Siga-nos nas redes sociais

4ª Temporada

Andrew Lincoln fala sobre Rick Grimes: “Ele reprime seus demônios”

Publicado há

 

em

The Walking Dead voltou para sua quarta temporada com um rugido na semana passada, com uma nova ameaça dentro dos muros da prisão que está pronta para causar estragos no grupo de sobreviventes.

A nova ameaça – liderada pelo zumbi Patrick – aparece agora que o antes destemido líder do grupo, Rick Grimes (Andrew Lincoln), virou a página para se tornar o fazendeiro Rick, o discreto e focado pai de dois filhos que abandonou sua posição em favor de uma rotina segura em sua tentativa de ser um bom guardião para seus filhos Carl e Judith.

Mas por quanto tempo Rick pode permanecer em seu papel passivo, especialmente desde que o conselho recém-formado – incluindo Daryl Dixon – estimulou o ex-xerife a pegar a arma mais uma vez e ser parte do novo pseudo-governo da comunidade?

O Hollywood Reporter conversou com Lincoln para discutir a nova abordagem do fazendeiro Rick vivendo no mortal mundo cheio de zumbis, mantendo Carl de seguir os passos do Governador (David Morrissey) e o que ele e Michonne têm em comum.

Rick adotou uma postura bem indiferente com a comunidade em uma tentativa de proteger ainda mais os seus filhos. Quanto tempo ele irá continuar tão não envolvido?

Esse é o plano de fundo interno para muito dessa primeira metade da temporada e muito a história do programa. Você está sendo envolvido para uma direção e você não quer estar fora das paredes [da prisão]. As responsabilidades de Rick são, primeiro e mais importante, pelos seus dois filhos. Isso é o que ele percebeu e é por isso que ele renunciou sua liderança. Ele não faz parte do conselho. Ele nem se envolve nas buscas mais [suprimentos]. Ele renunciou a brutalidade do mundo pelo bem de seus filhos. Por causa da pressão que é posta no grupo de um jeito novo e muito inteligente, o grupo está se partindo, ficando paranoico e preocupado. E Rick está novamente sendo puxado de volta para o centro das coisas. Você verá no terceiro episódio – é “Oh meu Deus!”.

The-Walking-Dead-4-Temporada-Episodio-S04E01-30-Days-Without-an-Accident-HQ-019

Há uma nova ameaça dentro da prisão agora que Patrick se transformou. Como ele irá se intensificar?

Ele é um policial aposentado se preparando para voltar a ativa, eu acho. (Risos) Eu adoro colocar aquela arma de volta, mas é doloroso também porque ele eventualmente tem que dar aquela arma de volta para seu filho, algo que é novamente um semi-fracasso. Eu estou muito interessado na dinâmica do menino se tornando homem e o pai aceitando isso.

No final da terceira temporada, Carl estava mergulhando em uma trilha em direção a escuridão se tornando um mini-Governador. Como Rick irá trabalhar para garantir que seu filho não siga esse caminho obscuro?

Eu acho que ele corrigiu muito disso nos meses intervenientes [entre a terceira e quarta temporada]. Rick tem sido um pai duro, mas justo, e ele esteve presente na vida do Carl (Chandler Riggs). Eles criaram uma rotina; eles levantam de manhã antes do sol nascer. Quando as pessoas estão assustadas, uma rotina é vital e isso é o que Rick tem feito. Isso é normalidade. Você vai para suas aulas. Mas na hora das lições, alguém [Carol] começa a ensinar as pessoas a como apunhalar. Nunca vai ser o mundo que foi um dia. Esse é o esforço interno: Você pode continuar no que era antes? Ou você pode aprender com ele quem está sendo criado por esse ambiente.

Rick ainda está lidando com as mortes de Lori e Andrea, e Michonne ainda está procurando pelo Governador em uma tentativa de vingar a morte de sua amiga. O Rick está preocupado com ela?

Rick percebeu que Michonne (Danai Gurira) é incrivelmente auto-suficiente, mas ele se entristeceu pelo fato de que ela ainda não quer se integrar. Ela ainda é uma solitária. Isso é um arrependimento que Rick, talvez Daryl (Norman Reedus) e todos compartilham. Aquele pensamento de “Por favor, volte, vamos lá, ele se foi”.

The-Walking-Dead-4-Temporada-Episodio-S04E01-30-Days-Without-an-Accident-HQ-024

Ela está se isolando da mesma maneira que o “Rick fazendeiro”.

Ele está, mas Hershel (Scott Wilson) é extremamente importante nisso. Ele se tornou um mentor, um guia e um confidente de uma nova maneira para o Rick, que está reprimindo seus demônios. Ele está curando e vem curando nos últimos seis meses desde seu colapso e a perda da sua esposa. São passos de bebê, mas ele está fazendo um bom trabalho nisso. Ele está tentando fazer isso dar certo e está tentando acreditar nos métodos do Hershel e que você acredite de novo: Você pode amar, você pode cultivar coisas e alimentar coisas.

Como o novo conselho formado vai lidar com Rick quando (e se) ele estiver pronto para retornar para uma posição de liderança?

Mais e mais você percebe que Daryl é a voz da razão deles dentro de tudo isso. Ele percebeu que eles estavam enfraquecidos porque Rick não estava lá. O primeiro episódio é prova disso; eles perderam uma pessoa. Existem jovens crianças nessa missão [no supermercado]. Eles provavelmente não teriam a perda [do namorado da Beth] se Rick estivesse lá – se eles tivessem mais pessoas como Daryl. Daryl respeita a decisão do Rick, o que eu adoro, mas ele ainda está pressionando o Rick que o grupo precisa dele. Toda cena que nós rodamos é como, “Eu respeito isso, mas você precisa voltar. Nós precisamos de você mais do que nunca.”

O que você acha que vai acontecer nos próximos episódios de The Walking Dead? Você é a favor ou contra a volta de Rick para a liderança do grupo? Você acha que ele já está preparado para voltar? Deixe sua opinião nos comentários abaixo.


Fonte: Hollywood Reporter
Tradução: @Kami Morais/ StaffWalking Dead Brasil

Publicidade
Comentários

EM ALTA