Siga-nos nas redes sociais

Walking Dead Brasil

[COMPARAÇÕES] The Last of Us vs. The Walking Dead

Rafael Façanha

Publicado há

em

Hoje em dia não há games de zumbis faltando lá fora, mas os mais notáveis saíram no ano passado. À primeira vista, além dos zumbis, os games podem parecer que não tem tanto em comum. The Walking Dead é um jogo de aventura sobre escolhas morais! The Last of Us é um jogo de survival horror cinematográfico. Maçãs com Laranjas, certo?

Não exatamente. Comparando os dois games podemos perceber enormes diferenças, com certeza, mas também, detalhes sobre coisas fascinantes sobre os dois games e a narrativa em geral.

Poderia muito bem atirar isso em nossa cabeça enquanto estamos aqui, não? Vamos mais afundo.

[ATENÇÃO] SPOILERS SOBRE “THE LAST OF US” E “THE WALKING DEAD” A BAIXO. CUIDADO!

The Last of Us vs. The Walking Dead


O “HERÓI”

001 O Heroi - The Last of Us

The Last of Us: Joel é um homem com um passado. O game começa com ele assistindo sua pequena filha morrer em seus braços. Algo como isso muda um homem – e enquanto o prólogo o caracteriza como um homem do tipo severo e distante, não é nada em comparação com o rígido Joel que ele parece após o caos. Com certeza, o mundo parece exigir isso, são os sentimentais e os fracos de coração que morrem primeiro. E Joel quer sobreviver. “Survival”, é claro – Não explica algumas partes aparentemente desagradáveis de seu passado que o game insinua – Mas ninguém disse que Joel era um bom rapaz. Não literalmente, pelo menos.

002 O Heroi - The Walking Dead

The Walking Dead: Lee está a caminho da prisão por assassinato no inicio do primeiro episódio, mas por “sorte”, o caos acontece em vez disso. Quando ele escapa da sua cela, Lee entra em um novo tipo de inferno, onde os demônios são zumbis e humanos. Esta nova realidade significa que Lee terá de fazer escolhas, muitas escolhas. Essas escolhas têm consequências, pessoas do seu grupo podem viver ou morrer de acordo com o que Lee faz.

DESTAQUE: The Last of Us: Embora ambos os jogos apresentem homens que não são muito “heróis”, Lee é o mais Stand-In para o jogado. Você começa a ditar que tipo de Lee sai do carro policial, mas independente do que você escolha, não será tão interessante como a caracterização de Joel. Isso por que Joel é profundamente, profundamente falho. Você irá começar a conhecer Joel conforme você joga, mas o final ainda é um bom exemplo de quão egoísta Joel pode ser. Talvez você não concorde com a decisão dele no final, mas ainda parece ser algo que uma pessoa de verdade faria. Não se trata de um herói, não se trata de um personagem de vídeo-game. Trata-se de uma pessoa imperfeita, mas real. E isso, temos de apreciar.

A GAROTA

003 A Garota - The Last of Us

The Last of Us: Ellie é uma jovem curiosa, não só por ela ser de alguma forma imune aos esporos, que transformam a todos em zumbis. Claro, ela é forte o suficiente para apunhalar um homem no pescoço se ela chegar perto demais – Nossa! – Quando o game permite que você jogue com Ellie, você não pode, mas desejaria que o jogo todo fosse do ponto de vista dela. Mas também há uma faísca para ela, uma certa vivacidade que se destaca no mundo sombrio de TLOU’s. Mais importante, ela traz mais a tona um Joel mais humano.

004 A Garota - The Walking Dead

The Walking Dead: Clementine é apenas uma criança. Ela quer encontrar seus pais, ela coloca insetos na cama dos meninos, você sabe, esse tipo de coisa. Você tem que protege-la e ensina-la como sobreviver em um mundo sombrio demais para uma alma tão pequena e preciosa. Normalmente, este tipo de responsabilidade é um fardo. Mas não aqui! Clem torna-se um porto seguro para Lee, uma luz que traz alegria e calor para o coração de um bom jogador.

DESTAQUE: Incerto: Tanto Ellie como Clem são personagens maravilhosos que são trazidos a vida por uma fantástica dublagem. Elas farão você sorrir. Elas tocarão seu coração. Elas podem até fazer você chorar. Os sentimentos e feições nos games nunca foram tão sinceros.

OS ZUMBIS

005 Os Zumbis - The Last of Us

The Last of Us: Uma porção de pessoas podem dizer que as coisas que atacam você no TLOFU não são “realmente” zumbis. Tecnicamente, eles são pessoas-fungos que tem o Cordyceps sob o domínio de seu corpo. É totalmente possível que a pessoa real ainda esteja lá, mas quem sabe? O que é certo é que você tem que lidar com diferentes tipos de “Zumbis” que podem senti-lo, ouvi-lo e vê-lo se você não for cuidadoso. Para ser infectado você deve respirar os esporos ou o fungo tem que entrar no seu corpo de alguma forma, como um arranhão ou uma mordida por exemplo.

006 Os Zumbis - The Walking Dead

The Walking Dead: Tanto como posso dizer, os zumbis de The Walking Dead tem seu sistema de “corrida” lento, porém mortal. Coisa que realmente acontece nos quadrinhos e na série, se reproduz no jogo. Quanto ao o que causou o caos, é um mistério. Só sabemos que a transformação acontece não importa como você morre, já que ela está no ar.

DESTAQUE: The Last of Us: Não são apenas os novos tipos de zumbis que são consideravelmente aterrorizantes. Nós podemos agradecer a escassez de suprimentos no jogo junto com alguns tipos de zumbis que te matam com um único ataque se você não for cuidadoso. Os zumbis de The Walking Dead por sua vez, são em maioria catalizadores para situações morais. Você nunca está com medo deles, o medo está na situação que eles podem causar.

A AÇÃO

007 A Acao - The Last of Us

The Last of Us: O combate é brutal. Espelhado na realidade do mundo em si no game… mas só se você chegar perto. Jogadores mais experientes precisam aprender a se locomover em áreas sem serem vistos, caso contrário, você corre o risco de usar muitos recursos para sobreviver, isso se sobreviver. Isso é uma realidade, independente se você enfrenta zumbis ou humanos, embora eles reajam de maneiras diferentes. Os seres humanos vão tentar rastreá-lo, dependendo da sua última localização conhecida, e não desistir até encontrar você. Os zumbis são mortais e podem aparecer quando você menos esperar. De qualquer maneira, os encontros são cheios de tensão e ansiedade, as vezes, ficando ruim o suficiente para que você fuja do confronto em vez de tomar os inimigos de frente.

008 A Acao - The Walking Dead

The Walking Dead: Embora você tenha que se defender contra os zumbis através de QTEs e sequências de tiro às vezes até que pesadas, a maioria das ações do jogo consiste em quebra-cabeças simples e escolhas morais difíceis. Você irá cortar a perna de um cara fora para tentar salva-lo? Quem você deve alimentar? Que você salvaria? O que você diria as outras pessoas? Às vezes, essas escolhas acontecem tão rápido que quase não sentimos que foram escolhas, o que não quer dizer que não irão pesar na sua mente logo após você toma-las.

DESTAQUE: Incerto: Os jogos são muito diferentes em sua forma de abordagem da ação, o que nos leva a duas partes realmente distintas, mas com pontos importantes em jogos de zumbis. Tipo de loucura pensar que poderia ser verdade, mas é. Agora, se um game conseguisse combinar a ação de The Last of Us com as escolhas morais e impactantes de The Walking Dead, poderíamos ter o game definitivo de zumbis.

OS SOBREVIVENTES

009 Os Sobreviventes - The Last of Us

The Last of Us: Enquanto aparentemente as coisas estão longe de serem normais, 20 anos após o holocausto, ainda há muitos sobreviventes. A maioria dos que vemos durante o game estão em zonas de quarentenas vigiadas que são governadas por militares, embora haja grupos mais sórdidos que agem de forma desenfreada. Está implícito que os militares tem uma forma que vale a pena temer, embora isso não tenha sido o suficiente para afastar os zumbis das grandes cidades. Há também os vaga-lumes, que são uma milícia anti-governo que ainda estão à procura de uma cura. Finalmente, você tem grupos aleatórios, que são ou caçadores oportunistas e outros são como Tommy, irmão de Joel, que simplesmente escolheram viver em suas próprias comunidades separadas. Joel inicialmente vive em uma zona de quarentena, e é claro que ele se mantém sozinho a maior parte do tempo.

010 Os Sobreviventes - The Walking Dead

The Walking Dead: Os grupos são espalhados em famílias, bandidos e casais, fazendo com que dê a impressão de como o mundo em The Walking Dead está fragmentado. Se há algum dedo do governo na trama, você não cruza com esse. Poucos fora do seu grupo parecem estar fazendo o bem e indo bem, com algumas comunidades inclusive resultando em canibalismo, roubos e atitudes desumanas para garantir a sobrevivência. O “pacote” que viaja com você (Clem) tem suas próprias vontades e desejos, muitas vezes, obrigando Lee a difundir situações difíceis e fazer escolhas impossíveis.

DESTAQUE: The Walking Dead: Enquanto os sobreviventes de The Walking Dead é uma grande bagunça, as facções em The Last of Us parecia mais uma desculpa para dar aos jogadores inimigos que não fossem zumbis. É nobre pensar que os vaga-lumes ainda estão a procura de uma cura, embora você não chegue a aprender o suficiente sobre eles para investir em sua causa. Você não vê muito dos militares também. The Walking Dead por outro lado, coloca os sobreviventes frente a frente e no centro da trama, não é realmente um jogo de zumbis. E sim um jogo sobre as pessoas, as pessoas que causam conflitos e conduzem o jogo para a frente.

O FINAL

011 O Final - The Last of Us

The Last of Us: Depois Do holocausto, Joel focou-se na sobrevivência a todo custo, a coisa é, há uma diferença entre sobreviver e viver – mas foi necessário perder quase tudo para Joel abraçar a vida. Isso significa que depois do sacrifício que Tess fez, e depois de todas as provações que ele passou para entregar Ellie aos vaga-lumes, ele escolhe por ser egoísta. Ele escolhe não entregar Ellie por um punhado de armas e munições e a mera possibilidade de ter encontrado a cura para o mundo. E você pode culpá-lo? Realmente? Ele está bravo pelo mundo ter tirado tudo dele, por que ele deveria dar algo de volta? Decisão que faz você jogar com a Ellie por um curto tempo no final do game e…. fim.
Não é surpreendente que Ellie vai junto com ele no final também. Quero dizer…. ela quer sobreviver, né ?

012 O Final - The Walking Dead

The Walking Dead: Não fica obvio até o final, mas o objetivo de todo o jogo foi para Lee ensinar a Clem como sobreviver. É por isso que ele a ensina atirar. É por isso que ele corta o cabelo dela. Sobrevivência, uma lição que continuou até os momentos finais de Lee. Nós podemos nunca saber o que é virar um zumbi, mas ter que assistir Clem lidar com isso perdendo Lee – potencialmente atirando nele – é doloroso o suficiente.

DESTAQUE: Incerto: Se não que ambos os finais te dão um soco no estomago, eu não sei mais o que dizer. The Walking é mais uma trágica, tão que a ideia central do jogo poderia se chamar “Nunca Termina”. Material pesado. The Last of Us é mais um jogo literário, optando por um final com complicadas motivações dos personagens. Ambos deixam você querendo saber o que vem a seguir, mas espero que os desenvolvedores mantenham isso um mistério. É melhor assim, mesmo que não satisfatório.

Então nós temos: Dois jogos muito diferentes um do outro, hey, talvez não tão diferentes afinal. Se você olhar o placar, é quase nuca e pescoço, The Last of Us ficou com 5, e The Walking Dead com 4 (incluindo os incertos). Eu não diria que The Last of Us “Ganha”, no entanto, por que realmente deve-se jogar os dois jogos, eles são excelentes, porém, por diferentes motivos.

Estou curioso, e você? O que acha dos prós e contras desses dois games? Compartilhe nos comentários!


Fonte: Kotaku
Tradução: Fábio Mariano / Staff Walking Dead Brasil

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA