Siga-nos nas redes sociais

4ª Temporada

[DISCUSSÃO] The Walking Dead 4ª Temporada: A Epidemia da prisão

Publicado há

em

Meu amigo Brian Huntington, editor do site oficial de The Walking Dead da Skybound, elaborou um comentário super bacana sobre a epidemia que está atualmente nas entranhas da prisão. Confira abaixo e deixe sua opinião nos comentários.

“Deixe-me começar dizendo que eu não sou um médico. Eu não tenho nenhuma formação em qualquer tipo de área da medicina. Eu não sou mesmo excepcionalmente brilhante. Mas eu tenho recebido perguntas sobre a epidemia que está varrendo a prisão, tão real, então eu vou colocar algumas informações básicas e espero que alguém que tem alguma formação possa dar alguns esclarecimentos médicos nos comentários abaixo.

Especulando sobre a morte do personagem [SPOILER] no ep. “30 Days Without an Accident”

Em primeiro lugar, é importante notar que, em uma situação como esta, as pessoas não têm acesso a laboratórios ou exames de sangue que eles precisam para diagnosticar os sintomas. Quando você tem doenças com sintomas que se sobrepõem, você tem que arriscar o melhor palpite. O que eles sabem é que no fim, o infectado está com sangramento dos olhos, boca e nariz, sofre de tosse, náuseas e outros sintomas de gripe. Houve um porco que morreu de infecção, mas não há, pelo menos, um Walker que parece ter morrido de algo semelhante fora da prisão.

Assim, dado os sintomas, o novo doutor Caleb (Sunkrish Bala) disse que a doença poderia ser infecção pneumocócica (bacteriana) ou uma gripe agressiva (viral). A infecção bacteriana seria tratada com antibióticos, enquanto um vírus normalmente é combatido com medidas preventivas como uma vacina e pós-infecção com um antiviral (um produto da segunda metade do século 20). Nada de que é abastecido na prisão.

The-Walking-Dead-4-Temporada-Episodio-S04E03-Isolation-002

Então é real que alguém poderia morrer de qualquer infecção bacteriana ou viral? Bem, na vida real, realmente não. Patrick passou de bom para morto em cerca de um dia (supondo que ele não tenha rachado sua cabeça quando desmaiou), que é muito rápido tanto para uma infecção pneumocócica ou qualquer gripe. Mas é importante notar que esta não é a vida real. Este é um apocalipse zumbi e os nossos sobreviventes estão infectados com uma doença que faz com que eles reanimem quando deveriam estar mortos e também parece causar a morte mais rápida do que uma mordida de walker. Tanto a infecção pneumocócica e influenza são aceleradas por sistemas imunitários fracos ou subdesenvolvidos, por isso, na verdade, faz todo o sentido uma epidemia varrer uma prisão suja e cheia de pessoas com algum tipo de infecção zumbi.

Qual será a próxima, então? Bem, o grupo terá que buscar remédios de hospitais locais, clínicas ou farmácias, ou fazê-los (e não é exatamente fácil ou rápido para fazer penicilina, embora seja possível). Isto torna-se ainda mais difícil devido à falta de um diagnóstico claro, enquanto uma infecção viral e uma infecção bacteriana pode ter sintomas semelhantes, os tratamentos são completamente diferentes. Em qualquer caso, isso vai ser interessante ver como eles lidam com isso e quão ruim as coisas vão ficar. Conhecendo Robert Kirkman e The Walking Dead, as coisas podem ficar muito, muito ruim.”

O que você acha? Quais são suas teorias? Será que Caleb, ou até mesmo o nosso “vet” favorito, Hershel, será capaz de produzir um remédio que cure essa epidemia? Vamos perder mais algum sobrevivente? Compartilhe conosco sua opinião nos comentários abaixo.


Fonte: The Walking Dead da Skybound
Tradução: @Kami Morais/ StaffWalking Dead Brasil

Publicidade
Comentários

EM ALTA