Siga-nos nas redes sociais

Eventos

CCXP 2016 | Painel com Ross Marquand

Publicado há

em

O quarto e último dia de Comic Con Experience 2016 foi marcado pelo painel de The Walking Dead – divertidamente denominado “Walking Alive in Brazil” – que aconteceu no concorrido Auditório Cinemak, e que contou com a participação de Ross Marquand, que interpreta Aaron na série. E nós do Walking Dead Brasil estávamos lá para fazer a cobertura desse painel que agradou tanto o público que prestigiou a entrevista, e você poderá ler a seguir um pouco do que aconteceu durante o papo descontraído que foi feito com o ator.

No inicio do painel Ross disse ter lido os quadrinhos de The Walking Dead antes de se tornar parte da série, e que já era fã da história antes mesmo de ser escolhido para interpretar o papel do recrutador oficial de Alexandria. E assim como a maioria dos fãs da série, ele tinha esperanças de que Glenn sobrevivesse ao encontro brutal com Negan, afinal, “ele tem nove vidas”, contudo sua sorte havia infelizmente chegado ao fim, o que entristeceu bastante o ator por ter que se despedir de um de seus personagens favoritos.

O público caiu na gargalhada ou ouvi-lo falar sobre algumas das dublagens da série que escutara pelo mundo, sendo que achara a da Alemanha uma das mais estranhas, pois sua voz soava fina demais e o fazia parecer com Mickey Mouse. E também falou sobre ter tido a oportunidade de conhecer Michel Di Fiori, seu dublador nas terras tupiniquins.

ross-marquand-ccxp-2016-040

Apesar de, erroneamente, terem dito que Aaron fora o primeiro personagem gay na série – aparentemente se esqueceram da existência ou da sexualidade de Tara – Ross falou sobre como o público soube recebe-lo de forma positiva. “Poder exercer uma influência positiva é uma das maiores honras da minha vida”. E também expressou sentir-se feliz por escutar fãs lhe confessando de que seu personagem lhes dera força para assumir suas sexualidades aos seus familiares e amigos.

Marquand deixou claro que se trata de um verdadeiro nerd, fã de quadrinhos, que fizeram parte de sua infância, sendo X-Men e os materiais da DC Comics alguns de seus favoritos. Mas ao ser questionado sobre sua franquia preferida, o ator não hesitou ao dizer que se tratava de Star Wars, o que causou ondas de gritos e aplausos da plateia que, claramente compartilha do mesmo sentimento.

Ross também falou sobre como nem tudo em sua carreira foi um mar de rosas. No inicio dela, assim que se mudara para Los Angeles, ele não tinha dinheiro algum e até mesmo chegou a trabalhar como garçom e até como cobaia – ele divertiu o público ao se comparar com um rato de laboratório – testando drogas farmacêuticas. Revelou também que ao fazer o teste para interpretar o icônico Paul Newman na série Mad Men, lhe fora indicado que sua voz preferencialmente deveria ser mais grave e rouca. E, então, para conquistar tais características vocais ele resolvera fumar alguns cigarros dois dias antes do teste. Contudo, seu plano quase lhe custou o papel. Sua voz havia ficado rouca demais e alguns produtores pensaram que aquilo não passava de uma brincadeira, mas por sorte um deles havia assistido alguns de seus vídeos no Youtube e acreditou em seu potencial. E ele estava prestes a desistir de sua carreira como ator, acreditando não ter futuro na profissão e pensando em focar em sua carreira como fotógrafo e escritor, quando recebera – dois dias antes de seu aniversário – a notícia de que fora escolhido para interpretar o papel de Aaron, que mudaria a sua vida.

ross-marquand-ccxp-2016-048

Surpreendendo o ator, assim como grande parte das pessoas ali, lhe fora perguntado a respeito da situação política atual com a eleição de Trump como presidente dos Estados Unidos. E Ross, assim como ele mesmo assumira durante a entrevista, resolveu dar uma resposta segura, dizendo esperar que as pessoas se unam nesse momento e que as coisas não fossem tão ruins como muitos esperam que sejam. Também disse aprovar o fato do Brasil ter voto obrigatório, pois acha importante que as pessoas sejam ativas politicamente.

Mesmo que grande parte do painel tenha sido descontraído e divertido, o público realmente foi ao delírio ao assistir Ross imitar com maestria os atores Al Pacino, Robert De Niro, Brad Pitt, Marlon Brando, Anthony Hopkins, Matthew McConaughey, Kevin Space, Michael Keaton e Christian Bale como Batman, deixando claro a sua preferência pelo Homem-Morcego de Bale.

Talvez nem todos que tenham adentrado o Auditório Cinemark no domingo de Comic Con Experience fossem fãs de The Walking Dead ou do personagem Aaron, mas com toda a certeza todos saíram de lá fãs de Ross Marquand e de seu carisma e simpatia contagiantes, assim como o seu talento indiscutível, e esse sentimento ficou claro ao ver o público o aplaudindo de pé ao final de seu painel.

The Walking Dead, a história de drama mais assistida da TV a cabo, vai ao ar nas madrugadas de domingo para segunda-feira no AMC Internacional, às 00h, e no FOX Action (canal do pacote premium FOX+) e FOX Brasil, às 00h30. Confira todas as notícias sobre a sétima temporada.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.

Publicidade
Comentários

EM ALTA