Siga-nos nas redes sociais

Eventos

Gale Anne Hurd critica produtores executivos de televisão que apoiam pirataria

Rafael Façanha

Publicado há

em

Vince Gilligan e Jeff Bewkes estão entre os veteranos de televisão que sugeriram que a pirataria tem valor promocional.

O criador de Breaking Bad, Vince Gilligan, talvez queira evitar a produtora executiva de The Walking Dead, Gale Anne Hurd, na festa de fim de ano da AMC.

Mesmo que Hurd não tenha feito menção ao nome de Gilligan, ela publicou uma forte reprovação no começo do mês na Content Protection Summit (Cúpula de Proteção de Conteúdo, em tradução livre) da Variety para os produtores de TV que tem publicamente sugestionado que pirataria ajudou a promover a série deles.

“Há uma convicção equivocada por muitos dos meus colegas de que a pirataria é algo bom, que os telespectadores vão desenvolver o hábito de pagar por isto.” Hurd falou para o representante da Variety, Ted Johnson, em um perguntas e respostas, no evento. “Eu não tenho certeza se eles realmente entendem que exceto os indícios de que seus valores aumentem as pessoas que pirateiam não vão escolher downloads legalizados ou exibições legais no futuro.”

A reprovação veio alguns meses depois que Gilligan disse à BBC, em uma entrevista, depois que a série dele terminou que a pirataria “levou um monte de pessoas a assistirem as séries que, caso contrário, não iriam existir.”

E Gilligan não está sozinho em sua opinião. Em agosto, o CEO da Time Warner, Jeff Bewkes, foi longe ao sugerir que pirataria era ainda melhor que o Emmy Award quando se trata da série de sucesso Game of Thrones.

Mas na entrevista, Hurd assumiu uma linha mais dura em relação à pirataria. “Cria um hábito”, ela disse, anotando que uma geração de crianças estão crescendo sem receber a educação de que compartilhar arquivos é a mesma coisa que furto. “Eu não acho que é algo que nós devemos encorajar”

Colegas produtores de TV são só uma das diferentes categorias de indivíduos que ela acredita que são responsáveis por reprimir a pirataria. Hurd falou dos fãs de The Walking Dead, que ela esta envolvida no Twitter, que nem se quer percebem que estão ilegalmente fazendo download de conteúdo pirata por causa dos sites de streaming que imitam serviços legítimos. Outros fatos que ela mencionou foram a importância do Google fazendo um melhor trabalho na filtragem dos termos de procura para suprimir opções de direitos autorais, bem como os dos comerciantes do Fortune 500 e companhias de cartão de crédito que estão ganhando dinheiro com publicidades nesses sites.

Hurd comentou que o problema é algo que até ela teve que lidar em sua própria casa quando ela confrontou sua própria filha adolescente que estava ilegalmente fazendo download de músicas. “Você pagou por isso?” Ela lembra de ter perguntado à sua filha “Você gostaria de continuar a ter roupas e comida?”

O que você acha dessa visão da Gale? Você é contra ou a favor do compartilhamento de arquivos? Você acha que de alguma maneira isso ajudou no sucesso de The Walking Dead? Como? Deixe sua opinião nos comentários abaixo.

GALERIA DE IMAGENS:

Inicio > Produtores > Gale Anne Hurd > Aparições Públicas e Eventos > Content Protection Summit Held in LA (12/12/13) (clique aqui para ver mais fotos)


Fonte: Variety
Tradução: @Bellsalvim / Staff Walking Dead Brasil

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA