Siga-nos nas redes sociais

2ª Temporada

Fatos e Curiosidades da 2ª Temporada na NYCC

Publicado há

em

A nova temporada de The Walking Dead estreou ontem, mas primeiros os zumbis invadiram os corredores da Comic Con de Nova Iorque. Confira as ultimas palavras do elenco e da multidão antes da estréia da segunda temporada da série.

A segunda temporada de The Walking Dead está elevando a ansiedade dos fãs a um nível de zumbi raivoso, e então a série de terror dramático da AMC faz seu retorno nos corredores do IGN Theater na Comic Con de Nova Iorque.

No entanto, além da emoção de ver Rick Grimes (Andrew Lincoln) e seus colegas sobreviventes, mais uma vez tentar fazer o seu caminho através de um mundo que se tornou o inferno na Terra, há ainda mais perguntas nos bastidores que precisam ser respondidas, tais como o estado do elenco e a moral da horda guiada por Frank Darabont deixando o show demitido da série, mais precisamente) e se aproximando questões como restrições de orçamento e se isso afetará o caminho da 2 ª temporada, uma vez que a produção começa nos episódios pós Darabont.

Será que o elenco, a produção e a AMC irão abordar questões sérias sobre a série? Ou será que eles simplesmente vão colocar um sorriso e falar sobre o que está na loja para 2 ª temporada, como se tudo estivesse bem?
Respostas curtas: sorrisos e palavras bonitas.

No painel de The Walking Dead foram o criador Robert Kirkman, a produtora da série Galé Anne Hurd, Emmy, maquiador, Greg Nicotero, juntamente com membros do elenco Jon Bernthal (Shane), Laurie Holden (Andrea), Steven Yeun (Glenn), ChandlerRiggs (Carl), Norman Reedus (Daryl) e a nova membro do elenco Lauren Cohan (Maggie).

Kirkman começou por falar sobre seu trabalho nos quadrinhos, agora que o show é um sucesso. Ele ainda ama trabalhar em ambos – especialmente porque o show tem divergido da HQ de maneira significativa, o que permite que os executivos e Kirkman explorem novos caminhos.

Kirkman e Hurd gostaram de ouvir as teorias de conspiração dos fãs sobre o seriado. Kirkman afirma (pela milionésima vez) que o personagem Michael Rooker, o Merle, não é o Governador.

VÍDEO – O vídeo exibido no painel foi uma parte da estréia excelente da 2ª temporada.Trata-se de uma cena tensa na estrada onde os sobreviventes estão parados em um cemitério de carros abandonados. Antes que percebam, um “rebanho” de Walkers (zumbis) estão seguindo para a estrada atrás deles. Os sobreviventes devem se esconder embaixo dos carros para evitar serem detectados por uma horda de zumbis. As coisas vão de mal a pior quando T-Dog (Iron E Singleton) se machuca, e Andrea (Holden) é farejada por um zumbi particularmente empreendedor. Violência e tensão a seguir.

A seqüência da estrada foi uma sessão de quatro dias em uma rodovia real em Atlanta que teve de ser barrada. Aproximadamente 150 figurantes zumbis foram usados para a seqüência. As filmagens da cena ganhou atenção da mídia, como estabelecimentos locais, Atlanta informou sobre a inconveniência maciça causada pelo barramento da rodovia. Nicortero afirmou que ouvir o grito dos fãs de medo na filmagem foi toda a recompensa que ele precisava.

Jon Bernthal agradeceu aos fãs e elogiou seus colegas de elenco e equipe para fazer um show realmente ótimo a partir dali.

Yeun disse que Glenn tentou se tornar o herói no mundo pós-zompocalypse, mas muitas vezes faz seus atos heróicos de uma forma que é imprudente, como se ele não se importasse com sua vida. Ele fala sobre seu arco na 2 ª temporada, o que poderia envolver uma certa relação com um determinado personagem novo …

Cohan deixa escapar informações, falando sobre o romance de sua personagem Maggie com Glenn. Ela diz que Glenn e Maggie tem forças para olhar a vida sob uma nova perspectiva, agora que ele tem algo para agarrar. Ela tinha visto o show e adorou e estava em êxtase quando ela conseguiu o papel – o que ela descreve como “pulando em um tornado.” Ela não estava pronta para os carrapatos que estão em alta na mata em Atlanta – “Você tem mãos, em suas calças, você está lotada [de carrapatos], esquecendo-se de atuar.”

