Siga-nos nas redes sociais

Curiosidades

The Walking Dead S08E04: 5 coisas que você pode ter perdido em “Some Guy”

Publicado há

em

Atenção! Este conteúdo contém SPOILERS dos quadrinhos originais e do quarto episódio, S08E04 – “Some Guy” (Algum Cara), da oitava temporada de The Walking Dead. Caso ainda não tenha assistido ou lido, não continue. Você foi avisado!

O episódio desta semana de The Walking Dead foi dolorido de assistir. A série havia se comprometido em dar uma parada nos episódios que giravam em torno de apenas um personagem ou comunidade, mas “Some Guy” abriu uma exceção e foi praticamente inteiro sobre o Rei Ezekiel e Carol, e o que aconteceu depois da emboscada que os guerreiros do Reino sofreram no final do episódio passado.

Rick e Daryl fizeram uma participação especial, mas a uma hora dessa semana focou na queda do Rei – que viu quase todos os seus guerreiros serem massacrados, juntamente com seu antes inabalável otimismo – e nas habilidades de Carol em batalha, porque é sempre uma alegria ver Carol chutando uns traseiros. No final sofremos junto com Ezekiel, que presenciou o sacrifício de Shiva para salvar seu mestre. #RIP

Em meio a tanta desgraça, você talvez não tenha notado alguns detalhes ao longo deste episódio. Então que tal dar uma olhada nas cinco coisas que você talvez tenha perdido em “Some Guy”? Confira:

1. Ezekiel se dirige a um menino em especial antes de partir

No começo do episódio, Ezekiel faz um último discurso para os membros do Reino que ficam na comunidade, antes de partir para a batalha com seus guerreiros. Nesse momento ele para e se dirige a um menino em particular: “Não tema, jovem mestre Henry. Você será corajoso porque você é corajoso”.

Henry não era apenas uma das crianças que vivem no Reino. Ele é o irmão mais novo de Benjamin, o jovem protegido de Ezekiel que foi morto pelos Salvadores no episódio 13 da sétima temporada, como consequência do plano malsucedido de Richard.

Ezekiel tem cuidado dos dois meninos desde que o pai deles morreu (possivelmente pelas mãos de Negan). Ele treinava o jovem Benjamin para ser um de seus guerreiros, e já foi visto recitando o discurso de Martin Luther King Jr. para Henry na hora de dormir. Agora que o irmão mais velho de Henry se foi, Ezekiel é uma das poucas figuras paternas que restam para o menino, juntamente com Morgan.

2. A ordem de Negan foi relembrada

Na semana passada Morales disse a Rick que a ordem de Negan para os Salvadores era de não matar “Rick, a Viúva ou o Rei” – a menos que fosse preciso. Até aqui não sabíamos se a ideia do vilão era simplesmente ter o gostinho de mata-los ele mesmo, ou se havia um plano maior para o trio.

Nesta semana o Salvador com jeito de nerd que capturou o Rei nos contou um pouco mais sobre o motivo dessa ordem. Ele explica que Negan quer acorrentar os três líderes na cerca do santuário, mas como a perna machucada de Ezekiel estava desacelerando sua fuga dos zumbis, ele considera levar apenas a cabeça do Rei, acreditando que Negan vai se contentar com isso.

3. A morte de Shiva foi uma homenagem aos quadrinhos

Muitos fãs previam que a morte de Shiva estava próxima, tanto pela história da tigresa nos quadrinhos quanto pelo custo de se produzir um tigre de computação gráfica para a série. Independente de qual tenha sido o motivo dos roteiristas, a morte de Shiva neste episódio foi quase idêntica ao material de Robert Kirkman.

Na série, Shiva ataca um grupo de zumbis para salvar Ezekiel, Jerry e Carol, mas acaba cercada por eles e não consegue escapar, sacrificando-se enquanto seu mestre foge. Um momento semelhante acontece na edição #118 dos quadrinhos, quando Ezekiel está cercado por um grupo de zumbis e a tigresa surge para salva-lo – a diferença é que neste caso o Rei era o único em perigo.

Nos quadrinhos a morte de Shiva é recontada por Ezekiel para Michonne, enquanto explica como conseguiu voltar com vida. Ele deixa o sacrifício dela muito mais claro do que o episódio fez – e muito mais doloroso também – quando afirma que “ela sabia que eles eram muitos, ela sabia que eu nunca escaparia de outra maneira”.

4. A dor de Ezekiel pode torna-lo um líder mais forte

Ao final deste episódio, Ezekiel está devastado. Ele havia deixado o Reino com a promessa de que não perderia sequer um membro da comunidade. No entanto, retorna derrotado, trazendo com ele apenas Jerry e Carol, além da dor de ter perdido Shiva.

Ele é recebido pelos moradores do Reino, e por Henry, mas segue sem dizer uma palavra. Talvez a guerra seja muito para ele, talvez o Rei esteja reconsiderando se essa luta vale a pena.

Ou talvez seja a oportunidade que ele precisava para se tornar um líder realmente forte – o líder que o Reino precisa. Seus discursos nos episódios anteriores foram cheios de otimismo, e talvez tenham funcionado para motivar seus guerreiros, mas quando o assunto é guerra, Ezekiel está mais para um ator do que para um comandante.

Os outros dois líderes da Guerra Total, Maggie e Rick, passaram por maus bocados, perdas e situações dolorosas para se tornarem os líderes que são hoje para suas comunidades. Talvez o massacre de seus homens seja o que Ezekiel precisava para se tornar um novo líder, e entender que pensamento positivo não é o suficiente para vencer uma guerra.

5. A morte de Ezekiel foi prenunciada neste episódio

O Rei Ezekiel tem uma morte icônica nos quadrinhos – que foi sugerida no episódio 4 da oitava temporada. Quando o Salvador nerd decide matar Ezekiel, apesar das ordens que recebeu, ele diz que Negan quer os três líderes como troféus na cerca do Santuário, mas considerando as condições naquele momento, “sua cabeça em uma lança vai servir”.

Não foi dessa vez que Ezekiel morreu, pois logo em seguida Jerry surge com seu machado para salvar o Rei. As palavras do Salvador, no entanto, foram uma clara referência à forma como Ezekiel é morto nos quadrinhos de Robert Kirkman.

Entre as edições #144 e #145, o Rei é capturado e assassinado pelos Sussurradores (um grupo que ainda não foi introduzido na série). Sua cabeça é cortada e colocada em uma lança, juntamente com vários outros personagens chave, de forma a marcar o território dos Sussurradores. Rick é depois avisado por Alpha, a líder do grupo, que a linha de cabeças não deve ser cruzada por ele ou por seu grupo.

Talvez o diálogo tenha sido apenas uma provocação para os fãs dos quadrinhos. A série já se desviou do material de origem antes com outras mortes, então pode haver esperança para Ezekiel. De qualquer forma, a série atualmente está em um ponto equivalente à edição #118, então o Rei pode ter motivos para sorrir – por enquanto.

Qual foi a sua parte favorita do episódio “Some Guy”? Notou mais alguma coisa bacana? Compartilhe conosco nos comentários abaixo.

The Walking Dead vai ao ar todo domingo, legendado, às 23h30 e toda segunda-feira, dublado, às 23h15, na Fox.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.

Publicidade
Comentários

EM ALTA