oscar (que foi morto) e Daryl, e recuperaram Glenn e Maggie. Em que forma o Glenn está? Esse ataque foi feito como uma surpresa. Agora que o Governador está em alerta total, toda a cidade sente que foi atacada. Como o pobre e pequeno grupo de Rick voltaria para pegar Daryl? É um desafio e tanto.

THR: Michonne se deu conta de que está com o antigo grupo de Andrea agora? Por que ela não disse com quem ela está quando elas finalmente se encontram no apartamento do Governador?

Mazzara: Elas estavam chocadas naquele momento. Aquilo não era sobre trocar informações. Era o ponto onde elas podiam realmente matar uma a outra. Ambas finalmente se encontraram com a realidade. Andrea finalmente vê a loucura do Governador, e Michonne finalmente reconhece quão longe Andrea está, essa é a vida dela agora. Tudo se estilhaça e se torna poeira para as duas mulheres. É um momento muito emocionante.

THR: Durante o ataque, Rick vê o Shane! Quando vocês filmaram aquilo e como foi tê-lo de volta no set?

Kirkman: Tê-lo de volta no set foi incrível. Muitos dos atores que ainda estavam na cidade, e não estavam filmando, vieram visitar. Deu muito trabalho tentar deixar isso por baixo dos panos porque no minuto em que ele desceu do avião em Georgia, tinha muita gente ao redor dele e dizendo, “Ei, o que você está fazendo na Georgia? Você está de volta no The Walking Dead? Você voltou para fazer uma cena? Você vai filmar um flashback? O que está acontecendo?” Toda vez que alguém o via já começavam a tentar descobrir o que estava acontecendo, e ele tinha que dizer, “Não, eu só estou visitando meus amigos.”

THR: O que ver o Shane diz sobre o estado mental de Rick? Ele até confere o corpo para provar para ele mesmo que não era o Shane?

Kirkman: Talvez seu subconsciente quisesse matar o Shane de novo, mas isso é apenas outra camada se desfazendo no seu estado mental. Ele certamente está em um lugar ruim. A morte de Lori o levou a uma espiral para baixo: ele estava ouvindo coisas, agora ele esta vendo coisas, e isso não podia acontecer em pior momento. Se isso vai continuar a piorar – as coisas vão ficar piores e piores – ou se ele vai conseguir deixar tudo sob controle a tempo de enfrentar o Governador, tudo isso ainda vai ser visto.

Mazzara: É, ele está louco (risos). Ele está tendo alucinações, e esse estado mental vai continuar. Enquanto ele estiver sob coação, e enquanto tudo estiver piorando, existem muitas coisas a fazer. Ele tem Andrea, ele tem Michonne, ele tem Tyreese. O grupo esta separado. Nesse momento o grupo está na prisão, ele está fora de Woodbury, Daryl está em Woodbury. O grupo nunca esteve tão separado e ele tem que tentar juntar todo mundo novamente, mantê-los a salvo e decidir se eles vão enfrentar o Governador, defender a prisão ou desistir da prisão. Ele tem um monte de decisões a fazer e está tendo alucinações. Ele não estará no caminho da saúde mental tão cedo.

THR: Vocês não perderam tempo em apresentar o herói da HQ Tyreese. Quem são as outras pessoas no grupo?

Kirkman: Sasha é sua irmã, que é um personagem novo. Ela não é sua irmã na HQ. E ai nós temos Allen, Donna e Ben, que são todos da HQ. São algumas adições legais da HQ vindo para a série de TV. Porém, Donna não durou muito.

THR: Como Rick irá reagir quando vir Tyreese e seu grupo na prisão?

Mazzara: Você não sabe se ele ele vai conseguir voltar para a prisão ou se ele vai ver o Tyreese ou o que acontece; é uma história a ser contada. Tyreese é uma figura importante no show de agora em diante. Ele não foi apenas introduzido como um personagem de fundo. Ele terá uma função.

THR: Podemos esperar que Tyreese se junte ao grupo de Rick e ajude no confronto contra Woodbury?

Mazzara: Eles estão procurando um local seguro. Por que eles se juntariam a essa luta? Por que eles arriscariam suas vidas por Rick e o grupo, e ainda, se o Governador está vindo, você quer ter soldados do seu lado. Será interessante de ver. As pessoas vão tentar conquistar a lealdade de Tyreese. Tyreese, nós vamos descobrir, não esta na estrada tanto tempo quanto Rick. Ele não teve que fazer as escolhas devastadoras que Rick teve que fazer. Nós vamos descobrir que o grupo de Tyreese pôde ficar mais tempo antes de ter que seguir em frente. Então ele não foi testado para uma luta, não é moralmente ambíguo como Rick. Ele ainda tem um longo caminho até se tornar um lutador cansado como Rick.

THR: A Carol pode ser uma dessa pessoas que tentarão conquistar a lealdade de Tyreese? Na HQ o relacionamento deles é romântico.

Mazzara: Sim, pode ser ela. Tem uma conexão com ela, tem uma conexão com Carl. Tyreese também tem os outros membros de seu grupo que estão na jogada. Nós descobriremos que aquelas pessoas também tem seus objetivos. Então as coisas não são tão simples como parecem. Introduzir Tyreese complica a vida de Rick, mas nós descobriremos que Tyreese tem uma história complicada também. Essa história do Tyreese e esse novos personagens são uma parte significativa de toda a primeira parte da temporada.

THR: Como Carol vai reagir a noticia da captura de Daryl?

Kirkman: A captura de Daryl é uma parte enorme do que nós vamos lidar quando voltarmos. O que Rick vai fazer para tentar resolver aquela situação, presumindo que Daryl sobreviva ao conflito. Esse é definitivamente o problema numero 1 quando voltarmos: O que vai acontecer com Daryl e como Rick vai lidar com essa situação? Eu sinto muito que as pessoas tenham que esperar alguns meses mas vai valer a pena esperar. Eu mal posso esperar para ver as pessoas descobrirem o que acontece no resto da terceira temporada.

A terceira temporada de The Walking Dead da AMC volta no domingo, dia 10 de fevereiro de 2013. Assista um trailer logo abaixo para ver o que acontece depois, e diga o que acha nos comentários sobre o suspense e como você acha que Daryl pode escapar de Woodbury.



Fonte: THR
Tradução: @yawlully / Staff Walking Dead Brasil

Continue lendo
Publicidade
Comentários

3ª Temporada

The Walking Dead volta a ser exibida pela Band

Vinícius Castro

Publicado há

em

Após um longo tempo fora da programação da TV aberta brasileira, The Walking Dead finalmente voltou à programação da Band. Desde segunda-feira, dia 06 de junho de 2016, o drama zumbi voltou a ser reexibido para o público que não tem a chance de acompanhar por serviços de streaming ou TV a cabo.

De acordo com afirmações da emissora, a exibição trará inicialmente apenas reprises da terceira temporada (definitivamente a mais controversa da série, que sofreu sob o comando do showrunner Glen Mazzara), e o horário é bastante curioso: serão exibições semanais (exceto fins de semana), sem um horário definido – basicamente na faixa entre meia-noite e 2h da manhã.

Exibida originalmente entre 2013 e 2014, a terceira temporada retorna com Rick (Andrew Lincoln) e seu grupo encontrando a prisão. Também introduz o Governador (David Morrissey) e sua cidade, Woodbury. A temporada destacou a introdução de Philip Blake e Michonne (Danai Gurira), e também o retorno de Merle (Michael Rooker), o irmão de Daryl (Norman Reedus).

carls3

Ainda não há informações se a emissora exibirá a quarta e quinta temporadas em sequência, então fiquem ligados para qualquer nova atualização aqui no site.

E então, o que achou desta iniciativa da Band? Irá acompanhar a reprise do terceiro ano? Deixe sua opinião nos comentários abaixo.

The Walking Dead, a história de drama mais assistida da TV a cabo, irá retornar com a sétima temporada em Outubro de 2016 na AMC e na FOX Brasil. O trailer da temporada, bem como a data oficial de lançamento, será divulgada durante a Comic Con de San Diego em Julho.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.

Continue lendo

3ª Temporada

Prédios da 3ª temporada de The Walking Dead estão a venda

Rafael Façanha

Publicado há

em

Não foi exatamente a volta ao lar que Rick e Carl esperavam. Ao retornar a King County, Georgia, juntamente com Michonne, pai e filho lembraram-se de como a vida era antes do apocalipse, e por mais agridoces que fossem aquelas memórias, nada se comparou ao reencontro de alguém do passado, vivo e respirando: um enlutado e enlouquecido Morgan.

O decimo segundo episodio da terceira temporada, “Clear”, é considerado um dos mais pungentes e poderosos episódios em The Walking Dead, mostrando uma performance comovente de Lennie James e uma atmosfera de cidade fantasma. A rua principal cercada por armadilhas se transformou em um set inesquecível, e agora você pode viver neste local onde tantos walkers foram mortos, uma vez que nove prédios do centro de Grantville, Georgia, e que serviram de locação para “Clear”, estão à venda no eBay.

Com um lance inicial de $680.000 – ou mais de 2 milhões de reais, na conversão feita pelo site de leilões – os prédios rústicos de Grantville estão sendo leiloados no eBay e serão vendido a quem fizer a maior oferta até o prazo final do leilão, em 26 de março. A CNN relata que, de acordo com o prefeito de Grantville quatro filmes serão rodados na cidade em um futuro próximo. O espaço ainda foi utilizado na gravação de outras produções, como “Os Infratores” e “Debi e Lóide 2″. Para saber mais informações, visite a conta do ebay ou a página oficial dos tours, que são oferecidos pela região.

FOTOS DE GRANTVILLE:

grantville-the-walking-dead-001

grantville-the-walking-dead-002

grantville-the-walking-dead-003

grantville-the-walking-dead-004

FOTOS DO EPISÓDIO “CLEAR”:

Você também pode comparar a aparência real de Grantville com a sua aparência durante as filmagens de “Clear” nas fotos abaixo:

the-walking-dead-clear-001

the-walking-dead-clear-002

the-walking-dead-clear-003

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.


Fonte: Daily Dead
Tradução: @Binapic / Staff Walking Dead Brasil

Continue lendo

3ª Temporada

Os 3 momentos mais frustrantes de The Walking Dead em 2013

Rafael Façanha

Publicado há

em

The Walking Dead é o maior e melhor seriado de TV na atualidade, mas, às vezes, ele nos enlouquece. Agora que 2013 se perdeu nas brumas, é um bom momento para relembrarmos os altos e baixos do ano. Já compartilhamos cinco dos melhores momentos de 2013 – que incluiu a segunda metade da terceira temporada e a primeira metade da quarta temporada. Temos apenas três “piores momentos”, já que The Walking Dead definitivamente tem mais altos do que baixos. E mesmo os “piores” momentos não passam de amor bruto – não abandonaremos o show nunca. Então aqui enumeramos três candidatos ao mais frustrante momento de 2013. Confira a lista e deixe sua opinião nos comentários abaixo.

1. Andrea morre, o Governador sobrevive

Andrea-Governador-The-Walking-Dead

Toda a história de Andrea para a terceira temporada é questionável. Por que eles a transformaram na garota ingênua que se apaixona pelo cara errado e fica com o estranho bonitão, e não com sua amiga? O fato de Andrea ser a última a saber de tudo apenas a tornou uma idiota aos olhos do público. É uma vergonha, já que ela é uma excelente personagem nos quadrinhos e sobrevive por muito mais tempo (Na verdade, ela ainda está viva na HQ neste momento).

A pior parte foi vê-la naquela cadeira, durante o season finale da terceira temporada, apenas olhando para Milton e conversando com ele, enquanto o mesmo se preparava para morrer. Ela simplesmente disse “Eu tentei”, e teve sua partida melancólica.

Laurie Holden mais tarde disse que, se ela fosse um dos roteiristas, as coisas teriam sido muito diferentes. O Governador teria morrido – preferivelmente antes de massacrar seu próprio povo – e Andrea seria mais como a equivalente da HQ. Pena… sem dúvidas teríamos uma grande personagem se ela tivesse sido desenvolvida adequadamente.

2. Os novos amigos do Governador concordam com a guerra

governador-grupo-the-walking-dead-4-temporada

Veja, o Governador é sedutor, carismático, manipulador. Entendemos. Andrea certamente concorda! Mas vamos lá! Ele faz um discursinho aos seus novos amigos no velho acampamento de Martinez e, de repente, eles estão todos concordando que é válido atacar a prisão e tomar para eles? Mesmo que isso signifique matar a todos? Eles sequer estavam em perigo imediato.

Lilly disse que eles poderiam simplesmente ficar lá, uma vez que o acampamento era o novo “lar”, o que parecia ser uma opção justa. Poderia ser diferente se eles tivessem sob constante ataque, ou passando fome, mas eles estavam jogando golfe, se reunindo para beber cerveja e passando o tempo. Não havia nenhum ímpeto para a guerra. Por que essas pessoas desejariam arriscar suas vidas pela palavra de um cara que eles sequer conhecem, para tomar um lugar que eles sequer precisavam?

3. A morte aleatória de Meghan

lilly-meghan-the-walking-dead-4-temporada

Realmente, foi muito legal ver um walker literalmente sair de sua tumba daquela maneira. Legal. Mas que final aleatório para Meghan. Primeiro, sua mãe Lilly simplesmente está contemplando o rio, enquanto um walker leeeeeeeeeeeeeeeentamente anda pelas águas, então Meghan acidentalmente ajuda a desenterrar um walker, e acaba mordida. Boom. Simples assim, sua história terminou. De volta à guerra na prisão!

Durante o midseason finale Lilly aparece carregando o corpo morto de Meghan. O Governador atira em sua cabeça, matando-a novamente, e retorna à briga. Sim, entendemos que Meghan morreria em algum momento, mas pareceu uma saída apressada e sem qualquer outro significado, além de mostrar como o Governador está perdendo tudo o que conseguiu. Esta doce menina que aprendemos a conhecer em dois episódios simplesmente morreu em segundos! Não deveria haver mais impacto? Pelo menos a morte de Hershel teve um contexto e um significado.

Você discorda? Estamos sendo excessivamente críticos? Você sugere outros momentos de frustração ou pensam que todos os momentos foram perfeitos até esse ponto? Deixe sua opinião nos comentários abaixo.

The Walking Dead, a história de drama mais assistida da TV a cabo, irá retornar com os oito últimos episódios da quarta temporada no dia 09 de Fevereiro de 2014 na AMC e 11 de Fevereiro de 2014 na FOX Brasil.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.


Fonte: Wetpaint
Tradução: @BinaPic / Staff Walking Dead Brasil

Continue lendo

EM ALTA