Siga-nos nas redes sociais

9ª Temporada

The Walking Dead 9ª Temporada – Comentários do episódio 10: “Omega” (COM SPOILERS)

Publicado há

 

em

Post destinado a comentários do episódio “Omega” da nona temporada de The Walking Dead. Muitos spoilers poderão (e serão) encontrados por aqui. Se você ainda não assistiu e não gostaria de ter as surpresas do episódio “estragadas”, não prossiga. Você foi alertado!

Este post está destinado à exposição de ideias sobre tudo o que pode estar acontecendo na série. Utilize os comentários abaixo para compartilhar conosco suas teorias.

SINOPSE: Uma nova pessoa está em Hilltop e revela segredos sobre a líder de um grupo de selvagens mascarados. Um grupo de busca parte em uma missão ousada para encontrar dois amigos desaparecidos.
ankara escort
ankara escort bayan
escort ankara
Escrito por: Channing Powell
Dirigido por: David Boyd

DISCUSSÃO DE “OMEGA”:

Com “Omega”, The Walking Dead voltou a se provar novamente capaz de prosseguir com linhas narrativas em consistente tom, ritmo e originalidade. Mesmo focando em um só núcleo, o capítulo acabou muito distante daqueles vistos em meados da sétima e oitava temporadas, sendo dinâmico e coerente em sua proposta durante todos os 45 minutos de duração.

Channing Powell, que faz parte do time de roteiristas da série há anos, escolhe trabalhar com apenas dois focos narrativos e temporais, o que abre possibilidades para que a direção de David Boyd ainda encontre espaço para brincar e, acima de tudo, contar a história de maneira que prenda a atenção e ainda deixe o telespectador em sentimentos ambíguos (no melhor sentido da expressão) sobre tudo que está acontecendo em tela.

Quanto ao conteúdo, dando seguimento aos eventos do midseason premiere, vemos Hilltop tentando lidar com a iminente ameaça dos Sussurradores: enquanto Daryl e Henry tentam descobrir o que está por trás da recém capturada Lydia – que aos poucos revela sua origem através de uma trágica história dos primeiros dias de infecção -, Magna, Connie, Yumiko e Kelly buscam traçar um plano para sair a procura de Luke, que ainda está desaparecido após a missão de resgate a Jesus e cia.

O mais incrível aqui é como a história consegue desenrolar com dinamismo: enquanto os flashbacks acrescentam à construção de Lydia e da figura sinistra que é Alpha (interpretada pela maravilhosa Samantha Morton), suas conversas com Henry e Daryl plantam sementes para que a relação dos dois se fortaleça, o que consequentemente trará efeitos também para Carol, por exemplo. E embora a subtrama de Magna não afete o plot geral em primeiro plano, é a partir dela que personagens como Tara e Enid possam transparecer mais a frente.

Mais uma vez, Angela Kang tem o dom de contar (boas) histórias e a nona temporada segue com chances de se tornar uma das melhores do currículo do show. Agora basta torcer para que a qualidade prossiga da mesma forma até o episódio 16.

PS. A minhoca sendo comida foi o equivalente a uma famosa lambida dos quadrinhos?
PS¹. Matt Lintz está segurando tão bem a barra como Henry que nem parece estar na série há apenas 5 episódios.
PS². O visual de Alpha está sensacional. Mais aplausos para o time de maquiagem e figurino da série.

SUA OPINIÃO SOBRE O EPISÓDIO:

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.

Publicidade
Comentários

EM ALTA