Siga-nos nas redes sociais

6ª Temporada

Scott M. Gimple fala sobre Carol, Morgan e seu encontro bizarro com Jeffrey Dean Morgan

Publicado há

 

em

Atenção! Este conteúdo contém SPOILERS do oitavo episódio, S06E08 – Start to Finish, da sexta temporada de The Walking Dead. Caso ainda não tenha assistido, não continue. Você foi avisado!

Negan. Está. Chegando.

O episódio de domingo, o último da primeira metade da sexta temporada, e o sneak peek da estreia, introduziram um temido vilão dos quadrinhos – que será interpretado pelo ator Jeffrey Dean Morgan. O showrunner Scott M. Gimple responde a perguntas quentes sobre os suspenses do episódio, o que Carol e Morgan farão depois disso?! Ele também prevê o que está por vir, começando com o retorno da temporada no dia 14 de fevereiro, com a esperada estreia de Negan. Confira abaixo a entrevista realizada pelo TV Line:

TVLINE | Não percebi que gostava tanto da Deanna até você matá-la.

Scott M. Gimple: Às vezes isso acontece.

TVLINE | Foi desse jeito para você? Ou você sabia que seria uma personagem difícil de se despedir?

Scott M. Gimple: Com certeza. Eu amei essa personagem e amei trabalhar com Tovah Feldshuh… Amei demais aquela cena final dela gritando ao mundo, que acredito ter sido uma improvisação de Tovah. Foi um final incrível para uma personagem que se encontrou com esse mundo e conseguiu se ajustar a ele, mantendo quem eles eram. Ela começou como uma lutadora e terminou como uma lutadora.

TVLINE | Ela foi morta para facilitar Michonne a se impor ainda mais como uma líder em Alexandria?

Scott M. Gimple: Não especificamente. Deanna terá um efeito bem profundo em Michonne, mas eu acho que Maggie que talvez vá para essa direção.

TVLINE | Pode-se dizer que o momento onde parecia que uma Deanna zumbi iria devorar Judith teria sido um momento bem obscuro mesmo para The Walking Dead?

Scott M. Gimple: Eu não acho que algo tão intenso, terrível e perturbador como isso poderia realmente fazer parte de uma história aleatória. Teria que fazer parte de uma história maior. Não tiraria isso da mesa, mas teria que ser uma ótima história para justificar esse tipo de atrocidade.

TVLINE | Agora que Morgan e Carol chegaram a esse ponto, isso é em essência uma sentença de morte para um deles? Eles poderão coexistir depois disso?

Scott M. Gimple: Eles foram empurrados em uma situação naquele momento que era muito carregada, poderia ter ido para dois caminhos. Vimos um dos caminhos, que foi eles lutando. Mas, logo vimos que Morgan não está bastante confiante com seu ponto de vista. O vimos no episódio 7 em conflito, sofrendo, tentando se prender naquela ideia. Antes dele vir a uma resposta sobre isso, BOOM, Alexandria desmoronou e Carol apareceu. Não há escolha a não ser resolver logo isso. Dito isso, Carol podia ter puxado o gatilho, mas não puxou. Morgan não matou o Lobo. Para as pessoas que dizem “Morgan está deixando um Lobo vivo, ele é tão malvado quanto um Lobo”. Bem, Carol deixou Morgan viver, eles têm bem mais em comum do que imaginam. No final do episódio 2 dessa temporada, Carol sentia o peso de tudo que ela já fez. Ela estava sentada naqueles degraus e chorando, ela não é sempre durona. A luta que tiveram nasceu do fato dela não ter atirado nele.

the-walking-dead-s06e08-start-to-finish-034

TVLINE | Alguns fãs estão ansiosos com a chegada de Negan. Outros estão preocupados porque eles acham que é um certificado de morte de Glenn. Os fãs que estão com medo dele matar Glenn, como acontece nos quadrinhos, estão certos por terem medo?

Scott M. Gimple: Ai, cara. Eu sinto que sou uma testemunha. [Risadas] Seria hipócrita da minha parte dizer, de um ponto de vista do espectador, que eu não teria medo. Mas por que eu estou mantendo a esperança? Isso não acontecerá desse jeito? E cara, se isso não acontecer desse jeito, o que acontecerá? Eu duvido que flores sejam envolvidas nisso. O fato dele estar chegando não significa coisas boas para o grupo de Rick.

TVLINE | É difícil porque mesmo as pessoas que não são familiarizadas com os quadrinhos estão cientes do que Negan faz com Glenn. Isso causa algum impacto em como você conta a história?

Scott M. Gimple: Afeta e não afeta. Depois de seis anos, a audiência está tão esperta que as coisas óbvias não são mais tão óbvias. Se você fizer isso exatamente como nos quadrinhos, as pessoas talvez não esperem isso porque nós temos uma tendência de misturar as coisas. É um jogo totalmente psicológico, na medida em que a narrativa se encaminha. Você só tenta contar a melhor história possível.

TVLINE | Negan será mais desprezível que o Governador? Será um jogo de cara ou coroa?

Scott M. Gimple: Na minha opinião, o Governador é mais desprezível e perigoso. Negan é assustador nisso, mas ele não é um psicopata. Ele é carismático e engraçado, até mesmo meio que amigável. Mas ele só mata, e isso não o incomoda. Ele é a estrela de seu próprio filme, e todos somos os camisas vermelhas do Star Trek. Ele não é louco, mas você não pode argumentar com ele porque ele já tem tudo resolvido. Ele sabe exatamente o jeito que o mundo funciona, e ele está no controle. Negan também tem um bizarro senso de empatia. Na verdade, ele reconhece sua falta de sorte ao encontrarem com ele, mas isso não muda nada. Robert Kirkman criou um dos personagens com mais cultura pop dos últimos 20 anos. E nós estamos desesperados para conseguir reproduzir direito.

TVLINE | Como foi a primeira vez que você viu Jeffrey Dean Morgan incorporando Negan?

Scott M. Gimple: Foi bizarro. Estava somente eu e Jeffrey e nossos grandes clientes. Foi bizarro porque isso deveria ter acontecido há um tempo. É importante dizer que fazemos coisas bem adiantadas do que vai ao ar. Houve um bom caminho até conhecer Negan. Eu não quero que as pessoas esperem vê-lo amanhã.

The Walking Dead, a história de drama mais assistida da TV a cabo, irá retornar com a segunda parte da sexta temporada no dia 14 de Fevereiro de 2016 no AMC (EUA) e na FOX Brasil. Confira todas as informações sobre a sexta temporada e fique por dentro das notícias.

Fiquem ligados aqui no Walking Dead Brasil e em nossas redes sociais @TWDBrasil no twitter e Walking Dead Br no facebook para ficar por dentro de tudo que rola no universo de The Walking Dead.


Fonte: TV Line

Publicidade
Comentários

EM ALTA