Siga-nos nas redes sociais

2ª Temporada

Acontecimentos do episódio 11 – “Judge, Jury, Executioner”

Publicado há

em

Entertainment Weekly fez uma análise bastante crítica do décimo primeiro episódio da série. Vale a pena conferir.

Contém SPOILERS do episódio “Judge, Jury, Executioner” e alguns leves para a série em quadrinho. Você foi avisado.

No episódio de “The Walking Dead” desta semana, Rick Grimes encontrou-se trancado em um debate amargo de vida ou morte. A vida em questão pertencia ao intruso ferido, Randall, que sabia sobre a localização da fazenda da família de Hershel. Isso o tornou um perigo em potencial. Liberá-lo para a vida selvagem era um convite ao desastre – Randall admitiu que ele pertencia a uma gangue de 30 pessoas com poder de fogo pesado e um código de moral amplo. Mas mantê-lo prisioneiro não era a melhor opção: Alimentos estam ficando escassos, o inverno se aproxima, e parecia provável que os partidários de coração mole, como Rick, dariam a Randall a oportunidade de escapar. Então, o elenco passou o episódio inteiro discutindo os possíveis resultados, e no final… Nada aconteceu com Randall, mas Dale entrou em conflito com um “walker” renegado. Na verdade, ele parecia estar fazendo um trabalho digno em lutar contra o zumbi… Pelo menos até o morto vivo rasgar sua caixa torácica. Infelizmente o veterinário Hershel não poderia curar esse ferimento. Então Daryl Dixon teve a gentileza de enviar Dale para próxima vida com uma bala no cérebro.

A morte de Dale vem como um choque para os fãs do material original de “Walking Dead”. Nos quadrinhos, Dale é um dos personagens mais importantes do elenco, e torna-se uma voz consistente de autoridade e moral. Dito isto, Dale estava um pouco fora de lugar no universo do seriado de TV. Por outro lado, a decisão de manter Shane vivo, marginalizando Dale, todas as conversas de segurança vs moralidade, que Shane e Rick têm tido nesta temporada estiveram entre Rick e Dale nos quadrinhos. Nomeadamente, o ator Jeffrey DeMunn é frequentemente usado nos filmes de Frank Darabont – começamos a teorizar que a sua partida é para satisfazer o novo chefe na faxina de substituição, o showrunner Glen Mazzara.

Pessoalmente, eu não estou reclamando. Dale na TV nunca foi particularmente emocionante e frequentemente era muito chato. Com sua morte, a série não tem mais uma voz branda da razão. Ainda melhor – o fato de que Dale foi morto por um walker que foi atraído para a fazenda por Carl, pode indicar a perda da inocência do mascote do programa. Estaremos falando mais sobre a morte de Dale em breve. Por agora, diga-nos o que você pensa sobre essa grande virada. Você está triste de ver Dale ir? Você gostaria que ele tivesse matado alguém? Ou mais de uma pessoa?


Fonte: Entertainment Weekly

Continue lendo
Publicidade
Comentários

EM ALTA