Chandler Riggs recebeu o prêmio fofura quando foi sua vez de falar. Ele afirmou que seus colegas de elenco “tornaram-no melhor” e que ele adora brincar com Carl, porque ele chega a ser dois personagens diferentes. “Começou como uma criança assustada no fundo na 1ª temporada, mas na 2 ª temporada, ele fica mais obscuro, mente, rouba, e lentamente se adapta às novidades do mundo cruel em que vive.”

Riggs disse que ele costumava ter que imaginar seu cão morrendo pra ter vontade de chorar nas cenas – agora ele pode chorar normalmente.

Reedus sobre Daryl: “Ele pode caçar, protegê-lo – mas não pode se conectar emocionalmente. Se você tentasse abraçá-lo ele iria esfaquea-lo.” Ele disse que TV é difícil porque você não sabe o primórdio do seu personagem. Por isso é bom que os escritores têm uma vaga idéia onde as coisas estão indo, de modo que os atores possam semear as sementes do desenvolvimento em suas performances.

Sobre o assunto de matéria intensa e gráficos: Bernthal está surpreso com o que eles puderam fazer, todas as coisas, sangrentas e violentas, mas ele disse que o material sexual é mais difícil de contornar.

Holden acrescentou que as coisas ficam ainda mais intensas na 2 ª temporada (como os fãs dos quadrinhos sabem muito bem). Ela adora que Andrea fique mal-humorada e não seja uma vítima, decide ser forte neste mundo cruel. Andrea vai começar a assistir os personagens macho alfa e vai tentar aprender com eles (como atirar, por exemplo).

Yeun sobre fazer o show: “Nós sangramos, suamos e choramos por esse show” Ele disse que vir para o trabalho é divertido, e o elenco esta sempre se motivando – não é um pessoal fraco. Ele esta particularmente surpreso com algumas das idéias loucas que eles dão no final e é até divertido ver como o show ficou – “Quem é que censura essa coisa?”

Nicotero é fã dos quadrinhos e coloca as coisas que ele quer ver no show. Ele filma tudo o que quer e deixa aos censores para tirar, felizmente, na maioria das vezes, eles colocam todo o seu trabalho no show.

Cohan: “Eu nunca soube que TV poderia ser emocionante tanto como no teatro.” Ela não estava pronta para a intensidade do show, mas esta amando-o – e os locais lindos outdoor em que eles estão filmando esta temporada.

Riggs disse que a fama não tem tomado sua mente jovem: “Gosto quando de ser normal… e meus amigos são normais… mas eu percebo que eu sou o garoto mais legal por aí, as vezes” (Risos)

Reedus confessou que seus sapatos estavam uma bagunça, porque ele tinha ido ao paintball com seu filho e os amigos de seu filho antes de vir para NYCC naquele dia. “Eu atirei naquelas merdas de criancinhas.”

Perguntas e Respostas

Kirkman disse que não haverá uma “evolução dos zumbis” ao longo da série. Mas que eles parecem ainda melhor na 2 ª temporada.
Nicortero escolhe os zumbis com base na estrutura óssea do figurante, atributos físicos e semelhança com zumbis reais da história em quadrinhos. Ele brincou dizendo que ele poderia estar em um bar ou supermercado e abordar alguém dizendo: “Você daria um ótimo zumbi.”

Kirkman lembrou a multidão que em The Walking Dead é importante lembrar ao público que zumbis eram seres humanos também. Faz toda a situação mais triste e mais psicologicamente desafiadora.

Cada membro do elenco descreveu o que eles usariam como arma pra matar zumbis na vida real:

Bernthal – Besta (é silenciosa e mortal).
Holden – Atiraria com uma arma.
Yeun – Arma japonesa (grandes aplausos).
Cohan – um bumerangue com lâminas.
Riggs – um lança-chamas (aplausos).
Reedus – sue companheiro de filme Sean Patrick Flanery de Santos Justiceiros (mais aplausos).
Hardwick – uma katana

Falando de katanas – Kirkman deixou vazar:

“Provocações de que Michonne VAI aparecer em algum momento na 2 ª temporada -mas não disse mais do que isso.


Fonte: Screen Rant
Tradução: Renan Gurgel e Davi Kawasaki / Staff WalkingDeadBr

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA